segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Caminhão desgovernado destrói frente de casa no Anjo da Guarda


Caminhão deixou a frente da residência completamente destruída. (Gilson Teixeira /OIMP/OIMP/D.A Press)
Caminhão deixou a frente da residência completamente destruída.
No final da tarde deste domingo (16), um caminhão conduzido por um homem que estaria embriagado, e foi identificado apenas como Djalma, colidiu com um automóvel que estava estacionado e depois contra uma casa, destruindo toda frente da residência, na Gancharia, na região do Anjo da Guarda. Neste acidente ninguém saiu ferido.

De acordo com a dona da casa, Maria Luiza Costa, de 65 anos, ela se encontrava no terraço coberto de residência, quando observou que um utilitário da marca Hyundai,de placa OIS-7790, pertencente à empresa Copi, trafegava desgovernado e bateu contra um automóvel Corsa branco, de placas NYP -5704, que estava estacionado. 

Sentindo que o pequeno caminhão poderia colidir com sua casa, Maria Luiza correu para os fundos da casa, evitando ter sido atingida pelo carro que destruiu toda frente da sua moradia. O motorista que estaria apresentando sintomas de embriaguez alcoólica, fugiu deixando o veículo no local do acidente. Ninguém saiu ferido, mas os danos materiais foram grandes. Até o início da noite a Polícia não havia comparecido ao local para fazer os levantamentos do acidente.

Incêndio misterioso destrói documentos da prefeitura de Timbiras

Um incêndio no prédio da prefeitura de Timbiras, a 277 km de São Luís, assustou moradores da cidade e destruiu vários documentos que estavam na sala da secretaria de Administração do município.

De acordo com populares, o fogo, ainda com causas desconhecidas, teria começado por volta das 11h da manhã deste domingo (16) e teria sido notado por pessoas que se encontravam em um bar, localizado ao lado da prefeitura.

Segundo o vereador do município, Francisco Morais (PSDC), que também esteve no local, ao perceber a fumaça que vinha do prédio da prefeitura, algumas pessoas que estavam no bar, correram para verificar o que estava acontecendo. Chegando à sede do executivo municipal, teriam encontrado o portão fechado. Nesse momento, algumas pessoas já haviam chamado também a Polícia Militar, que que chegando ao local, e vendo que as chamas aumentavam dentro do prédio, resolveu arrebentar o portão.

Ao adentrarem o local, as pessoas e a polícia, perceberam que as chamas vinham da sala onde funciona a secretaria de Administração da prefeitura. Os populares então, foram em busca de água para apagar o fogo, entretanto mesmo conseguindo o obejtivo, muitos documentos que ficavam guardados na sala foram destruídos pelo incêndio. As pessoas que estiveram no prédio da prefeitura, confirmaram que nenhuma janela do local foi quebrado, fazendo aumentar o mistério acerca das causas do incêndio.

A reportagem de O Imparcial entrou em contato com a Delegacia Regional de Codó, que responde pela delegacia de Timbiras, mas não foi possível falar com o delegado.

Prefeitos do Maranhão receberão supersalários; alguns chegam a R$26 mil

Apesar do arrocho financeiro, vereadores aprovam aumento salarial de chefes do executivo de diversos municípios maranhenses.

Francismar Carvalho está entre os prefeitos que receberão um dos valores mais elevados. A partir de 2013 ele vai ganhar R$15 mil
Francismar Carvalho está entre os prefeitos que receberão um dos valores mais elevados. A partir de 2013 ele vai ganhar R$15 mil
No momento em que governantes estão preocupados com a crise econômica mundial tentam ajustar seus orçamentos, algumas prefeituras no interior do estado ainda convivem com salários que ultrapassam até a remuneração do presidente da República. 

Enquanto o novo presidente dos Estados Unidos Barack Obama, decide congelar  ossalários dos altos funcionários da Casa Branca para dar "o bom exemplo", no Brasil, especificamente, no Maranhão, alguns mandatários não se adaptaram à nova realidade. A Constituição Federal não impede que prefeitos ganhem mais que o presidente, mas especialistas defendem limites.

Em Colinas (MA), cidade localizada a 437 quilômetros da capital maranhense e com 39 mil habitantes, a Câmara Municipal ignorou a crise mundial e concedeu um reajuste de 85% ao novo prefeito, Antônio Carlos (PSB). Na última segunda-feira (10), os vereadores elevaram o salário do socialista de R$ 14 mil para R$ 26 mil. A partir de janeiro de 2013, Antônio Carlos vai ganhar mais do que o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), que recebe R$ 12.384,06.

Mas o aumento não deve ficar apenas restrito ao prefeito. Os vereadores ampliaram também os subsídios parlamentares, aumentando de R$ 4 mil para R$ 6 mil. O texto aprovado em plenário eleva ainda o salário do vice-prefeito, que subirá dos atuais R$ 8 mil para R$ 13 mil; e dos secretários, que ganham R$ 1,8 mil atualmente e terão aumento de R$ 1,2 mil.

Outros municípios também entraram na "onda". É o caso de Penalva, na Baixada Maranhense, onde o prefeito eleito, Edmilson Viegas (PDT), receberá a partir de janeiro do ano que vem R$ 16 mil por mês. O salário do vice ficou em R$ 7 mil e os secretários receberão R$ 5 mil mensalmente. O projeto foi aprovado na última terça-feira (11). Outros prefeitos com supersalários são os de Riachão, São Raimundo das Mangabeiras, (região sul do estado), Tuntum e Bacabeira. No primeiro caso, o prefeito Crisógono Vieira (PTdoB) receberá R$ 20 mil mensais; o vice-prefeito R$ 14 mil e os vereadores R$ 6 mil.

Já no município de São Raimundo das Mangabeiras, Francismar Carvalho (PMDB) receberá R$ 15 mil mensais; o vice-prefeito, R$ 7,5 mil, os secretários municipais R$ 5 mil e os vereadores, R$ 5,2 mil.

No município de Bacabeira, com o reajuste, que entra em vigor em janeiro de 2013, o salário do prefeito eleito Alan Linhares (PTB) passará dos atuais R$ 10 mil para R$ 20 mil. Já o vice-prefeito, que recebe atualmente R$ 5 mil, no próximo ano, terá o dobro dos vencimentos, e passará a receber R$ 10 mil. Secretários e vereadores passarão dos atuais R$ 4.500 para R$ 6.000 mil reais.

Vale ressaltar que, em 2007 quando o vereador Alan Linhares esteve como presidente da Câmara de Bacabeira recebia um salário de R$ 32.550,00, maior que o da presidente da República, Dilma Rousseff, que era de R$ 19.818,49. Agora como futuro comandante do município, o petebista vai quebrar outro 'recorde': deverá receber um subsídio quase duas vezes maior que o da governadora do Estado, Roseana Sarney (PMDB).

Redução salarial - Em São José de Ribamar, na Região Metropolitana, o prefeito Gil Cutrim (PMDB) encaminhou à Câmara Municipal projeto de lei, de autoria do Executivo Municipal, reduzindo em 30% o valor do seu salário e dos vencimentos do vice-prefeito, dos secretários municipais e dos secretários municipais adjuntos.

O projeto de lei foi votado na sessão da última quinta-feira (29) no parlamento municipal ribamarense e foi aprovado sem maiores dificuldades. Por conta disso, a previsão é de que a redução salarial seja implantada já na folha de pessoal deste mês de novembro, cujos salários serão pagos na sexta-feira (30).

Em Tuntum, os vereadores aumentaram o próprio salário - para R$ 6 mil por mês -, mas diminuíram o do prefeito, que era de R$ 9.850,00, para R$ 8.525,00. O do vice-prefeito ficará em R$ 4.412,50 (hoje é de R$ 4.925,00) e o vencimento dos futuros secretários também será afetado pela redução, de R$ 4.160,00 passará a ser R$ 3.160,00.

Corinthians é o grande campeão do Mundial de Clubes

Com defesas espetaculares de Cássio, o time do Parque São Jorge venceu o Chelsea.

Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
SÃO LUÍS - O Corinthians é o grande campeão do Mundial de Clubes, realizado em Yokohama, no Japão. Apesar do sufoco contra o time europeu Chelsea, o time do Parque São Jorge levou a melhor, ganhando por 1 a 0 do time inglês. O gol da vitória veio aos 23 minutos do segundo tempo, com um chute de Paolo Guerrero.
O Corinthians começou no sufoco, com pressão do Chelsea, em todo o primeiro tempo. Aos dez minutos do primeiro tempo, Cássio realizou a primeira de suas boas defesas feitas ao longo do jogo. O timão tentou ir pra cima, mas a tentativa de chute de Paulinho não foi eficaz.
Aos 28 minutos, Guerrero fez uma boa jogada, mas não conseguiu marcar o gol. No fim do primeiro tempo, Cássio realiza boas defesas, principalmente, aos 38 e 40 minutos do jogo.
O começo do segundo tempo, também, foi difícil para o ‘timão’, que voltou a sofrer pressão do Chelsea, somado ao fato do cartão amarelo dado à Jorge Henrique. Com boas jogadas de Paolo Guerrero e Paulinho, o Corithians consegue superar a pressão do rival, a partir dos 18 minutos do segundo tempo.
Aos 23 minutos, com lances de Paulinho e Danilo, a bola acaba sobrando para Paolo Guerrero, que marca o único gol da partida. O Chelsea, ainda, tentou marcar ao longo do jogo, mas foi o time brasileiro o grande campeão do Mundial de Clubes de 2012.
O Corinthians jogou com Cássio, Alessandro, Chicão, Paulo André, Fábio Santos, Ralf, Paulinho, Danilo, Jorge Henrique, Emerson e Guerrero.
Sendo assim, o Corinthians se torna bicampeão mundial de clubes da Fifa. A primeira vitória do clube veio em 2000.

IML registra nove homicídios no fim de semana em São Luís

A maioria dos homicídios foi praticado por arma de fogo. Duas mortes foram por espancamento.

SÃO LUÍS - Jeferson Sousa Ribeiro, de 25 anos, morador do bairro São Francisco, foi assassinado com um tiro no tórax, no sábado (15), no bairro Vila Sarney Filho II, no município de Paço do Lumiar, quando visitava o irmão. A vítima foi alvejada na rua 16, mas caiu em uma residência na 2ª Travessa da Rua 15, para onde fugiu tentando escapar da morte. Segundo a Polícia Militar, o jovem pode ter sido morto por engano. Tancreudes Duarte Gonçalves, de 29 anos, morador da avenida José Sarney, no bairro da Camboa, também foi assassinado por arma de fogo.
No início da madrugada de domingo (16), foi assassinado Genilson Serra Melo, de 31 anos, morador da rua Paulo Kruger de Oliveira, bairro de Fátima. Ele estava internado no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), onde não resistiu a quatro tiros. O crime será investigado no 2º Distrito Policial (João Paulo).
No início da manhã (16), às 7h, foi registrada a entrada na sala de necropsia o corpo de Izaquiel da Silva Serrão, de 20 anos, morador da rua 2 de Maio, bairro Vila Embratel. De acordo com a PM, a vítima foi ferida com vários golpes de faca e também estava internada no Socorrão I, onde morreu ainda durante a madrugada.
Espancamento
No mesmo horário, era anotada no livro do IML uma morte por espancamento. A vítima foi Luis Felipe Matos Cardoso, de 28 anos. Ele morava na Via Local, quadra 119, no bairro Parque Vitória. A motivação e a circunstância do crime não foram informadas pela Polícia Civil, que deve investigar o caso por meio do 20º Distrito Policial (Parque Vitória). Valterli Araújo da Silva, de 29 anos, morador do bairro Santa Clara, foi morto a pauladas.
Quarenta minutos depois, o corpo de Flor de Lys Leite Oliveira, de 33 anos deu entrada. Ela era moradora da 2ª Travessa da Rua do Porto, no bairro Anil, e morreu no centro cirúrgico do Socorrão I, depois de ser alvejada a tiros. O crime será investigado no 6º Distrito Policial (Cohab), a partir de hoje. Além dos homicídios, o IML registrou as mortes de duas pessoas, vítimas de acidentes de trânsito ocorridos em cidades do interior do Maranhão, no fim de semana.
Também foram assassinados por arma de fogo: Diogo Cruz da Silva, 25 anos, morador da Travessa Bom Jesus, na Divinéia; Glaydson Souza Ribeiro, de 25 anos, morador da Vila Sarney Filho; e Joaquim Oliveira Frazão, morador do Alto do Calhau.

Campanha quer reduzir acidentes de trânsito no fim de ano e Carnaval

A ação faz parte do Parada - Um Pacto pela Vida, lançado pelo governo brasileiro.

Foto: Arquivo/Biné Morais/O Estado
RIO DE JANEIRO - O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, participou neste sábado (15) de uma blitz no Trevo das Margaridas, no início da Via Dutra, marcando o início da ação integrada que visa a reduzir o número de acidentes de trânsito nas rodovias federais, entre os dias 15 de dezembro de 2012 e 13 de fevereiro do próximo ano. No período que abrange as festas de final de ano e o Carnaval, o número de vítimas de acidentes nas estradas costuma aumentar de forma considerável.
A Operação Integrada Parada-Rodovida terá ações de conscientização e fiscalização desenvolvidas pelos ministérios das Cidades, Saúde, Justiça e Transportes. A ação faz parte do Parada - Um Pacto pela Vida, lançado pelo governo brasileiro em resposta à decisão da Organização das Nações Unidas (ONU) de reduzir em 50% o número de mortes no trânsito no mundo, durante a década de 2011 a 2020.
O ministro das Cidades disse que a operação mostra o respeito que o governo brasileiro tem à vida. "É uma sinalização muito clara de que nós queremos reduzir esses acidentes, queremos mudar essa realidade de vermos muitos brasileiros perdendo a vida em um momento de congraçamento que é o fim do ano, que deve ser um momento de celebração das famílias e a gente não quer ver festa virar tragédia."
Para Ribeiro, as pessoas precisam ter um comportamento mais maduro, de responsabilidade, de prudência, de entender que cada segundo pode ser fatal. "O que nós queremos mostrar [com a campanha] é que uma vida vale muito. Você não pode ter a irresponsabilidade de beber e pegar um carro para conduzir a sua família, seus parentes, as pessoas que você mais ama, ou ser um instrumento de destruição de outras famílias que você não conhece, mas que, ao dirigir um carro alcoolizado, você certamente está pondo em risco."
O ministro destacou que o pacto para redução de acidentes nas estradas segue durante os anos de 2013 e 2014. Aguinaldo Ribeiro disse que o número de acidentes nas estradas registrou uma redução de 18% no ano passado em relação a 2010. Já o número de mortes diminuiu 27,5% no mesmo período.
Durante a cerimônia na Via Dutra, o ministro Aguinaldo Silva fez a entrega de um milhão de bafômetros doados ao governo federal pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros e pela Federação Nacional das Empresas de Seguros para serem usados nas ações nas estradas.
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fará operações nos pontos mais críticos das rodovias brasileiras. Nesses locais foram registrados 27,6% dos acidentes e 11% das mortes que aconteceram de janeiro a setembro de 2012.
O índice de gravidade, que classifica os trechos críticos, é baseado em estudos realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e a PRF. O foco principal das ações será no combate à embriaguez ao volante e na fiscalização de motociclistas. A Polícia Rodoviária Federal, também, ampliará a fiscalização de excesso de velocidade e ultrapassagens em locais proibidos.
O Ministério da Saúde vai intensificar as ações do projeto Vida no Trânsito em todas as capitais e também em Campinas e Guarulhos, em São Paulo. O projeto unifica o sistema de informação sobre acidentes no trânsito para qualificar os dados com a finalidade de detectar os principais problemas e elaborar políticas públicas mais eficientes. O banco de dados do projeto reúne informações sobre acidentes de trânsito e vítimas - como feridos graves e mortes.
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), órgão do Ministério dos Transportes, tem em operação nas rodovias federais 1.180 equipamentos eletrônicos controladores de velocidade como barreiras eletrônicas, pardais, controle de avanço de sinais, parada sobre a faixa e controle de velocidade. A previsão é fechar o ano de 2012 com 1.650 equipamentos em operação e ampliar esse número para 2.696, em 2013.

Vitória do Corinthians domina redes sociais em São Luís

A vitória do ‘timão’ sobre o Chelsea dominou as redes, como o Twitter e o Facebook.

SÃO LUÍS – Não foi só a vitória em campo que o Corinthians garantiu na final do Mundial de Clubes contra o Chelsea. O ‘timão’ também dominou as redes sociais, ficando entre as primeiras posições dos assuntos mais falados no Trending Topics de São Luís e do restante do Brasil.

'As imagens denotam certa arbitrariedade', diz superintendente

Sebastião Uchôa comenta caso de agressão policial. Processo tramita em esfera administrativa.

Foto: Arquivo/Imirante
SÃO LUÍS – Um caso de agressão policial, que terminou com a vítima condenada a pagar multa para o agressor, acontecido no bairro Ponta d'Areia, em São Luís, foi destaque na edição desse domingo (16) do programa Fantástico, da Rede Globo. O caso aconteceu no dia 15 de julho de 2011. Os policiais desceram do carro em uma rua interditada ao tráfego por funcionários da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), que estavam trabalhando no local. Sem poder avançar, a equipe formada pelo delegado Alberto Castelo Branco e dois investigadores decidiu levar o operário, José Raimundo Ribeiro Pires, de 45 anos, preso por desacato. As imagens foram feitas pela turista paulista Gisiela Góis, que estava em um apartamento em frente ao local da agressão – relembre o caso.
Um ano e meio após o fato, delegado e investigadores não receberam qualquer tipo de punição. No relatório interno da Polícia Civil, a conduta chega a ser elogiada e colocada como exemplo de atuação. Quem aparece como agressor é o funcionário da companhia de água, José Raimundo Pires. Segundo a atual delegada geral, Maria Cristiana Menezes, que assina o relatório e, na época, era da Corregedoria da Polícia Civil do Maranhão. Ela afirma que os exames de corpo de delito não comprovaram qualquer tipo de agressão ou lesão.
O caso, também, foi parar na Justiça. O delegado abriu processo contra o operário, se dizendo vítima de agressão. Na versão do delegado Alberto Castelo Branco, o operário teria jogado uma mangueira nele. A Justiça determinou que o operário pagasse multa de R$ 200 e o processo foi encerrado. O delegado não quis gravar entrevista com a equipe do Fantástico.
Esfera administrativa
Em entrevista ao Imirante no início da manhã desta segunda-feira (17), o superintendente de Polícia Civil da capital, Sebastião Uchôa, disse que a sindicância continua tramitando em esfera administrativa. "Acho fundamental ficar esclarecido que a absolvição do delegado Castelo Branco no processo criminal por abuso de autoridade deu pela extinção do processo em razão de haver uma litispendência, ou seja, como o delegado moveu uma ação por lesão corporal contra o operário, e o juiz entendeu que causou lesão ao delegado, foi feita uma transação penal, foi ofertada uma quantia em dinheiro, o delegado aceitou, R$ 400, que foram convertidos a R$ 200 em duas vezes, e essa transação penal termina com o juiz entendendo que, na parte de abuso de autoridade, como foi o mesmo fato, teve efeito. Então, para evitar dois julgamentos distintos, ele pegou aquela ação penal, repercutiu no abuso de autoridade e extinguiu o processo por abuso de autoridade. Mas, na esfera administrativa, continua tramitando o processo disciplinar", afirmou. Ele explica que, como é relator do processo, não pode fazer pré-julgamentos. "Não existe uma absolvição da conduta dele, ainda. O que existe é a esfera criminal que, ainda, não teve reflexo na esfera administrativa", completa.
O superintendente explica que o vídeo servirá para complementar toda a investigação, mas não será a principal prova. "Em tese, sim. Em tese, não. Porque o vídeo mostra as imagens, e o que está por trás das imagens é o fato em sua totalidade. O fato é provado por meio de testemunhos, declarações da vítima, laudos, etc. Por exemplo, existem laudos comprovando que o operário, realmente, lesionou o delegado, e não existe laudo comprovando que o operário foi lesionado", sustenta.
Arbitrariedade
Uchôa diz, ainda, que a ação é correta, desde que não haja arbitrariedade. "Se há uma recalcitrância de uma ordem legal e uma desobediência, um desacato, não tenho a menor dúvida que o Estado tem que usar da força, mas da força moderada, não da força arbitrária. Então, veja bem, o delegado já estava lesionado no dedo e, ao mesmo tempo, houve uma discussão de ordem verbal. Demonstrou-se uma resistência a uma ordem legal e uma desobediência e, ao mesmo tempo, um desacato. Então, me parece que, ali, foi necessário o uso da força. Agora, o uso da força moderada, não arbitrária. As imagens denotam certa arbitrariedade. Demonstram isso, mas os detalhes é que vão formar a convicção", finaliza o superintendente.