quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Médicos suspendem atendimento de sete planos no Maranhão

Médicos de planos de saúde de quase todo o país iniciam uma greve de 15 dias a partir desta quarta-feira (10) em defesa de reajuste médio de 50% na tabela de serviços e o fim do que chamam "intervenções antiéticas" que as operadoras estariam exercendo sobre os profissionais para baixar os custos dos tratamentos em prejuízo dos pacientes.
Os serviços de urgência e emergência não serão afetados, mas as consultas e a chamada assistência eletiva, mesmo marcadas com meses de antecedência, podem ser reagendadas para depois da greve.
No Maranhão, a paralisação atingirá os planos Geap, Unimed São Luís, Hapvida, Unihosp, Bradesco, Commed e Multiclínicas.
Em sete Estados (Acre, Amazonas, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Piauí, Rio Grande do Norte e Rondônia), a paralisação atingirá todos os convênios.
Por consulta, o médico recebe das operadoras em média R$ 45. A proposta da categoria é que os valores sejam fixados entre R$ 60 e R$ 80, conforme a complexidade da área.
A categoria pede também a criação de um indexador que permita o reajuste da tabela de serviços com a mesma periodicidade do aumento na mensalidade dos usuários. Eles exigem ainda o fim das intervenções das operadoras na autonomia da relação médico-paciente, além do estabelecimento de sistema de contrato com o mínimo de garantias aos profissionais.

Mulheres morrem atropelas em Rosário

Duas pessoas morreram atropeladas por volta das 19h desta terça-feira (09) por um veículo Saveiro de cor preta no km-4 da BR-402 no município de Rosário. As duas vítimas eram mulheres.
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou nas últimas horas 13 acidentes com três feridos e nove apenas com danos materiais.

Disque denúncia divulga retrato falado do assassino de secretário municipal

O Disque Denúncia Maranhão, divulga na tarde desta terça-feira (09) o retrato falado do suspeito do homicídio do Secretário de Indústria e Comércio do município de Santa Luzia do Tide. O crime ocorreu na tarde do último dia 27 de setembro, quando a vitima estava na frente de sua residência, localizada na Avenida Newton Belo, Centro.


O secretário foi alvejado com dois tiros por um homem que fugiu na garupa de uma motocicleta. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada do município.


Qualquer informação sobre este caso deve ser repassada ao Disque Denúncia Maranhão [3223 5800 - capital e 0300 313 5800 - interior], o serviço funciona 24 horas e não é necessário se identificar.

Produção da safra de arroz cai 37,1% no Maranhão, diz IBGE

          
 
Com a queda de 37,1% na safra do arroz, o Maranhão fica em 4º lugar na produção do grão no país.  (Polo Naval/divulgação)
Com a queda de 37,1% na safra do arroz, o Maranhão fica em 4º lugar na produção do grão no país.
A nova estimativa da safra agrícola 2012/13, divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), confirma uma produção este ano inferior à colheita de 2011.

A redução será de 1,3%, aparecendo o arroz com a queda mais significativa, 37,1%, tirando o estado da terceira posição de maior produtor do grão e colocando-o, na quarta, atrás do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso.

No levantamento do IBGE foram analisados os desempenhos de oito culturas, e destas apresentam desempenho positivo algodão, milho, soja e cana-de-açúcar, enquanto arroz, feijão, laranja e mandioca devem ter produção menor que a safra anterior.

Observa-se ainda nesta projeção que, apesar da queda na comparação com o ano anterior, houve uma melhora comparação à estimativa divulgada em agosto.

De acordo com o IBGE, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas, no Maranhão, será de 2.968.079 toneladas, enquanto na safra anterior foram 3.006.232 toneladas. A projeção feita em agosto indicava uma produção de 2.948.749.

A queda na produção está diretamente relacionada com questões climáticas, já que a área plantada este ano (1.527.991 hectares) foi maior que a de 2011 (1.488.306 hectares).

Câmara não tem estrutura para abrigar novos vereadores

As obras para adequação do plenário e dos novos gabinetes não iniciaram.
.
Como paliativo para reestruturar o parlamento municipal, o chefe do Legislativo adiantou que terá de retirar os gabinetes dos vereadores José Joaquim (PSDB) e Barbosa Lages (PDT), que ficam separados da galeria e do comitê de imprensa da Casa apenas por uma parede de gesso. Com a modificação, esta parede será derrubada, proporcionando mais espaço para abrigar os novos membros da Câmara.

Máquinas para obras na BR-135 chegam 3ª-feira

A operação dos equipamentos marcará nova etapa dos serviços, iniciados com a medição topográfica e montagem do canteiro.
 
A Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes

Homem é achado morto dentro de poço no Porto de Mocajituba

Foi encontrado por populares, na manhã de ontem, dentro de um poço nas proximidades do Porto do Mocajituba, na localidade Itapera da Maioba, o corpo de João Evangelista Santos Cardoso, de 22 anos. A vítima foi morta com uma facada na garganta.
De acordo com informações colhidas pela polícia com a família da vítima, João Evangelista estava ingerindo bebida alcoólica, no Bar do Macaco, com um homem não identificado, durante a última segunda-feira (8). Ainda segundo familiares, há alguns dias, João Evangelista tinha sido ameaçado de morte por um homem de nome Gilber, conhecido como “Cheira-Cheira”.
Foto: G. Ferreira
João Evangelista foi assassinado e jogado dentro do poço
João Evangelista era morador da Avenida 2, s/n, no Residencial Pirâmide, em Paço do Lumiar. Uma equipe do Corpo de Bombeiros precisou ser chamada para ajudar na remoção do corpo, jogado no poço onde também foi encontrada uma garrafa de cachaça que a vítima havia comprado.
Em Caxias – Também foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), às 7h10 de ontem, o corpo de Domingos Cantanhede Santos, de 17 anos. Ele era morador da Avenida Ivar Saldanha, s/n, Centro Grande, em Caxias, e foi trazido para o Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão 1, mas não resistiu aos ferimentos feitos com o uso de arma branca.
Acidente de Trânsito – Vítima de um acidente de trânsito chegou ao IML, às 9h40, de segunda-feira, o corpo de Marcone Laerte Souza e Silva, de 32 anos. Marcone estava internado no Hospital Socorrão 1, mas não resistiu aos ferimentos. Ele resida na Rua 19, quadra 32, nº 11, Vila Embratel.

Homem é baleado após resultado de eleição em Bom Jesus das Selvas

Em Bom Jesus das Selvas, no sudoeste do Estado, a 466 quilômetros de São Luís, um homem foi ferido com um tiro durante a comemoração do resultado da eleição no município.
Depois do resultado da votação, o clima na cidade ficou tenso. Um rapaz que comemorava o resultado da disputa eleitoral foi ferido à bala na cabeça. O jovem, que trabalhava como motorista da prefeita eleita, Cristiane Damião, foi levado para Imperatriz em estado grave. Três pessoas foram detidas, ouvidas e liberadas.
A polícia identificou o homem que teria feito os disparos como Antonio Carlos, conhecido por Pelé, segurança do atual prefeito da cidade. De acordo com o delegado, a comemoração da vítima foi o motivo da briga entre os dois. “Ele [a vítima], comemorando a vitória da candidata Cristiane, juntamente com outro companheiro, pegou uma moto, amarrou um caixão na garupa e saíram os dois desfilando pela cidade. Nessas passagens, ele passou pela porta da casa do prefeito. O ‘Pelé’ estava na porta da casa do prefeito e o advertiu para que não agisse daquela natureza, que não comemorasse a vitória daquela forma, motivo o qual gerou uma discussão entre eles”, detalhou o delegado José Roberto Mendes.
Três pessoas suspeitas de dar fuga ao homem que teria feito os disparos foram detidas no bairro Industrial de Açailândia, horas depois. Entre elas, dois professores. A família do rapaz ferido diz que ele já vinha sofrendo ameaças desde o domingo da eleição. “Ele foi diversas vezes ameaçado. Entrou três mensagens no celular dele, dizendo que iam matar ele hoje. Foram três tiros, um na cabeça, outro no tórax e outro no braço”, contou Antonio Gomes da Silva, pai da vítima.
Bom Jesus das Selvas foi um dos municípios da região a contar com a presença de tropas federais para garantir a segurança no dia da votação. Depois da confusão, o comando da polícia militar reforçou a segurança na cidade. “Nós deslocamos as duas forças táticas para o local e nesses próximos dias estaremos reforçando a segurança.Nós já reestabelecemos a ordem aqui na cidade, dispersamos algumas pessoas e estamos, também, trabalhando com a polícia civil nas investigações para elucidar o fato”, afirma o major Eurico Mendes.
O prefeito de Bom Jesus das Selvas já foi ouvido na delegacia e disse, em depoimento, que não orientou seus funcionários a responder com qualquer tipo de violência às manifestações.

Candidato a vice-prefeito é preso com armas e drogas em Jenipapo dos Vieiras

A manhã de ontem (9) foi marcada por mais uma manifestação, tendo como motivo a insatisfação com os resultados das eleições municipais de domingo. Desta vez, o município que serviu de palco para o protesto foi Jenipapo dos Vieiras, onde populares e indígenas bloquearam a BR-226, na altura do povoado Santa Maria.
De acordo com a polícia, o movimento foi incentivado pelo candidato a vice-prefeito do município Osvaldo Amorim Soares, de 44 anos, filiado ao Partido Republicano Brasileiro (PRB) e que foi derrotado no pleito de domingo. Ele foi preso e autuado por porte ilegal de armas e tráfico de drogas, pelo fato de em sua casa ter sido apreendida uma grande quantidade de armas e drogas.
De acordo com o delegado regional de Barra do Corda, Alexsandro Passos Dias, a manifestação começou por volta das 9h, quando o candidato a vice e outros militantes do seu partido incentivaram os índios da região a bloquear a rodovia. Ao ser comunicada do ocorrido, a Secretaria de Segurança enviou policiais civis e militares ao local para conter a situação.
Foto: Divulgação
Farto armamento e munição apreendida na casa do candidato, em Jenipapo dos Vieira
O delegado Alexsandro Dias informou que, durante a chegada dos policiais, houve muita correria e foi percebido que algumas pessoas estavam armadas. Foi iniciada, como disse o delegado, a perseguição aos suspeitos e durante a prisão deles aconteceu a localização do arsenal pertencente a Osvaldo Soares.
As armas, segundo Alexsandro Dias, estavam numa casa do candidato localizada no povoado Santa Maria. Foram apreendidas nove armas brancas, entre facas e facões; seis revólveres, seis espingardas, uma pistola calibre 380, uma escopeta, 36 balas de diferentes calibres, 26 cartuchos e um carregador de pistola. Foram encontrados também quase 3 kg de maconha.
A operação que conteve a manifestação e resultou na prisão do candidato contou com a participação de 40 policiais militares e civis, coordenados pelo major Antônio Markus da Silva, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar, de Barra do Corda. Além de Osvaldo Soares, foram presos quatro moradores, portando armas de fogo: Antônio José da Silva Costa, João Batista Filho, Francisco Flávio Nazareno de Sousa e Paulo Guajajara.
O delegado Alexsandro Dias afirmou que os cinco presos foram autuados em flagrante por incentivo à desordem pública, porte ilegal de armas, tráfico de drogas e formação de milícias. Dias contou ainda que havia boatos de que os manifestantes pretendiam atear fogo na Prefeitura e na Câmara de Vereadores, mas apenas bloquearam a BR.

BR-226 é liberado após prisão de populares

Por volta das 14h30 desta terça-feira (9), o trecho da BR-226, próximo à cidade de Jenipapo das Vieiras, que havia sido interditado por populares desde a manhã, foi liberado.
Segundo a polícia, cinco homens foram presos, entre eles o candidato a vice prefeito do partido PRB, Oswaldo Amorim Soares. Durante a ação policial, 26 armas foram apreendidas na casa do candidato, entre elas, seis revólveres, cinco espingardas, um rifle, sete facas e cinco facões, além de diversas munições. Três quilos de maconha também foram encontrados em poder dos suspeitos.
A rodovia, que dá acesso às cidades de Barra do Corda e Grajaú, havia sido interditada nas proximidades do quilômetro 240, próximo ao povoado Santa Maria, desde as 8h. A interdição teria sido motivada pela insatisfação com o resultado da eleição para prefeito do município de Jenipapo dos Vieiras. Segundo o delegado da região, os suspeitos estão sendo ouvidos e as devidas medidas deverão ser tomadas após os depoimentos.