sexta-feira, 31 de maio de 2013

Operação apreende armas e drogas em área da Infraero

A operação foi realizada por volta das 3h30 na Vila Cotia, área pertencente à Infraero.
 
SÃO LUÍS – Uma operação conjunta do Grupo Tático Aéreo (GTA), 9º Batalhão da polícia militar e do Serviço de Inteligência realizada durante a madrugada de hoje (30), resultou na apreensão de grande quantidade de armas, munições e drogas na Vila Cotia, área pertencente à Infraero, nas proximidades do São Raimundo.
Segundo informações do Capitão Anselmo, do GTA, a quadrilha fugiu do local, mas está sendo monitorada e pode ser presa a qualquer momento. A polícia recebeu diversas denuncias e vinha colhendo informações sobre a existência da quadrilha, que deve contar com sete principais componentes, no local há mais de um mês. A operação contou com 50 policiais, 17 viaturas e dois helicópteros.


No local onde a quadrilha estava foram apreendidas duas balanças de precisão; cinco coletes balísticos e um tático; uma espingarda Carabina Puma ponto 40 e uma cartucheira calibre 20; três revólveres calibre 38; uma pistola ponto 40 PP100 e uma 357; munições de calibre 38, 380 e ponto 40; seis carregadores de pistola ponto 40, três tabletes de maconha prensada, um tijolo de crack pesando mais de 1kg e vários materiais de acampamento: facões, mochilas, entre outros.)

São Luís tem a 13ª maior frota de ônibus entre as capitais e um dos piores serviços de transporte



Ônibus expele fumaça poluente: frota foi ampliada, mas não houve preocupação com qualidade
Ônibus expele fumaça poluente em avenida: frota foi ampliada, mas qualidade do serviço ficou em último plano
Com 1.180 ônibus em circulação, São Luís tem a 13ª maior frota de trasporte público rodoviário dentre as 27 capitais. O ranking é liderado por São Paulo, onde trafegam 15 mil coletivos. A capital maranhense, que tem 1.014.837 habitantes, de acordo com o Censo 2010, registra média de um ônibus para cada 860 moradores. São Luís tem quase o triplo da frota de coletivos da vizinha Teresina (PI), cuja população, de 814.230 habitantes, é servida por apenas 475 veículos, uma média de um ônibus para cada 1.714 pessoas.
Levando-se em conta apenas os números absolutos, São Luís ocupa posição intermediária em quantidade de veículos em circulação no transporte público rodoviário. O problema é que grande parte dessa frota é composta por ônibus antigos e mal conservados, verdadeiras sucatas, que muitas vezes deixam os passageiros no meio do caminho.
Na ocasião do último reajuste de tarifa, em fevereiro de 2010, ficou acertado entre a prefeitura e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (SET) o acréscimo de 300 ônibus à frota em circulação na época. Se o número não foi atingido, chegou muito perto.
Acontece que a única preocupação foi com a quantidade. A qualidade foi relegada ao último plano. Resultado: três anos após o aumento da passagem e do compromisso de expandir a frota, o que se vê nas ruas são coletivos velhos e, não raro, parados por algum defeito mecânico.
Já passou da hora de resolver esse problema, que tantos transtornos causa aos mais de 700 mil usuários de ônibus da capital. É dever do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) encontrar uma solução, já que a melhoria do transporte público foi uma das suas principais promessas de campanha.
Foto: Diego Chaves/O Estado do Maranhão
Com 1.180 ônibus em circulação, São Luís tem a 13ª maior frota de trasporte público rodoviário dentre as 27 capitais. O ranking é liderado por São Paulo, onde trafegam 15 mil coletivos. A capital maranhense, que tem 1.014.837 habitantes, de acordo com o Censo 2010, registra média de um ônibus para cada 860 moradores. São Luís tem quase o triplo da frota de coletivos da vizinha Teresina (PI), cuja população, de 814.230 habitantes, é servida por apenas 475 veículos, uma média de um ônibus para cada 1.714 pessoas.
Levando-se em conta apenas os números absolutos, São Luís ocupa posição intermediária em quantidade de veículos em circulação no transporte público rodoviário. O problema é que grande parte dessa frota é composta por ônibus antigos e mal conservados, verdadeiras sucatas, que muitas vezes deixam os passageiros no meio do caminho.
Na ocasião do último reajuste de tarifa, em fevereiro de 2010, ficou acertado entre a prefeitura e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (SET) o acréscimo de 300 ônibus à frota em circulação na época. Se o número não foi atingido, chegou muito perto.
Acontece que a única preocupação foi com a quantidade. A qualidade foi relegada ao último plano. Resultado: três anos após o aumento da passagem e do compromisso de expandir a frota, o que se vê nas ruas são coletivos velhos e, não raro, parados por algum defeito mecânico.
Já passou da hora de resolver esse problema, que tantos transtornos causa aos mais de 700 mil usuários de ônibus da capital. É dever do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) encontrar uma solução, já que a melhoria do transporte público foi uma das suas principais promessas de campanha.
Foto: Diego Chaves/O Estado do Maranhão

Operação apreende 29 kg de maconha em Amarante do MA

Três pessoas foram presas na tarde da última terça-feira (28).
AMARANTE DO MARANHÃO - Na tarde dessa última terça-feira (28), a Polícia Civil de Amarante do Maranhão, comandada pelo delegado Luiz Augusto Mendes, encontrou dois tambores contendo 29 kg de maconha, enterrados no quintal de um barraco localizado na Aldeia Lagoa de Dentro.
Neste barraco, também, foi encontrada uma prensa caseira, usada para comprimir a maconha e deixá-la pronta para a venda. Trata-se da maior apreensão de maconha ocorrida no município nos últimos anos. A Polícia Civil de Amarante, tendo obtido informações sobre os autores do estoque e comércio das drogas, imediatamente representou, junto à Justiça local, pelas suas prisões preventivas e pela busca e apreensão no imóvel em que residem.
Os mandados foram cumpridos no início da quarta-feira (29), em operação conjunta das Polícias Civil e Militar. Encontram-se presos na delegacia de Amarante, o casal Joaquim Alves Ferreira e Maria da Consolação Ramos, além do genro, Marcelo Guajajara.
Nessa nova ação foram apreendidas pequena quantidade de maconha, cinco armas de fogo e uma motocicleta.

Filho de vereador morre em acidente de trânsito

Aldemir era filho do vereador Augusto Serra, que também morreu em acidente há 3 anos.
 
SÃO LUÍS - O motociclista Aldemir Weldener Mendonça Serra, de 28 anos, foi colhido por um veículo Celta, de cor vermelha, e acabou sendo jogado para baixo de um ônibus da empresa Cisne Branco. O acidente aconteceu na noite desta quarta-feira (29), na Avenida Jerônimo de Albuquerque (próximo ao hospital São Domingos), no bairro do Bequimão.
De acordo com populares, o Celta estava sendo conduzido por uma mulher que fugiu do local sem prestar socorro a vítima. Testemunhas afirmaram que o ônibus teria passado por cima do motociclista, após ele ter sacado da moto, depois da colisão com o Celta.
Uma câmera de segurança instalada bem próximo ao local do acidente vai ajudar a polícia a identificar a placa do Celta e consequentemente o seu condutor.
Aldemir era filho do vereador Augusto Serra, que também morreu em um acidente de trânsito há três anos, na Avenida Lourenço Vieira da Silva, na região do São Cristóvão.

Bebê é resgatado de uma tubulação de esgoto em um prédio na China

As tentativas de retirar o bebê falharam e a equipe de resgate foi obrigada a cortar um trecho de 10 centímetros de diâmetro do conduto, com o recém-nascido dentro    
 
Um bebê recém-nascido foi resgatado de uma tubulação de esgoto em um prédio da China, depois de cair no vaso sanitário, anunciou a polícia, em um caso que provocou choque e revolta no país.

A mãe da criança, de 22 anos, que não é casada, escondeu a gravidez dos vizinhos pelo medo de ser vítima de preconceito, afirmou um policial de Jinhua, na província de Zhejiang, leste da China.

Ela deu à luz de maneira inesperada quando foi ao banheiro no sábado e a criança caiu no vaso sanitário, segundo a polícia.

A mãe telefonou para o senhorio e disse que ouviu "barulhos estranhos" na tubulação. O proprietário do imóvel ligou para a polícia depois de localizar a criança.

As tentativas de retirar o bebê falharam e a equipe de resgate foi obrigada a cortar um trecho de 10 centímetros de diâmetro do conduto, com o recém-nascido dentro. Em seguida levaram a criança para um hospital.

Bombeiros e médicos passaram quase uma hora retirando a tubulação, pedaço por pedaço, com serras e alicates, para finalmente retirar o bebê, que ainda tinha a placenta junto ao corpo.

Do momento em que foi localizado até a retirada da tubulação, o menino passou de duas a três horas preso, segundo a polícia.

"A mulher estava no local durante todo o processo de resgate e admitiu (que era a mãe) quando nós perguntamos", disse um policial.

O pai ainda não foi localizado.

A polícia investiga para determinar se a mãe teve a intenção de jogar a criança no vaso, antes de decidir se ela será indiciada.

O menino de 2,3 quilos sofreu alguns cortes no rosto, pernas e braços e foi colocado em uma incubadora no hospital.

As primeiras notícias divulgadas pela imprensa local afirmavam que a criança foi jogada de modo deliberado no vaso.

De acordo com fontes médicas, o bebê está bem e já pode receber alta. A mãe está em condição crítica por complicações no momento do parto.

O caso provocou uma forte reação dos chineses nas redes sociais, com muitas mensagens de desejo de recuperação ao bebê.

Bebês chineses nascidos fora do casamento muitas vezes são abandonados em consequência das pressões sociais e financeiras. A política do filho único do país também pode representar multas pesadas para os casais que têm mais de um bebê.

Veja o vídeo:



Compartilhe
| Mais

Bandidos são mortos ao tentar explodir caixas eletrônicos

PM impediu ação criminosa contra caixas eletrônicos de agência do Banco do Brasil, ontem, na cidade de Formosa da Serra Negra.
Dois bandidos morreram em confronto com a Polícia Militar, na madrugada de ontem, quando tentavam explodir os caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil na cidade de Formosa da Serra Negra, distante 676 km de São Luís. A ação criminosa, segundo a PM, aconteceu por volta das 2h45, depois que quatro homens armados, em duas motos, invadiram o banco e começaram a acoplar várias bananas de dinamites nos terminais de autoatendimento.
“A quadrilha chegou à cidade em duas motos modelo Honda Bros vermelha. A procedência das placas ainda é investigada pela Polícia Civil. Nosso contingente é de apenas oito policiais militares e tivemos que nos dividir para cercar os assaltantes de forma segura. Nesse sentido, ficamos em número de cinco, no cerco da agência, e três nas principais saídas da cidade”, adiantou o capitão da PM de Grajaú, Jean Levi Cavalcante, que comandou a operação.
 
 
 
 
 
Leia mais na edição on line de O Estado.