terça-feira, 25 de setembro de 2012

Elias Orlando Nunes Filho se entrega no Presídio São Luís

Ele estava acompanhado de um advogado no momento em que se entregou.

SÃO LUÍS – O foragido da Justiça, corretor de imóveis Elias Orlando Nunes Filho, suspeito de envolvimento na morte do empresário Maggion Lanyere Ferreira Andrade, se entregou no Presídio São Luís, nesta segunda-feira (24). Ele estava acompanhado de um advogado. As informações foram confirmadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Estado do Maranhão (SSP-MA).
O crime
O empresário Maggion Lanyere Ferreira Andrade foi assassinado no dia 14 de outubro de 2011. Elias Orlando Nunes Filho e Júnior do Mojó teriam contratado Alex Nascimento de Sousa para matar o empresário por causa de uma disputa de um terreno que havia sido adquirido por Maggion há dez anos e, depois, teria sido vendido, também, a outras três pessoas.
No inquérito presidido pelo delegado Carlos Alberto Damasceno, o corretor de imóveis Elias Orlando Nunes Filho e do vereador de Paço do Lumiar Júnior do Mojó foram indiciados por falsidade ideológica, homicídio qualificado, ocultação de cadáver e estelionato.

Presos participam rebelião no presídio em Codó

 O motim teve início na madrugada. Os presos exigem a presença de autoridades da Justiça.

SÃO LUÍS - Rebelião no presídio de Codó. Oitenta presos participam do movimento que teve início na madrugada desta terça-feira (25).
Segundo informações, os detentos destruíram celas e tocaram fogo em colchões.
Eles exigem a presença de representantes da Justiça e das igrejas católica e evangélica.

Moradores interditam trecho da BR-135, no município de Bacabeira

 Dois idosos morreram atropelados nesta manhã (25), na rodovia. Os manifestantes exigem construção de quebra-molas no local.

SÃO LUÍS - Moradores interditaram na manhã desta terça-feira (25), trecho da BR-135, na altura do Km 59, nas proximidades do município de Bacabeira.
Eles protestam a morte em acidente de trânsito, nesta terça-feira (25), dos lavradores Benedito Coelho Mendes, de 63 anos, e Conceição Caravalho, de 65 anos. Os idosos foram atropelados por um veículo Astra dirigido em alta velocidade. O condutor do veículo não teve o nome revelado até o momento.
Os manifestantes tocaram fogo em pneus e fecharam uma das vias provocando um extenso engarrafamento na área. Eles disseram que o protesto será encerrado com a presença de representante do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Eles exigem a construção de quebra-molas no local para evitar a imprudência dos motoristas.

Bando explode prédio da agência do Bradesco de Alto Alegre do Maranhão

O crime foi praticado por seis homens. Eles estavam em carro preto. levaram algo em torno de R$ 50 mil dos caixas eletrônicos.

SÃO LUÍS - Bandidos explodiram na madrugada desta terça-feira (25), o prédio da agência do Bradesco de Alto Alegre do Maranhão. O crime foi praticado por seis que estavam em um veículo preto. A marca e a placa do carro não foram identificadas por testemunhas.
A dinamite utilizada pelos bandidos teve um efeito tão violento que destruiu o prédio do Bradesco.
Segundo informações do repórter Domingos Ribeiro, da rádio Mirante AM, os criminosos fugiram levando dos caixas eletrônicos algo em torno de R$ 50 mil. Ninguém foi preso até o momento.