terça-feira, 16 de abril de 2013

Jovem foi querer gravar um vídeo de sexo com a namorada e se deu mal



Um jovem foi querer gravar um vídeo de sexo com namorada e ela percebe que está sendo gravada e começa um sessão de espancamento no namorado, veja e comece a sorrir ou sentir pena do rapaz.

Obs. O vídeo está sendo divulgado no Facebook e já é considerado o mais visitado na rede.




Governadora Roseana vai estar Quinta-feira dia 18 inaugurando Hospital em Afonso Cunha

Governadora Roseana Sarney PMDB
A Governadora Roseana Sarney (PMDB), e os Secretários de Estado, da Saúde Dr. Ricardo Murad e de Infraestrutura Luís Fernando Participam da Inauguração do Hospital Municipal com 20 leitos dia 18 de abril,Quinta-feira em Afonso Cunha.
 
O Hospital faz parte do Programa Viva Saúde do Governo do estado  construído com 20 leitos, Sua localização é no  Bairro Trizidela.
 
“Recebi a confirmação desta inauguração e estou feliz, por ser uma conquista sonhada há muitos anos pela população de Afonso Cunha. Estou satisfeito em poder compartilhar essa conquista de mais uma inauguração e entrega final do Hospital Municipal, tenho sempre  buscado o melhor para o nosso povo e com o esforço da nossa equipe de Governo e do Governo do Estado que nos atendeu, e estará conosco inaugurando esta obra e mais que estão por vir" finalizou o Prefeito.

Fonte: Portal Afonso Cunha.

HOMEM É PRESO POR PM’S DA 8ª COMPANHIA DE POLÍCIA MILITAR INDEPENDENTE PORTANDO ARMA DE FOGO EM CANTANHÊDE/MA‏


Por volta das 11 horas do dia 14 de abril de 2013, a guarnição de serviço no 5° Pelotão da 8ª Companhia de Polícia Militar Independente, sediado no município de Cantanhêde/MA, foi informada que havia um indivíduo portando uma arma de fogo em um bar localizado no Centro da cidade.

De imediato, a equipe de policiais militares deslocou até o estabelecimento, constatando que o rapaz já havia saído do local, momento em que foram realizadas diligências no sentido de localizar e prender o envolvido, o qual foi encontrado instantes após dentro de um veículo.

Durante a abordagem, o homem ainda tentou esconder a arma de fogo, um revólver calibre .38, marca Taurus, com numeração raspada e 5 (cinco) munições intactas, embaixo do banco do automóvel, mas foi flagrado pelos PM’s quando tentava ocultar a arma que estava em seu poder.

Dessa forma, foi dada voz de prisão ao indivíduo Marinaldo Moreira Carvalho, de 23 anos, que foi conduzido e apresentado na Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim/MA pela prática do crime previsto no artigo 16, parágrafo 4º, da Lei 10.823/2006 (Estatuto do Desarmamento), onde foi autuado em flagrante e permanece preso à disposição da Justiça.

Cabe ressaltar que “foi a segunda prisão, com apreensão de arma de fogo, realizada por policiais militares da 8ª Companhia de Polícia Militar Independente em aproximadamente 24 horas na região de Itapecuru-Mirim/MA, fato este que demonstra o avanço no trabalho de prevenção feito pela PM, visto que as referidas armas provavelmente seriam utilizadas em crimes como roubo ou homicídio”, afirmou o Major Schnneyder, Comandante da referida Unidade Policial Militar.

PM prende uma pessoa com frascos de loló em ônibus


Policias do Batalhão de Choque da PM realizaram ação preventiva em São Luís e, como resultado positivo, os policiais apreenderam drogas, um adolescente, além de efetuar a prisão de um jovem.
A droga encontrada na ação foi vários frascos de loló, que estavam dentro de um ônibus que fazia linha para o Conjunto Cohatrac. O jovem preso foi identificado como Edeilton Rodrigues dos Santos, de 20 anos, que estavam transportando a substância entorpecente.

A apreensão foi feita depois que o motorista do ônibus suspeitou da dupla e, ao chegar nas proximidades do trailer da Polícia Militar que fica localizada no bairro Cohatrac, fez sinal de luz para os policiais que interceptaram o ônibus.

Com os suspeitos também foi encontrada uma pequena quantidade de maconha e dinheiro. A polícia suspeita que eles já tivessem vendido uma parte da droga. Após a prisão, Edeilton e o adolescente foram encaminhados para o Plantão do Cohatrac. (S.A)

(O Imparcial)

Ocupantes irregulares do programa Minha Casa, Minha Vida, têm 72 horas para deixar os imóveis


 
Após recebimento de notificações emitidas pela Justiça Federal, ocupantes devem iniciar desocupação instantânea dos imóveis a partir desta quarta-feira (17). O prazo dado pela justiça é de 72 horas para a liberação das casas dos residenciais Nova Terra (São José de Ribamar), Nova Miritiua (São José de Ribamar) e Sítio Natureza (Paço do Lumiar). A informação foi repassada pelo presidente da Comissão de Moradia da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Maranhão, Rafael Silva.

“Se por acaso as informações acerca do impasse em torno das ocupações, não forem inseridas no processo hoje, o prazo de desocupação de 72 horas passa a ser contado a partir de quinta-feira (18) e encerraria na próxima segunda-feira (22), uma vez que apenas os dias úteis são contabilizados dentro deste prazo”, esclarece Rafael.

De acordo com o advogado, algumas famílias anteciparam-se ao prazo e já deixaram as residências durante o dia de ontem (15). Entretanto, a notificação de desocupação instantânea estabelecida pela liminar da Justiça Federal, somente será feita aos ocupantes quando todas as informações estiverem inseridas no processo e publicadas na página da Polícia Federal.
“As informações estão sendo colhidas e inseridas no processo para depois serem publicadas. A junção dessas informações deverá ser concluída hoje, e em seguida publicadas na página da Polícia Federal. Depois disso, a justiça notificará os ocupantes, para que estes deixem os imóveis no prazo de 72 horas”, explica Rafael Silva.

Caso os ocupantes irregulares não deixem as casas até a sexta-feira (19), quando o prazo deverá se encerrar, acontecerá a desocupação com força policial, a partir da “Operação Habitare”, que vai contar com a Polícia Federal, Polícia Militar, Justiça Federal, Caixa Econômica Federal, Defensoria Pública da União e Ordem dos Advogados do Brasil.
O presidente da Comissão de Moradia da OAB/MA informou ainda que, uma viatura da Polícia Federal deverá fazer rondas pela área dos residenciais. Segundo Rafael, o objetivo é apenas verificar se não há algum impasse maior entre os ocupantes e os mutuários sorteados como proprietários dos imóveis.

Também na manhã de hoje, Rafael Silva, disse que estará entre 9h e 12h no auditório da OAB/MA, para prestar atendimento e qualquer outro esclarecimento aos ocupantes irregulares que receberem as notificações da Justiça Federal, ou quiserem tirar alguma dúvida sobre o andamento do processo.

Memória
Segundo a Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal do Maranhão, os ocupantes se apropriaram das casas de forma irregular, no dia 23 de março. No total, 4.597 pessoas ocuparam as residências do Programa Minha Casa, Minha Vida, impedindo a entrada dos mutuários sorteados no programa do Governo Federal.

Os imóveis do Residencial Nova Terra foram invadidos depois de passarem meses desocupados, devido a uma pendência entre o município de São José de Ribamar e as pessoas sorteadas. Os mutuários não concordavam em pagar o Imposto sobre Transferência de Bens Imobiliários (ITBI). Um total de 2.076 dos 4.051 imóveis construídos para o residencial foram ocupados irregularmente.

No Residencial Sítio Natureza III, que teve a entrega das chaves aos sorteados em junho do ano passado, os mutuários não puderam apoderar-se dos imóveis devido às ocupações irregulares. Já no Residencial Nova Miritiua, das 456 casas, 350 foram ocupadas.

Risco de Suspensão
Na última sexta-feira (12), o presidente da Comissão de Moradia da OAB/MA, Rafael Silva, informou a reportagem de O Imparcial, que um dos representantes da Caixa Econômica Federal havia dito que, caso, o problema das ocupações irregulares não fosse resolvido, o Programa Minha Casa, Minha Vida poderia ser suspenso no Maranhão por tempo indeterminado.

Canal para reclamação
De acordo com o superintendente regional da Caixa no Maranhão, Helio Duranti, no mês de março, entrou em operação o programa “De Olho na qualidade do MCMV”. Segundo Duranti o programa inclui a abertura do canal 0800-7216262 para receber reclamações da comunidade, principalmente, os mutuários do programa Minha Casa, Minha Vida.

O superintendente informou ainda que as reclamações podem ser feitas também pela internet, através do endereço caixa.gov.br\deolhonaqualidade. Segundo Duranti, apenas na primeira quinzena de março, foram registradas mais de 800 reclamações.
 

Três pessoas morrem em explosões de bombas em Boston

BRASÍLIA - O governo do estado de Massachusetts, durante uma entrevista coletiva, informou nesta segunda-feira (15) que três pessoas morreram durante a explosão de duas bombas, em Boston, no final da Maratona de Boston. O número de feridos, segundo a CNN, é pelo menos 130 pessoas, 17 internadas em estado crítico. As investigações do atentado foram assumidas pelo Federal Bureau of Investigation (FBI).
Reprodução/Twitte
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que os responsáveis pelas explosões serão identificados e levados à Justiça. "Nós ainda não sabemos quem fez isso e porquê. As pessoas não devem ter conclusões precipitadas antes de todos os fatos serem apurados. Nós iremos até o final disto. Iremos encontrar quem fez isso e saberemos os motivos. Indivíduos ou grupos serão responsabilizados e levados à Justiça", disse Obama em um pronunciamento de TV.

Ainda segundo a CNN, foi elevado o nível de segurança nas cidades de Nova York e na capital, Washington.

As imagens das televisões direto do local mostram cenas de pânico, com os destroços cobrindo as ruas e feridos sendo levados em macas. Testemunhas oculares informaram à CNN que as duas explosões ocorreram em sequência, uma a seguir da outra e com poucos segundos de diferença, e não simultaneamente.

Segundo o jornal Boston Globe, as explosões ocorreram às 15 horas (horário local), dia de feriado estadual. A Maratona de Boston é um dos principais eventos desportivos norte-americanos, com cerca de 27 mil corredores e milhares de espetadores.

Relatos indicam que as explosões ocorreram cerca de três horas após os vencedores da prova terem cruzado a linha de chegada. Imagens gravadas de um helicóptero exibiram grandes manchas de sangue no asfalto na popular região de compras e turismo conhecida como Back Bay.

Informações apontam que a primeira explosão pode ter ocorrido no lado norte da Rua Boylston, antes da ponte que marca a linha de chegada. Outra forte explosão foi ouvida poucos segundos depois.

Os corredores que ainda não tinham completado a maratona foram desviados para longe do local da fumaça das explosões, e as ruas ao redor foram isoladas. A unidade da Cruz Vermelha para o leste do Estado de Massachusetts montou um centro de resposta a desastres no loca.

PRF registra oito acidentes em rodovias nas últimas horas

Foram cinco acidentes com danos materiais e três com feridos.
SÃO LUÍS – Nas últimas horas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou oito acidentes nas estradas federais do Maranhão. Foram cinco acidentes com danos materiais e três com feridos. No total, três pessoas ficaram feridas.

Em Pedrinhas, no Km 14, da BR-135, uma pessoa foi presa por apresentar uma Carteira Nacional de Habilitação falsa e encaminhada à Polícia
Federal local.

Governo federal prevê salário mínimo de R$ 719 no próximo ano

Valor consta no Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) enviado pelo Executivo ao Congresso Nacional.
BRASÍLIA - O salário mínimo deverá passar para R$ 719,48 no próximo ano. O valor consta no Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014, enviado hoje (15) pelo Executivo ao Congresso Nacional. Pela proposta, o mínimo terá reajuste de 6,12% no ano que vem.

O projeto também prevê crescimento de 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2014 e inflação oficial também de 4,5% pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Apesar da perspectiva de que o Banco Central volte a reajustar os juros básicos da economia na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), o documento indica manutenção da taxa Selic em 7,25% ao ano pelos próximos três anos, até o fim de 2016.

Sejap descobre plano de fuga no Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas

Um túnel, com cerca de seis metros, foi descoberto em Pedrinhas. Cerca de 50 detentos teriam a fuga facilitada através do túnel.
.

O serviço de vigilância do CDP, em rondas instaladas recentemente para garantir maior segurança no presídio durante o período da madrugada, descobriu um túnel de seis metros, que beneficiaria a fuga de cerca de 50 detentos. O túnel foi descoberto no último sábado (13), mas a Sejap interferiu apenas nesta segunda-feira (15), após monitoramento, para evitar as fugas.
 
O túnel, com cerca de seis metros, foi descoberto pela Sejap no último sábado (13). (Foto: Divulgação/Sejap)
Foi a terceira tentativa de fuga em massa de presos do CDP em oito meses. Em agosto de 2012, agentes penitenciários descobriram um túnel de aproximadamente 20 metros na cela nº 3 do Bloco C, depois de uma revista nas celas. Em fevereiro deste ano, foi desarticulada uma tentativa de nove internos de escapar do Centro de Detenção. Utilizando dinamites, os detentos conseguiram explodir o muro do CDP, mas não obtiveram êxito na fuga, sendo impedidos por agentes do presídio.

Produtores do MOA são denunciados pelo Ministério Público

O MPMA requer a condenação dos empresários pelos danos morais e materiais causados aos consumidores.
SÃO LUÍS - Pelos crimes de estelionato (art. 171 do Código Penal) e indução do consumidor a erro (art.7º da Lei 8.137/90), a 2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor ofereceu Denúncia, em 12 de abril, contra os produtores do festival de rock Metal Open Air (MOA), Luiz Felipe Negri de Mello e Natanael Francisco Fereira Júnior. O evento, anunciado como o maior festival de rock das Américas, foi realizado, de forma parcial e precária, nos dias 20, 21 e 22 de abril de 2012, em São Luís.

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) também ajuizou Ação Civil Pública (ACP) contra os réus e suas empresas Negri Produções Artísticas (São Paulo) e Lamparina Produções (Maranhão).

Na ação, a promotora de justiça Lítia Teresa Costa Cavalcanti requer, como medida liminar, o bloqueio de bens de Luiz Negri e Natanael Júnior e a interdição das referidas empresas registradas na Junta Comercial do Maranhão (Jucema) e na Junta Comercial do Estado de São Paulo.

O MPMA requer também a condenação dos empresários pelos danos morais e materiais causados aos consumidores, com a devolução dos valores pagos e demais despesas, monetariamente atualizados. Pede igualmente a condenação dos réus ao pagamento de indenização no valor de R$ 2 milhões a ser revertido ao Fundo Estadual de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor.

Fracasso

Conforme divulgação, o festival, realizado no Parque da Independência, teria shows de 47 bandas de rock nacionais e internacionais, especialmente, de vertentes do gênero heavy metal. Os organizadores também prometeram que o ator norte-americano Charlie Sheen estaria presente no MOA como convidado especial.

A lista de artistas atraiu amantes do rock de vários estados brasileiros e de diversas nacionalidades. No entanto, somente 14 grupos se apresentaram, o que causou o cancelamento definitivo do evento no 3º dia.

Grupos como Anthrax, Blind Guardian, Saxon, Venom, Torture Squad e Ratos de Porão foram anunciados, mas não se apresentaram. Dos mais famosos, só subiu ao palco o Megadeth.

Além do problema da desistência das bandas, o público foi surpreendido com a péssima infraestrutura do espaço, contrariando o ambiente seguro e confortável prometido no material de divulgação.

Os valores dos ingressos variaram de R$ 250 a R$ 850. Consta na ação, que foram vendidos 7.865 ingressos, sendo arrecadados R$ 1.982.955.

No local, não havia quase nada do que foi prometido na propaganda. A área de camping foi improvisada num estábulo sujo, espaço usado para o alojamento de animais (porcos, cavalos, bois e cabras), durante a Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), evento realizado anualmente no mesmo parque. "Campistas tiveram que dividir seu leito com carrapatos e fezes dos animais", relatou a promotora de justiça na Denúncia.

Devido à falta de segurança, muitos consumidores foram roubados ou assaltados e, sem dinheiro e documentos, foram obrigados a esperar dias alojados improvisadamente no parque, até conseguirem retornar a seus locais de origem.

Também não foi disponibilizado o transporte especial prometido. Não havia lanchonetes nem o restaurante anunciado no material publicitário. A quantidade de chuveiros e banheiros químicos foi insuficiente para o número de pessoas. "A estrutura de alimentação era tão precária que os participantes ficaram sem água potável para beber".

Na ação, Lítia Cavalcanti enfatiza ainda que os organizadores do evento não comunicaram oficialmente o cancelamento do festival, deixando que os consumidores descobrissem o fato por pura dedução, por meio da desmontagem dos palcos e dos equipamentos. "Somados todos estes fatores, o resultado foi o total desastre do evento, maculando, a cidade de São Luís, o Maranhão e o Brasil", completou a promotora de justiça.

Má-fé

Segundo consta na Denúncia, o produtor paulista Luiz Negri boicotou o festival. Em uma das situações relatadas, ele avisou aos músicos da Anthrax que o palco não oferecia segurança, o que culminou no cancelamento da apresentação da famosa banda norte-americana. Também realizou - um dia após o cancelamento do festival em São Luís - um evento em São Paulo, no Credicard Hall, com três das principais atrações do MOA, Blind Guardian, Grave Digger e Shaman.

Consta ainda na Denúncia, que Natanael informou, em depoimento, que entregou antecipadamente a Negri a quantia de U$ 750 mil - a quase totalidade da arrecadação - para o agendamento das apresentações.

"Embora evidenciada a total má-fé de Luiz Negri, este fato não exime a responsabilidade de Natanael, o produtor local do evento. Observa-se pelos documentos juntados, que este não tinha condições financeiras, técnicas e estruturais de realizar um festival desta magnitude", concluiu Lítia Cavalcanti.