sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Sistema de bilhetagem automática pode ser paralisado

Por falta de pagemento empresa Dataprom ameaça contrato com a Prefeitura.
 
O Sistema de Bilhetagem Automática pode ser interrompido a partir de hoje por causa do débito superior a R$ 1 milhão que a Prefeitura de São Luís tem com a Dataprom - empresa paranaense responsável pela gestão do sistema na cidade. Caso isso ocorra, aproximadamente 600 mil usuários do sistema de transporte coletivo da capital serão prejudicados e não poderão utilizar os cartões estudantis ou vales-transportes para efetuar o pagamento das tarifas em coletivos, por tempo indeterminado.
De acordo com um dos diretores da empresa, Cláudio Barbosa, a Prefeitura tem um débito de cinco meses com a Dataprom e por isso a empresa ameaça quebrar o contrato de manutenção que tem com o Município e interromper o funcionamento do sistema até que a dívida seja paga.

Secretário entrega viaturas a quartéis do CBMMA de Pinheiro e Caxias

O secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, fez a entrega de duas viaturas, orçadas em R$ 970 mil, ao Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), em solenidade na manhã desta quinta-feira (22), no quartel do Bacanga. Os veículos entregues dispõem do que há de mais moderno no setor de combate a incêndio e serão destinados ao 5º Grupamento Bombeiro Militar (GBM), sediado em Caxias, e ao 8º GBM, em Pinheiro.
Presentes o comandante geral do CBMMA, coronel Marcos Sousa Paiva; o subcomandante Lauro de Jesus Ribeiro de Melo; secretário adjunto da SSP, Laercio Costa; e o deputado estadual Roberto Costa, representando o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo. Na ocasião, o coronel Marcos Paiva agradeceu o empenho do secretário. “Tenho sido testemunha da sensibilidade do secretário Aluisio Mendes em relação à nossa corporação. Desde que assumiu o comando da SSP, não tem medido esforços para adotar ações em benefício do CBMMA”, afirmou.
O secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, fez a entrega de duas viaturas
“São mais dois veículos, equipados com moderna tecnologia, para o combate ao fogo no interior do estado”, declarou o secretário Aluisio Mendes. Logo após a solenidade, que teve o capitão Joseilson Leite, no comando da tropa e o tenente Alan Jorge Costa, regendo a banda de música, os veículos seguiram para as unidades no interior.
O secretário declarou que, ainda este mês, serão entregues mais equipamentos ao Corpo de Bombeiros, entre eles, sete pick-up L-200 Triton. “O CBMMA receberá mais uma auto escada Magirus, de fabricação alemã, adquirida por mais de R$ 4 milhões, que será entregue ao 3º GBM, em Imperatriz”, ressaltou. De acordo com Mendes, no ano que vem, outra escada mecânica para utilização em cidades históricas, também será entregue à corporação.
Mais investimentos
Na solenidade, Aluísio Mendes também anunciou mais investimentos para o CBMMA no ano de 2013. Estão previstos recursos da ordem de R$ 27 milhões, sendo R$ 18 milhões para a aquisição de equipamentos e R$ 9 milhões para a construção de novas unidades, reforma e aquisição de equipamentos individuais. “O Governo do Estado, com essas medidas, comprova sua preocupação com o bem estar de toda a população”, ressaltou.
Mendes tratou, ainda, sobre o aumento do efetivo. No concurso público em andamento 150 vagas serão destinadas ao CBMMA. “Vamos aumentar o número de homens e melhorar também as condições de trabalho. São ações de suma importância, tanto para a corporação quando para a comunidade”, finalizou Mendes.

PF prende ex-prefeita maranhense

Uma equipe de policiais federais da Superintendência Regional da PF no Maranhão localizou e prendeu, por volta das 8h da manhã de ontem (22), em Teresina/PI, a ex-prefeita do município de Santo Antônio dos Lopes/MA, Alzira Barros de Melo, de 70 anos. Ela administrou o município de 1989 a 1992. A ex-prefeita foi presa em cumprimento a mandados de prisão expedidos pela 1ª e 2ª Varas Criminais da Justiça Federal em São Luís.
Na 2ª Vara, a ex-prefeita não foi localizada para responder a processo criminal movido pelo Ministério Público Federal que, então, requereu sua prisão preventiva com fundamento na conveniência da instrução criminal e para assegurar a aplicação da lei penal.
Na 1ª Vara, foi condenada a uma pena de 8 anos e 4 meses de prisão pelo crime de responsabilidade (art. 1º, inciso I do Decreto-Lei nº 201/67) por apropriação/desvio de recursos públicos durante seu mandato (1989 a 1992), provenientes de convênios firmados com o extinto Ministério do Interior para a construção de um terminal rodoviário no município, e com o Ministério da Educação e do Desporto para a construção de unidade visando à melhoria nas condições da rede escolar municipal de ensino.
Trata-se da terceira prisão de ex-prefeitos realizada pela Polícia Federal no Maranhão nos últimos dez dias em virtude de condenação da Justiça Federal. A presa será encaminhada ao Presídio Feminino de Teresina/PI, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.

Escola pública do Maranhão têm a pior nota do Enem

O Ministério da Educação divulgou, na tarde desta quinta-feira (22), as notas por escola do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) realizado no ano passado. O Maranhão se destacou negativamente por ter três escolas entre as cinco de menor nota do país: em São Domingos do Azeitão, Olinda Nova do Maranhão e Centro Novo do Maranhão. Entre elas está a que obteve o menor desempenho, o Centro Educacional Aquiles Lisboa, em São Domingos, com média 383,71.
 
Ao todo, foram divulgadas notas de 206 escolas maranhenses das redes de ensino pública e privada. Segundo o levantamento, as notas levam em conta as médias obtidas pelos alunos de cada escola que participaram do Enem em cada uma das quatro provas objetivas (ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e códigos, e matemática), e também na redação.
 
De acordo com o MEC, apenas escolas com mais de 50% de participação e o mínimo de dez alunos foram consideradas, dando um total de 10.076 escolas. Entre as escolas maranhenses o melhor desempenho está nas unidades sediadas em São Luís. Das dez melhores, apenas duas não estão na capital. Em compensação, o pior desempenho do país também está no Maranhão, no Centro Educacional Aquiles Lisboa, em São Domingos do Azeitão, na região sul do Estado, que obteve nota 383,71.
Logo a seguir está uma escola do Piauí e a terceira pior escola avaliada no Enem é anexo 1 do Centro de Ensino José Maria de Araújo, em Olinda Nova do Maranhão, que obteve nota 393,52. A quinta pior colocação no país entre escolas públicas e privadas ficou com o Centro de Ensino Maria do Socorro Almeida Ribeiro, localizado em Centro Novo do Maranhão, com nota 394,55.
 
Melhores resultados do Estado

O melhor desempenho no Maranhão entre escolas públicas e privadas foi obtido pelos alunos do Centro de Educacional Montessoriano Reino Infantil, na capital, com nota 643,62. Também em São Luís, a segunda colocação ficou com a Escola Crescimento, com nota 619,80.
 
A seguir apareceram o Colégio Educator (616,16), o Centro de Ensino Upaon-Açu (596,64), o Colégio Dom Bosco (596,01) e o IFMA (587,26), todos em São Luís.
 
O sétimo lugar ficou com o Colégio Marista Araçagi, com sede em São José de Ribamar, com nota 585,31. Outra escola do interior do Estado, o IFMA/Imperatriz, aparece em sétimo, com média 581,90.
 
Fechando a lista dos dez melhores desempenhos do Enem no Maranhão estão o Colégio Literato, em São Luís, com nota 576,42 e o Centro de Educação Internacional, média 571,67.
 
Piores resultados
 
Os piores desempenhos do Enem 2011 no Maranhão aconteceram em sua maior parte em escolas do interior. A escola pública Professora Leda Tajra, em Buriti Bravo, obteve média de 407,75, ficando em 197º lugar.
Já o CE Luís Cheivan, em Governador Luiz Rocha, ficou na 198ª posição, com média de 407,69. Logo depois está uma escola de São Luís, CE Professor Solano Rodrigues (406,5), seguido pelo segundo anexo do CE Nicolau Dino, em Grajaú, com nota 402,37.
 
O Centro de Ensino José Maria de Araújo, em Olinda Nova do Maranhão, ficou em 201º lugar, com 400,46. Depois aparecem o CE Lucas Coelho (397,20), em Benedito Leite; o CE Profª Leda Tajra – anexo Juçara (396,54), de Buriti Bravo; o CE Maria do Socorro Almeida Ribeiro (394,55), em Centro Novo do Maranhão; o primeiro anexo do CE José Maria de Araújo (393,52), em Nova Olinda do Maranhão e o CE Aquiles Lisboa (383,71), em São Domingos do Azeitão.
 
A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informou que uma equipe técnica está analisando o desempenho das escolas estaduais no Exame.
 

250 litros de agrotóxicos são apreendidos em São Raimundo das Mangabeiras

Fiscais da Unidade Regional da Agência Agropecuária do Estado do Maranhão (Aged) em Balsas, no sul do estado, apreenderam esta semana cerca de 250 litros de agrotóxicos e 76 frascos de raticidas ilegais - o popular "chumbinho", durante fiscalização realizada no município de São Raimundo das Mangabeiras. Os agrotóxicos estavam sendo comercializados em supermercados e mercearias do município.

A operação realizada pela Aged, órgão vinculado a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), contou com o apoio da Polícia Militar. Os produtos agrotóxicos foram encontrados pelos fiscais estaduais agropecuários Diego do Amaral Sampaio e Eugênio Pacelli Pinto Pires, e pela a equipe de policiais militares, dentro de depósitos de duas mercearias e um supermercado local, junto com alimentos que iriam ser comercializados para a população.
 
Os produtos não tinham nota fiscal que comprovasse a legalidade da origem e os estabelecimentos comerciais não possuíam registro na Aged, autorizando-os a comercializarem agrotóxicos, como determina a legislação vigente. "Durante a operação, o maior volume que encontramos foi 200 litros de agrotóxicos sem comprovação, armazenados de forma totalmente irregular, na sala de jantar de uma residência do município", denunciou o chefe da Unidade Regional da Aged em Balsas, Diego Sampaio.

A operação foi resultado de denúncias anônimas feitas pela população local sobre a venda irregular de agrotóxicos em supermercados e mercearias em municípios da região sul do estado. "Fizemos um levantamento dos endereços dos possíveis supermercados e mercearias que estariam vendendo os agrotóxicos e com o auxílio da Polícia Militar deflagramos a operação, com o objetivo de combater o comércio irregular na região", explicou o fiscal agropecuário Eugênio Pires.

Os proprietários dos estabelecimentos comerciais onde foram encontrados os agrotóxicos clandestinos foram autuados e responderão a processo administrativo na Aged. Além disso, foram multados em R$ 2.128,00, cada um.

Segundo Diego Sampaio, a Aged já notificou os fabricantes dos produtos apreendidos para que providenciem a coleta do material em Balsas no prazo de até 150 dias. A carga irregular deverá ser transportada até São Paulo, onde será incinerada em equipamento adequado, como determina a legislação federal. "Por enquanto, a carga está armazenada em uma revenda autorizada pela Aged, que assumiu o compromisso de ser fiel depositário até a chegada do transporte da carga até o local de incineração", completou Diego Sampaio.

Polícia deflagra operação durante a madrugada no interior do MA

Cerca de 70 policiais deflagraram na madrugada desta sexta-feira (23) uma mega operação nos municípios de Cedral e Cururupu com o objetivo de combater o tráfico de drogas nas regiões.
 
A polícia ainda não divulgou quantos mandados de prisões e apreensões estão cumprindo no decorrer da operação.