quarta-feira, 30 de maio de 2012

Homens são presos pelas polícias Civil e Militar após tentativa de assalto em Capinzal do Norte

As polícias Civil e Militar realizaram, na segunda-feira (28), a prisão em flagrante de Rafael Soares da Silva, 23 anos; e Diego Moraes de Fonseca, 24 anos, suspeitos de tentarem assaltar o posto de combustível Capinzal, na BR-135, no município de Capinzal do Norte, a 277Km de São Luís.
Segundo a delegada regional de Pedreiras, Maria Eunice Ferreira, por volta das 15h, a dupla chegou ao posto em um veículo Uno vermelho, de placa MWD-6595, de Araguaína (TO), armada com uma faca, e anunciou o assalto, rendendo o frentista identificado como Francisco, de quem eles roubaram uma quantia de R$ 500,00.
No momento da ação criminosa, o proprietário do estabelecimento, Francisco Lopes, que também se encontrava no local, travou uma luta corporal com Diego Moraes, que foi amarrado pelo mesmo.
O comparsa dele, Rafael Soares, evadiu-se no automóvel, depois retornando para resgatar o parceiro. O resgate de Diego só foi possível porque as vítimas, com receio de Rafael retornar com outros bandidos, saíram do local, deixando o assaltante amarrado sozinho.
Conforme explicou a delegada, a dupla de criminosos deixou o local do crime no veículo, e nesse momento a polícia já estava fazendo buscas pela cidade. Na fuga, o pneu do carro furou. Rafael e Diego abandonaram o automóvel e se embrenharam no matagal. Homens das polícias Civil e Militar fecharam o cerco em toda a área e conseguiram prender os dois assaltantes.
Rafael Soares da Silva e Diego Moraes de Fonseca foram autuados por tentativa de assalto e encaminhados para a Delegacia Regional de Pedreiras, onde irão permanecer à disposição da Justiça.
A arma do crime e o veículo foram apreendidos pela polícia. De acordo com a delegada, as investigações devem continuar porque há a suspeita de que o veículo seja proveniente de roubo

Polícia identifica “canibal pelado” de Miami que comeu rosto de pessoa


Novo tipo de droga pode ter estimulado canibal na Flórida
A polícia de Miami identificou nesta segunda-feira (28) o homem nu que foi flagrado comendo o rosto de outra pessoa em uma passarela de pedestres da cidade no último sábado (26). O “canibal pelado” é Rudy Eugene, de 31 anos, que morreu baleado pela polícia. As infomações são do diário The Miami Herald.
O canibal atacou no sábado uma pessoa em uma avenida movimentada de Miami. Eugene foi morto com pelo menos seis tiros após não obedecer às ordens da polícia para se afastar do homem atacado, que, assim como o canibal, estava nu.
De acordo com o Miami Herald, registros locais indicam que Eugene foi casado entre 2005 e 2007. O “canibal pelado” não tinha uma fonte de renda, portava apenas US$ 2 em dinheiro (cerca de R$ 4), além de o equivalente a R$ 100 por um celular.
O diário de Miami tentou entrar em contato com a ex-mulher de Eugene, mas ela se recusou a falar sobre o assunto.
O homem atacado por Eugene continua em estado grave no hospital Jackson Memorial. A vítima, cuja identidade não foi revelada, perdeu a pele, teve o nariz mordido e os olhos arrancados. De acordo com o diário, ficou intacto apenas o cavanhaque e “um pouco mais do que isso”.
O sargento Javier Ortiz, da polícia de Miami, disse estar aguardando pela recuperação da vítima para poder descobrir o que aconteceu.
— Somente ele sabe [o que aconteceu].
Nova droga
No dia do crime, a polícia acreditava que o homem havia sofrido uma crise psicótica causada por cocaína. Mas novas investigações indicaram que, no momento do crime, o canibal estava usando um novo tipo de LSD, mais potente que o comum.
Larry Vega, uma das testemunhas ouvidas pela rede de televisão Fox, contou que estava passando de bicicleta pelo local quando viu o canibal “arrancando pedaços de carne da vítima com a boca”.
Vega contou também que pediu para o homem parar com o ataque.
— Eu disse para ele se afastar, mas ele continuou comendo o rosto do outro.
A testemunha diz que encontrou um policial, para quem contou o que estava acontecendo. O oficial então foi até o local onde o canibal atacava o outro homem, que a polícia acredita ser um morador de rua.
— O homem que estava atacando levantou, com pedaços e carne na boca. Ele rosnava. O policial atirou nele, mas ele continuou mastigando. O policial atirou mais algumas vezes, e ele acabou morrendo.
Vega conta que a cena foi a “mais horrível” que ele já viu.
Segundo o The Miami Herald, os moradores de Miami e de todo o Estado da Flórida estão chocados com o caso.
De acordo com o jornal, um homem identificado como Rio foi até o local do crime no dia seguinte, com uma placa escrita “Moradores de rua precisam de ajuda”.

A Fazenda ganha da Globo e levanta audiência de Máscaras


A estreia de A Fazenda (Record) na noite de terça-feira (29) conquistou ótimos resultados no ibope.
A quinta temporada do reality show da Record começou com a apresentação de seus 16 peões – nomes tão especulados pela mídia há semanas.
O sucesso da Record foi visível no ibope e derrotou a audiência da Globo por mais de 30 minutos. No duelo com Louco por Elas, episódio com a participação de Deborah Secco e Dú Moscovis, A Fazenda ganhou de ponta a ponta, com três pontos de vantagem (18 a 15 pontos).
De acordo com a prévia do Ibope, A Fazenda (Record) registrou média de 17 pontos de audiência na Grande São Paulo no horário das 22h27 às 23h35.
O SBT por sua vez, que tentou frear a atração da Record com a visita de uma atriz mexicana no Programa do Ratinho, alcançou apenas 8 pontos na mesma faixa de horário. Ainda durante o mesmo período, a Globo registrou 19 e a Band 4 pontos.
O desempenho de A Fazenda ainda alavancou a novela Máscaras, que conseguiu 8 pontos de média na vice-liderança isolada do horário.
Cada ponto no ibope equivale a 60 mil domicílios na Grande São Paulo.

Zinho revela papo com R10: ‘Ele disse que dívida não atrapalha’


O diretor de futebol do Flamengo, Zinho, disse nesta segunda-feira que tem conversado com Ronaldinho Gaúcho sobre o atraso no pagamento do salário do atacante. Apesar de o irmão e empresário do jogador, Roberto Assis, ter canal aberto com a presidente Patricia Amorim e o vice de finanças Michel Levy, o diretor virou uma espécie de interlocutor do jogador.
O dirigente contou que recentemente teve uma conversa com R10 sobre o assunto. Quis saber do jogador se a pendência financeira prejudica o desempenho dele em campo e chegou a dar a opção de um afastamento.
- Eu perguntei para ele: está te atrapalhando? Quer ficar fora até resolver isso? Ele disse que quer que o clube acerte isso, como qualquer profissional gostaria, mas disse que isso não atrapalha o rendimento dele. Ele quer receber, mas disse que confia no clube. O clube está trabalhando para resolver o problema dele e outras pendências com jogadores. O clube está trabalhando para buscar recursos. É um trabalho nosso.
Assis e Ronaldinho cobram cerca de R$ 5 milhões do Flamengo de salários e direitos de imagem. O clube, no entanto, diz que o valor é menor: R$ 2,25 milhões. O agente já notificou o Rubro-Negro extrajudicialmente e estuda levar o caso à Justiça.
Zinho disse que como o camisa 10 se colocou à disposição para treinar e jogar normalmente, terá que assumir as responsabilidades.
- A partir do momento que definimos que ele vai confiar no clube, esperar o acerto, a cobrança é igual. A nossa diretoria está trabalhando muito para buscar soluções para os problemas financeiros para que os jogadores não tenham o que contestar.
Nesta quinta-feira, o Flamengo vai disputar um amistoso em Teresina, às 19h30m (de Brasília), contra a Seleção do Piauí. Parte da verba que será recebida pelo clube, cerca de R$ 700 mil, será usada para quitar prêmios atrasados dos jogadores.
A participação de Ronaldinho Gaúcho é incerta. Nesta terça, ele não treinou. Pediu ao Flamengo para ficar mais um dia em Porto Alegre para acompanhar a recuperação da mãe, Miguelina, recém-operada. O jogador é aguardado no Rio para o treino da manhã desta quarta e para a viagem a Teresina, à noite.

Boi de Morros volta a cantar o amor e faz homenagem a Gonçalves Dias

Os Poemas do poeta maranhense Gonçalves Dias, os 400 anos de São Luís e o amor fazem parte da mensagem do Boi de Morros para animar os terreiros na festança junina
Com 36 anos, Boi de Morros volta a cantar o amor. Em 2003, o tema "A paz que brota do amor". Neste ano, cerca de 160 brincantes apresentarão o novo enredo
Uma ode ao amor nos terreiros de São Luís é o que promete o Boi de Morros na temporada junina de 2012. O boi do sotaque de orquestra que a cada ano inova no tema, nas suas coreografias e indumentárias fazendo shows falando de paz e amor, se prepara para cantar mais uma vez um tema que envolve o grupo desde a sua fundação e este ano, em especial pelo aniversário de 400 anos de São Luís: o amor. O grupo vai espalhar mensagens de sentimento com o tema Amor... A força que move o mundo.

O amor é um tema recorrente no Boi de Morros. Em 2003, por exemplo, o grupo apresentou o tema A paz que brota do amor. Neste ano, segundo José Lobato, fundador e amo do boi, a reflexão será muito profunda, pois falará do amor como uma força que vem do criador. O tema estará presente nas toadas, nas indumentárias e no espetáculo como um todo.

"Todo o nosso trabalho vai ser em cima desse tema. Paralelamente a isso vamos homenagear os 400 anos de São Luís invocando poemas de Gonçalves Dias e levando mensagem de amor na dança, no enredo, na encenação. Falamos de um amor maior, do Eros, do ágape, do que está acima de tudo, do amor divino", explica Lobato.

Índia guerreira durante a temporada dos festejos juninos de São Luís (NEIDSON MOREIRA/OIMP/D.A.PRESS)
Índia guerreira durante a temporada dos festejos juninos de São Luís
Uma apresentação do Boi de Morros "satisfatória", segundo Lobato, necessita de pelo menos uma hora de duração. O espetáculo que começa com o auto vai homenagear São Luís com poemas do poeta maranhense Gonçalves Dias. Como de costume os textos serão entremeados pelas encenações. "Vamos levar índios e índias e tribos timbiras e tupis envolvendo todos os sotaques que fazemos, e ainda literatura que foi a grande marca de São Luís no passado. Vamos narrar essa história resgatando o amor de retratado nesses poemas", conta o amo do boi da região do Munim.

Os poemas de que Lobato fala são I-Juca-Pirama e Canção do Exílio, ambos de Gonçalves Dias. O primeiro é um poema indianista publicado em 1851. É um dos mais famosos poemas Indianistas do Romantismo Brasileiro, considerado por muitos a obra prima do poeta maranhense. O poema relata a história de um guerreiro tupi sobrevivente e fugitivo da destruição na costa que cai aprisionado por uma tribo antropófaga dos Timbiras e que deve ser sacrificado conforme o rito.

Já Canção do Exílio marca a obra do autor como um dos mais conhecidos poemas da língua portuguesa no Brasil. Foi escrita em julho de 1843, em Coimbra, Portugal. O poema, por conta de sua contenção e de sua alusão à pátria distante, tema tão próximo do ideário do Romantismo, tornou-se emblemático na cultura brasileira.

Todo esse enredo será mostrado nos arraiais de São Luís e do mundo por um grupo de aproximadamente 160 brincantes utilizando indumentárias riquíssimas desenhadas pelo figurinista Márcio Figueiredo, mas segundo Lobato, confeccionadas pelos próprios brincantes. "Nós fazemos questão que os componentes se envolvam em todo o processo de preparação do grupo", comenta o amo.

Município de Ribamar recebe três novos ônibus escolares

Frota de veículos escolares da Prefeitura subiu para 16 e terá capacidade para prestar um serviço muito melhor aos estudantes ribamarenses.
Ônibus irão potencializar o atendimento aos estudantes ribamarense
Ônibus irão potencializar o atendimento aos estudantes ribamarense
O prefeito Gil Cutrim (PMDB) entregou, nesta última segunda-feira (28), mais três ônibus que irão fazer o transporte dos alunos da rede municipal de ensino de São José de Ribamar.

Com a entrega, a frota de ônibus escolares da Prefeitura subiu para 16 veículos - 13 já estavam em operação - e terá, a partir de agora, capacidade para potencializar o atendimento, prestando, desta forma, um serviço muito melhor aos estudantes ribamarenses.
Os veículos foram adquiridos através de convênio firmado entre a administração Gil Cutrim e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), através do programa federal Caminho da Escola.

"Além de material didático, fardamento completo e uma merenda de qualidade, os estudantes ribamarense contam com um sistema de transporte escolar eficiente. Todos estes ingredientes, aliados ao ótimo ensino ofertado nas Escolas Municipais, fazem com que o aluno se concentre e aprenda mais. A educação pública de São José de Ribamar melhorou muito nos últimos anos e continuamos trabalhando para que ela cresça cada vez mais", afirmou o prefeito durante a solenidade de entrega dos veículos, que foi realizada na concha acústica do santuário religioso e contou a participação massiva da classe estudantil ribamarense e de várias lideranças políticas e comunitárias do município.

Os três novos ônibus tem capacidade para transportar até 45 alunos, cada um, além de serem adaptados para receber estudantes/cadeirantes e atenderem a todas as normas de segurança estabelecidas pelo Ministério da Educação. Eles irão potencializar o atendimento gratuito em diversas regiões da cidade, como nos bairros de Panaquatira, Vila Roseana Sarney, Parque Vitória, Alto do Turu e Parque Jair.

"O prefeito Gil, mais uma vez, mostra que tem compromisso com os estudantes de São José de Ribamar. Investir na educação é investir no futuro dos jovens e de todo um povo", avaliou a dona-de-casa Maria do Amparo Sousa, cujo o filho é aluno da rede municipal de São José de Ribamar.

Também participaram da solenidade de entrega dos novos ônibus escolares os vereadores Beto das Vilas (PMDB - presidente da Câmara Municipal), Lázaro (PV) e Marlene Monroe (PTB).

Idoso morre após ser espancado no bairro do Centro

 (GILSON TEIXEIRA/OIMP/D.A PRESS)
O idoso Antônio Malta de Oliveira, de 65 anos, que morava em uma casa abandonada, localizada na Avenida Cajazeiras, s/n, no Centro, nas proximidades do Bom Preço, foi espancado, na noite desta segunda-feira (29). Depois da violência, Antônio foi socorrido às pressas e levado para o Hospital Djalma Marques, o Socorrão I.

Ao chegar na casa de saúde, a vítima apresentava marcas de violência na cabeça, nos braços e nas penas. "Meu pai foi brutalmente espancado por usuários de drogas", lamentou Ieda Maria Oliveira, de 35 anos. Ela falou que a vítima há anos morava sozinha em um quartinho de uma casa abandonada, no Centro. Como ainda não era aposentado, vendia frutas em um carrinho de mão pelas ruas da cidade, principalmente, no Centro, Madre Deus e Desterro.

Na tarde desta segunda-feira (29), vizinhos encontraram o idoso todo ensanguentado e desacordado no chão. Foi levado para o hospital municipal, mas por volta das 22h, veio a falecer.

Ainda segundo Ieda Maria, o seu pai tinha sido muito espancado por usuários de drogas que ainda levaram alguns pertences da vítima como documentos pessoais e objetos da casa. O corpo só deu entrada no Instituto Médico Legal ( IML), na manhã de terça onde foram feitos os exames de praxe, e logo em seguida liberado para a família.

Prefeito segura repórter pelo pescoço em Mato Grosso



O prefeito de Barra do Bugres (150 km de Cuiabá), Wilson Francelino (PSD), segurou pelo pescoço uma repórter de TV que tentava entrevistá-lo. A agressão foi cometida contra a repórter Elissa Neves, da TV Independência (afiliada à Rede Record).

As imagens mostram quando o prefeito, que é conhecido na cidade como “Wilson Pescador”, pressiona o pescoço da jornalista, enquanto fala ao seu ouvido.

Após ser solta, a repórter se queixa da violência, mas o prefeito sorri e adota um tom irônico. “Eu não estou sendo agressivo com você”, diz.

Em nota, o Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso qualificou o episódio como uma “agressão covarde e sem justificativa”. “A violência no trato com a colega da profissão deixou a diretoria do sindicato e a categoria indignados”, diz a nota.

Também em nota, o prefeito negou que tenha agredido a repórter. “O prefeito aproximou-se da entrevistadora com o fim único de falar-lhe ao ouvido que naquele momento não poderia dar a entrevista”, disse, em um trecho.

Ainda segundo a nota, o toque no pescoço teria se dado de forma acidental. “Ao levar as mãos aos ombros da entrevistadora, acabou por alcançar seu pescoço sem a intenção de lhe causar algum mal, o que pode ser conferido nas próprias imagens.”

O prefeito acusou a emissora de fazer “oposição explícita” à sua gestão. “As imagens são claras e demonstram que a entrevistadora se manteve tranquila e ouvindo normalmente os argumentos do chefe do Executivo.”

Justiça concede liberdade condicional a Bruno, mas goleiro permanece preso

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais concedeu liberdade condicional ao goleiro Bruno Fernandes. O benefício é referente ao processo de cárcere privado e lesão corporal de Eliza Samúdio, julgado pela Justiça do Rio de Janeiro que o condenou a 4 anos e seis meses de prisão.

Mas como o atleta também é condenado pela morte e desaparecimento de Eliza, ele só sairia da prisão se o pedido de habeas corpus referente a este crime fosse julgado pelo Supremo Tribunal Federal.

O juiz Wagner Cavalieri, da Vara de Execuções Criminais de Contagem, foi quem julgou o pedido de liberdade condicional, concedendo assim que o preso cumpra a pena em regime semiaberto.

Como goleiro também cumpre pena pelo mandado de prisão expedido pelo Tribunal do Júri em Contagem, na Grande BH, ele não pode sair da prisão.

Estácio de Sá compra Faculdade São Luís por R$ 28 milhões

A Universidade Estácio de Sá anunciou na segunda-feira (28) a compra da UB Unisãoluís Educacional por R$ 28 milhões. A Unisãoluis é mantenedora da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas - FacSãoLuís, que tem cerca de 4 mil alunos e atua em São Luís (MA).
A compra será paga parte em dinheiro e parte assumindo dívidas e obrigações.
Fachada da Faculdade São Luís
O negócio será concluído em 60 dias, caso as empresas envolvidas cumpram as condições previstas no contrato de compra e venda. Se concretizada, a compra marcará a entrada do grupo de ensino carioca, cujo maior acionista é o GP Investimentos, no Maranhão.
A Estácio teve lucro líquido de R$ 39,9 milhões no último trimestre, 39% maior que no mesmo período do ano anterior.
A receita líquida subiu 19,9% no período, de R$ 275,8 milhões para R$ 330,6 milhões. A companhia tem cerca de 278,6 mil alunos.

MP exige regularização da folha de pagamento da educação em Peri Mirim

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) encaminhou, em 25 de maio, Recomendação requerendo que a Prefeitura de Peri Mirim (a 324 Km de São Luís) exclua, em cinco dias, da folha de pagamento da Educação do município todos os servidores que não atuem na Educação Básica. O município é termo judiciário da Comarca de Bequimão.
A Recomendação, subscrita pela promotora de Justiça da Comarca de Bequimão, Rita de Cássia Pereira Souza, foi motivada por denúncias sobre a existência de agentes operacionais lotados como supervisores escolares, a permanência de servidores exonerados na folha de pagamento e a inclusão de um assessor jurídico na folha de pagamento da educação no município. A prática é vedada pela Lei nº 11.494, de 20 de junho de 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Vista geral do município de Peri Mirim; no detalhe o prefeito Afonso Lopes
O documento assevera que "profissionais de Educação são docentes, profissionais que oferecem suporte pedagógico direto ao exercício da docência: direção ou administração escolar, planejamento, inspeção, supervisão, orientação educacional e coordenação pedagógica".
Na Recomendação, a promotora de Justiça da Comarca de Bequimão requer, ainda, que a Prefeitura encaminhe, em dez dias, ao MPMA as folhas da educação dos anos 2009, 2010 e 2011, devidamente adequadas ao disposto na Lei nº. 11.494/2007 e na Resolução nº. 01/2008 da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação.
Ela também pede que a Prefeitura de Peri Mirim encaminhe, ao MPMA, em dez dias, a prestação de contas relativas aos recursos do Fundeb, devendo esclarecer se houve sobras dos recursos previstos no art. 22, da Lei nº. 11.494/2007 e, em caso positivo, informar o valor das sobras.
O MPMA também requer que a Prefeitura de Peri Mirim quite as dívidas com os profissionais da educação básica referente às sobras do Fundeb dos anos de 2009, 2010 e 2011.
Audiência Pública - O documento foi entregue durante a audiência pública realizada pela Promotoria de Justiça da Comarca de Bequimão no dia 25 de maio, na Câmara de Vereadores do Município.
Além da promotora de Justiça, a audiência teve a participação do assessor jurídico do Município de Peri Mirim, Fábio Maia; do presidente da Câmara de Vereadores do Município, Raimundo Martins; e do presidente do Sindicato dos Profissionais da Educação e Servidores de Peri Mirim (Sindproespem), José Ribamar Amorim.
Durante a audiência, o assessor jurídico do Município de Peri Mirim, Fabio Maia, se comprometeu a encaminhar à Câmara de Vereadores de Peri Mirim o projeto de lei que versa sobre o plano de cargos dos profissionais de Educação do município.

Vereadora eleita ganha direito de ocupar cargo de prefeita de São João do Paraíso

 
Desembargador Paulo Velten relator dos dois processos
Uma decisão da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) cassou, nesta terça-feira (29), sentença da Justiça de 1º grau e garantiu a Evaíres Martins do Vale o direito de concluir o mandato de prefeita do município de São João do Paraíso.
A vereadora havia sido escolhida em eleições indiretas realizadas pela Câmara de Vereadores do município, para substituir Raimundo Galdino Leite, que foi cassado do cargo de prefeito junto com seu vice.
Sentença posterior de primeira instância revogou o decreto legislativo, anulando a eleição de Evaíres Vale, baseada em suposta irregularidade no pleito. Por unanimidade, os desembargadores Paulo Velten (relator), Jaime Araújo e Anildes Cruz entenderam que a decisão de 1º grau foi baseada em artigo revogado da Lei Orgânica do município.
Os magistrados acolheram o recurso da vereadora e da Câmara Municipal, reconhecendo o direito de Evaíres ocupar o cargo de prefeita. Polêmica – A polêmica teve início em dezembro do ano passado, quando a Câmara expediu decreto legislativo, estipulando prazo máximo de 30 dias para realizar eleições indiretas para escolha do novo prefeito, conforme lei municipal que modificou o artigo 2º da Lei Orgânica, que trata do prazo para eleição.
A redação anterior do mesmo artigo estabelecia que as eleições só poderiam ocorrer 90 dias após a vacância dos cargos de prefeito e vice. Evaíres foi eleita e assumiu o cargo. Com a ida dela para a Prefeitura, Edelmi Aguiar da Silva, que era presidente da Câmara na época da cassação e havia assumido interinamente a Prefeitura, retornou à presidência do legislativo municipal e ajuizou ação declaratória de nulidade do decreto.
Segundo a Câmara, a sentença posterior de primeira instância, que resultou na anulação da eleição, se baseou no artigo já revogado. Com o retorno de Edelmi Silva ao cargo de prefeito, teve sequência a disputa judicial, com alternância dos dois no cargo, até a decisão desta terça da 4ª Câmara Cível, de acordo com parecer assinado pelo procurador de justiça Francisco Barros de Sousa

MPF/MA denuncia ex-prefeito de Pinheiro por desvio de dinheiro público

O MPF/MA ofereceu denúncia e propôs ação de improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Pinheiro (MA), Filadelfo Mendes Neto, por desvio de dinheiro público, proveniente de convênio celebrado com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa).
A verba era destinada à instalação de sistema de abastecimento de água nos povoados Paraíso, Maranhão Novo e Nova Ponta Branca. As obras, iniciadas em 2006, não foram concluídas. Segundo a Funasa, a água distribuída atualmente para os povoados está imprópria para o consumo.

Após celebrar convênio em 2005 com o município, a Funasa transferiu R$ 800 mil, em três liberações, entre os anos de 2006 e 2008. Em julho de 2009 (após o prazo de vigência do convênio), a prestação de contas apresentada pelo então prefeito demonstrou o desvio de recursos, por uma diferença de R$ 103.826,85.

Uma visita técnica feita pela Funasa em 2009 constatou que foram executadas 93% das obras do convênio, e que a água distribuída não atendia aos padrões de potabilidade. Em nova visita realizada em janeiro deste ano, a Funasa constatou que a água permanece imprópria para o consumo, e que as obras não foram concluídas.

Na prestação de contas, Filadelfo Mendes apresentou notas destinadas à empresa Procontel (Projeto Construções Serviços e terraplanagem Ltda), que, no entanto, não participou da execução da obra. A Funasa desaprovou a prestação oferecida e solicitou devolução integral dos recursos, por entender que o objeto do convênio não foi atendido.

Para o procurador da República Juraci Guimarães Júnior, autor da ação, “além do grave fato de desvio de recursos públicos, a consequência do crime é mais sentida pela população carente do município ao ser oferecida uma água imprópria para o consumo," declarou.

Além da denúncia, o MPF solicitou à Justiça Federal que seja encaminhado ofício ao Banco do Brasil, para apresentação da movimentação financeira da conta destinada aos recursos públicos do convênio celebrado com a Funasa

Greve dos rodoviários de São Luís continua por tempo indeterminado

A greve dos rodoviários de São Luís continua por tempo indeterminado. O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Maranhão (STTREMA) e o Sindicato das Empresas de Transporte (SET) se reúnem mais uma vez nesta quarta-feira (30) na Câmara de Vereadores da capital.
Ambas as partes ainda não entraram em um consenso para pôr fim à greve dos motoristas e cobradores de ônibus iniciada na última segunda-feira (21).
Enquanto a greve não chega ao fim, apenas 50% da frota permanecerá circulando em São Luís.
O Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão (TRT-MA) concedeu reajuste de 7% a classe trabalhista, mas os rodoviários reivindicam aumento salarial de 16% além do aumento do tíquete-alimentação para R$ 450 e inclusão de mais um dependente no plano odontológico.
TRT-MA mantém decisão
A presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão, desembargadora Ilka Esdra Silva Araújo, manteve intacta nesta terça-feira (29) a decisão que determinou multa ao Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de São Luís (SET).
O SET requereu a reconsideração de decisão agravada para tornar sem efeito a aplicação da multa inicial de R$ 50 mil, além de requerer o desbloqueio de eventuais valores que já tenham sido retidos junto à Prefeitura de São Luís ou junto aos sistemas BacenJud e RenaJud. Também requereu expedição de ofício à Polícia Federal para suspender a abertura de inquérito, em face dos membros da diretoria do sindicato

Secretário de Saúde comenta interdição do Hospital da Criança

Santiago Servin afirma que reforma na unidade devia ser sido discutida e planejada.

 
SÃO LUÍS – Realizada, ontem (29), uma inspeção por integrantes do Ministério Público, vereadores e técnicos das Vigilâncias Sanitárias estadual e municipal no Hospital Odorico Amaral de Matos, conhecido como "Hospital da Criança". A visita foi acertada em uma reunião realizada no dia 21 na Câmara Municipal. A interdição dos leitos do hospital aconteceu na primeira quinzena de maio, após vistoria no local e constatação de condições precárias de funcionamento da parte hidráulica, elétrica e sanitária.
Nesta quarta-feira (30), em entrevista ao Imirante, o secretário municipal de Saúde, Santiago Cirilo Nogueira Servin, afirmou que as reformas deveriam ser planejadas. "Não bastava chegar e dizer ‘tirem as crianças daqui’. ‘Tirem as crianças daqui’ e elas vão para onde? Esse que é o problema. Os outros hospitais, também, estão cheios. No Materno Infantil, existe gente que vive esperando vagas para entrar lá", afirma. De acordo com ele, o hospital é pequeno e atende, além da capital, a demanda de mais de 100 municípios.
O secretário afirma que as reformas da unidade, exigidas pela Vigilância Sanitária, já estão sendo feitas e que a secretaria aproveitou a interdição para realizar outras reformas, como a que prevê a ampliação no número de leitos.
Vacinação contra a gripe
O secretário Santiago Servin aproveitou a entrevista para fazer um alerta ao público-alvo – trabalhadores da área de Saúde, crianças de zero a dois anos de idade, gestantes e idosos – da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, que termina nesta sexta-feira (1º). Segundo o secretário, mesmo após o prazo da campanha, as vacinas continuarão nos postos de saúde à espera dos interessados em se vacinar.
Ainda de acordo com Servin, a secretaria planeja, também, realizar uma campanha de vacinação durante o período junino, em arraiais de São Luís. "Aí seriam mais 30 dias de vacinação. Acredito que não será tão difícil de fazer", finaliza.