terça-feira, 11 de setembro de 2012

Seis mil ingressos são distribuídos em menos de uma hora no estádio Nhozinho Santos




Torcedores compareceram em grande número aos estádios Castelão (foto) e Nhozinho Santos à procura dos ingressos. (Reprodução/Bruno Alves)
Torcedores compareceram em grande número aos estádios Castelão (foto) e Nhozinho Santos à procura dos ingressos.
Menos de uma hora foi o tempo necessário para que seis mil ingressos do total disponibilizado nas bilheterias do estádio Nhozinho Santos, fossem distruídos. Após atingir esse total, a distribuição foi suspensa por conta da multidão que compareceu às bilheterias do Nhozinho Santos. As entradas são para o jogo entre Sampaio Corrêa e Vilhena-RO, que acontece nesta quarta-feira (12), no estádio Castelão.

Uma verdadeira multidão compareceu às bilheterias dos estádios Castelão e Nhozinho Santos, desde as primeiras horas desta terça-feira (11). As centenas de pessoas foram em busca dos ingressos para o jogo, que vale uma vaga nas quartas-de-final da Série D do Campeonato Brasileiro e também marcará a reinauguração do estádio Castelão, após mais de sete anos fechado por conta de problemas na estrutura.

Os ingressos estão sendo distribuídas pela Secretaria de Estado de esporte e Lazer (Sedel). Cada pessoa pode adquirir até dois ingressos.

Apesar do grande número de pessoas que compareceram aos locais de distruibuição dos ingressos, as primeiras informações dão conta de que nenhuma confusão com maiores consequências foi registrada.

Caminhoneiro é preso ao assustar motoristas com máscara para abrir passagem

O condutor de um caminhão cegonha foi preso em flagrante neste fim de semana, em Amélia Rodrigues (BA), depois de percorrer a BR-324 empurrando os outros veículos para fora da pista. O caminhoneiro, que havia saído de Camaçari, também na Bahia, com destino a São Paulo, usava uma máscara com a figura do diabo, que causou pânico entre motoristas.

Depois de ser denunciado por diversos motoristas, o condutor foi detido no km 550 e encaminhado à polícia judiciária local. Ele afirmou que pretendia apenas assustar as pessoas, mas foi autuado por direção perigosa. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal da Bahia, 34% dos acidentes em rodovias do País envolvem caminhões.

Pane na Embratel apaga fixos e internet no Maranhão

Desde as onze horas desta terça-feira, 11, todo o estado do Maranhão esteve quase seis horas sem nenhuma comunicação em virtude de problemas técnicos causados no interior da Empresa Brasileira de Telecomunicações (Embratel).

Segundo informações da equipe que presta serviços ao público em geral, apesar dos técnicos ainda não terem detectado qual o principal motivo da pane no sistema nesta manhã, eles acreditam que o problema mais provável tenha sido um rompimento da fibra ótica que fica localizada na Central.

A Embratel acrescentou ainda que todos os telefones fixos que começam com o número "9" estavam sem comunicação de voz ou dados; isto quer dizer que ninguém pôde originar ou receber ligações, e muito menos acessar a internet.

Via Expressa é aprovada pelos motoristas de São Luís

A primeira parte da Via Expressa, inaugurada pela governadora Roseana Sarney, no sábado (8), está facilitando a vida da população de São Luís, principalmente a dos condutores que precisam se deslocar com mais rapidez do Jaracati aos bairros Cohafuma e Vinhais, ou vice-versa. A via permite trânsito rápido, tem seis faixas, sendo duas exclusivas para ônibus, e ciclovia, e foi aprovada pelos motoristas.
Ontem (10), primeiro dia útil após a inauguração da avenida, o tráfego fluía com rapidez e tranquilidade. Para os condutores, o trabalho do governo do Estado ainda deu uma nova cara àquele trecho da cidade, bem como ares de modernidade à capital maranhense.
Foto: Antônio Martins
Trecho da Via Expressa, que foi entregue no aniversário de São Luís
O técnico em planejamento Denis Eduardo Costa, por exemplo, disse que agora não está mais enfrentando o problema dos engarrafamentos no trecho da Avenida Jerônimo de Albuquerque, próximo ao Cohafuma. “Hoje, a situação mudou bastante, pois cheguei muito mais rápido e não enfrentei engarrafamento, pois na Via Expressa a fluidez está ótima. Achei excelente”, disse Denis Eduardo Costa.
Outro condutor, Carlos Eduardo Fernandes também aprovou a obra após trafegar pela nova via. Ele disse que gastou menos tempo para chegar ao bairro Vinhais, partindo do Centro, e ainda, que gostou da geometria da via, que é bem mais larga do que as outras.
“Ficou ótimo e, em minha opinião, vai facilitar bastante a vida de quem dirige em São Luís, pois o trânsito na cidade está caótico e quanto mais avenidas nós tivermos, bem melhor ficará. A frota está cada vez maior e já não era sem tempo de termos uma avenida como essa, pois São Luís está se modernizando”, disse Carlos Eduardo Costa.
A primeira etapa da Via Expressa tem 2 km de extensão e liga a Avenida Carlos Cunha, no Jaracati, ao bairro Cohafuma, interligando a Avenida Jerônimo de Albuquerque. Na segunda etapa da obra, a via será ampliada, somando 9 km, indo do Cohafuma até o Maranhão Novo.
“Depois de concluída a segunda etapa, o trânsito vai ficar ainda melhor, diminuindo os engarrafamentos e aí teremos a dimensão exata do projeto, como ele foi concebido”, opinou o professor Hernandes Barbosa.
A previsão é que o trabalho seja concluído por completo até o fim de dezembro. A interligação dos bairros Jaracati, Cohafuma, Vinhais e Maranhão Novo se dará por meio de alças acopladas às vias já existentes, que foram restauradas para a garantia de melhor fluxo de veículos, beneficiando mais de 20 bairros e 300 mil habitantes.

Pai e filha de 4 anos morrem em trágico acidente em Campo de Perizes

Mais uma tragédia foi registrada na altura de Campo de Perizes na manhã desta segunda-feira (10). O acidente aconteceu no km-29 da BR-135 envolvendo um veículo Celta e uma caçamba.
(Foto: Reprodução/GI)
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o veículo Celta saía de São Luís com destino a Pindaré-Mirim quando uma caçamba invadiu a pista colidindo de frente com o automóvel.
No Celta onde estavam o professor Alexsandro de 29 anos, a esposa Natalia de 27 anos e a filha de 4 anos, o pai e a criança morreram na hora. A esposa da vítima foi socorrida com vida e levada para o Hospital Socorrão II em São Luís com ferimentos graves na cabeça.