terça-feira, 18 de junho de 2013

Mulher é suspeita de mandar matar o ex-marido


Um homem identificado como Almir de Sousa Santos foi assassinado durante a madrugada desta segunda-feira (17), no bairro J. Câmara, localizado no município de São José de Ribamar.
A vítima estava chegando em sua residência, quando foi abordado por dois elementos em uma moto. Os homens efetuaram vários disparos e Almir morreu na hora.
Segundo informações preliminares, existe a suspeita de que a ex-mulher da vítima seja a mandante do homicídio.
Outro caso:
No município de Santa Helena, por volta das 8h da manhã do domingo, um homem conhecido como “Preto” foi morto a tiros por um elemento conhecido como “Ribinha”. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Em São Paulo, manifestantes passam a noite no Palácio dos Bandeirantes

Protesto contra o reajuste nas tarifas de transporte público desencadeou uma onda de manifestações em várias capitais do país
Cerca de 50 manifestantes permaneceram durante a madrugada desta terça-feira (18/6) em frente do Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi, Zona Sul de São Paulo, segundo informações publicadas em jornais locais da capital paulista. A Polícia Militar mantém um contingente na área, mas não houve registro de confusão. Por conta da continuidade dessa manifestação há interdição na Avenida Morumbi. A SPTrans informou  que as linhas de ônibus circulam normalmente em todas as regiões da cidade.

O quinto grande ato contra o aumento da tarifa de ônibus feito na capital paulista desencadeou outros protestos em várias cidades do país e reuniu cerca de 60 mil pessoas nesta segunda-feira (17/6). Alguns manifestantes chutaram um dos portões da sede do governo estadual paulista e conseguiram derrubá-lo. A polícia usou gás lacrimogêneo e eles recuaram. O protesto começou por volta das 18h, deixando o trânsito parado em várias vias da cidade, como em trechos das avenidas Brasil, Paulista e Morumbi.

Além de protestos contra o aumento da tarifa de transporte coletivo, que subiu de R$ 3 para R$ 3,20 no começo do mês, houve gritos de ordem e cartazes sobre outras causas e contra políticos, como o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Marco Feliciano (PSC-SP) e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

O Movimento Passe Livre, que coordena os protestos contra o aumento das tarifas de ônibus em São Paulo, convocou a sexta manifestação na capital paulista para a tarde desta terça-feira (18). A concentração está marcada para as 17h na Praça da Sé, no Centro.

Após chegada de Mano, Flamengo rescinde com Renato Abreu

 
RIO DE JANEIRO - No mesmo dia em que Mano Menezes chegou ao Flamengo, um dos principais nomes do time deixou o clube. Renato Abreu teve o contrato rescindido nesta segunda-feira e não chega a trabalhar com o ex-treinador da Seleção Brasileira.
A saída do atleta foi anunciada pelo próprio Rubro-negro através de seu site oficial. O contrato do veterano de 35 anos já estava próximo ao final, já que se encerraria no fim de 2013. Horas depois, a assessoria do jogador afirmou que desconhece os motivos da rescisão que o meia só irá se pronunciar após conversa com os flamenguistas.
Assim, encerra-se a segunda passagem de Renato Abreu pelo Flamengo. O atleta chegou ao clube pela primeira vez em 2005 após defender o Corinthians e ficou até 2007, conquistando uma Copa do Brasil e um Campeonato Carioca.
O meia foi negociado com o Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos, e, após continuar no país para defender o Al-Shabab, retornou ao Mengão em 2010. De lá para cá, conquistou mais um Campeonato Carioca. Além disso, Renato Abreu é o maior artilheiro do clube no século XXI.
Foto: Divulgação / Site oficial do CR Flamengo

Professor de Educação Física morre em acidente de trânsito em São Luís

Diego de Sá morreu em acidente de carro, nesta manhã (17), na Avenida dos Franceses.
SÃO LUÍS - O professor de Educação Física, Diego Brito de Sá, de 30 anos, morreu, no início da manhã desta segunda-feira (17), em acidente na avenida dos Franceses, no bairro da Alemanha, na capital maranhense. Segundo informações, o Pálio de placas OIS - 2468 foi surpreendido por uma Van que vinha na contramão, e bateu em cheio no carro em que a vítima estava como passageiro.
Diego Brito de Sá, de 30 anos, que estava no banco do passageiro, acabou morrendo. Uma criança, que também estava no carro, e o motorista foram levados para um hospital da capital maranhense.
O professor de Educação Física era morador do Caminho da Boiada e participava como integrante da brincadeira carnavalesca Confraria do Copo.

Protesto de moradores deixa MA-203 bloqueada

Tráfego na via ficou impedido durante toda a manhã de ontem por causa de uma manifestação de moradores do bairro Cumbique.
Moradores do bairro Cumbique interditaram, na manhã de ontem, a Avenida Principal da MA-203, no trecho próximo ao farol do Araçagi, no município de Raposa, para protestar por causa da falta de estradas e reivindicar o aumento na frota do transporte coletivo e outras melhorias para a comunidade. Os manifestantes atearam fogo em pneus e troncos de árvores para impedir o tráfego no único acesso ao município. A pista ficou bloqueada até as 11h da manhã até ser liberada pela Polícia Militar, com o apoio do Corpo de Bombeiros.
Segundo Sandro Oliveira, representante da comunidade do bairro Cumbique, os mais prejudicados com a dificuldade na locomoção na área são os pescadores que trabalham diretamente com a retirada e o transporte do caranguejo. De acordo com ele, os pescadores precisam caminhar aproximadamente 4 quilômetros carregando grandes quantidades do marisco para conseguir entrar em um coletivo da única linha que trafega no bairro. “Aqui só existe uma linha de ônibus da Empresa Maranhense. Precisamos andar bastante carregando cofos de caranguejo na cabeça para pegarmos um ônibus em péssimas condições e que demora a passar”, contou.
 
 
Leia mais na edição on-line de O Estado.

Trabalhadores rurais interditam BR-135, em São Luís

Manifestantes têm reunião marcada com o Incra, CGJ e Sedes.
SÃO LUÍS - No início da manhã desta terça-feira (18), trabalhadores rurais de vários municípios maranhenses interditaram o início da BR- 135, no trecho da rotatória do bairro São Cristóvão, impedindo a entrada e a saída de pessoas na capital da maranhense.
O protesto começou por volta das 5h30 e segundo as primeiras informações, cerca de 3.500 trabalhadores estão no local reivindicando melhores condições de infraestrutura, trânsito e trabalho. O protesto é chamado " Grito da terra 2013."
Para fugir do engarrafamento na região do São Cristóvão, muitos motoristas tiveram como opção a BR-135, pela avenida dos Portugueses, no trecho que compreende a Vila Maranhão.
Logo nas primeiras horas desta manhã e terça-feira (18), por volta das 5h30, trabalhadores rurais interditam o Km 0 da BR-135, próximo ao aeroporto da capital, impedindo assim a entrada e saída de pessoas da cidade. Aproximadamente 3.500 trabalhadores reivindicam melhorias de trabalho. O protesto foi denominado de “Grito da Terra 2013”.
Agenda
Os trabalhadores rurais têm reunião marcada na manhã desta segunda-feira (18), com representantes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a Corregedoria-Geral de Justiça do Maranhão (CGJ) e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes).
Os manifestantes reivindicam uma série de melhorias, entre as quais, reestruturação do Instituto de Terras do Maranhão (Iterma), a segurança no campo, pavimentação de estradas vicinais para escoamento da produção, educação ao homem do campo, contratação de técnicos agrícolas por meio de concurso e direitos trabalhistas às mulheres do campo.