quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

MP determina: Festas de fim de ano em Codó terão que acabar às 2h da manhã

A provocação para que a limitação de horário ocorresse partiu do comando da PM de Codó porque, segundo o major Jairo Xavier, quanto mais tarde termina a festa, maior a probabilidade dela terminar em ocorrência policial.
 ‘Com a prorrogação de horário existem os excessos e na maioria desses excesso termina em ocorrência policial, então visando preservar a vida das pessoas a Polícia Militar fez gestão neste sentido e o Ministério Público acolheu com bons olhos”, disse o comandante ao blogdoacelio
Os três promotores (Gilberto Câmara, Tharles Cunha e Leonardo Modesto)  assinaram a recomendação e a direcionaram para as autoridades policiais (civis e militares) do município, com o aval da Justiça.
COMO VAI FICAR
Para expedir a recomendação os promotores levaram em consideração o grande número de festas que, certamente, ocorrerá  neste fim de ano e o consequente aumento da criminalidade registrado no período. A forma encontrada para tentar evitar maiores problemas foi limitar o horário destes eventos.
Até o mês de janeiro, as licenças concedidas na delegacia de polícia terão previsão de término até às 2h da madrugada. Excessão apenas para o dia do réveillon, quando a festa poderá terminar às 3 da manhã.
 “E aqueles outros  casos que estiverem fazendo festa, agora virou moda, toda ponta de rua quer fazer festa, interditar via sem informar as autoridades, gerando demanda de ocorrências policiais, se não tiver licença zero hora será encerrada”, completou o major
OPINIÃO DIVIDIDA
Quem vai fechar a festa  que exceder ao horário é a própria Polícia Militar, do contrário a autoridade poderá ser responsabilizada, inclusive, penalmente. Nas ruas a medida, divide opiniões.
O pedreiro, José Alves dos Santos, entende que não deveria ter tal limitação “Eu sou contra isso daí, mas já que eles são autoridades, fazer o quê…PRA VOCÊ TINHA QUE SER ATÉ QUE HORAS? Até 5 horas da manhã, brincava bom demais, sossegado, na santa paz”, disse
Outros como o agricultor Genival José da Silva, são completamente a favor.
“dá confusão, uma bebedeira, um abuso, brigar, desacatar uns aos outros, né, briga, então termina cedo, cedo eles puxam pra fora…O SENHOR É FAVOR? Sou a favor”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário