quarta-feira, 22 de maio de 2013

Dilma Rousseff é a segunda mulher mais poderosa do mundo na lista da Forbes

A presidente do Brasil está atrás apenas da chanceler alemã Angela Merkel. A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, está no 18º lugar do ranking

          
A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, é a segunda mulher mais poderosa do mundo, atrás apenas da chanceler alemã Angela Merkel, segundo o ranking anual da revista Forbes. Dilma, que ficou na terceira posição por dois anos consecutivos, alcançou o segundo lugar após a saída de Hillary Clinton do posto de secretária de Estado americano, o que fez a ex-primeira dama dos Estados Unidos cair para o quinto lugar.

Outra brasileira aparece entre as 20 primeiras da lista da revista americana: a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, no 18º lugar. A chanceler alemã Angela Merkel lidera a lista da revista pelo terceiro ano consecutivo. Depois da presidente brasileira aparecem Melinda Gates - que preside ao lado do marido a Bill and Melinda Gates Foundation -, e a primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama.

A presidente argentina Cristina Kirchner caiu 10 posições na lista e aparece na 26ª posição. A lista anual inclui mulheres influentes na política, negócios, imprensa, entretenimento, tecnologia e organizações sem fins lucrativos, classificadas por "fortuna, presença na mídia e impacto", segundo a revista.

"A ascensão de marcas pessoais e o esforço de empreendedorismo na lista deste ano de mulheres poderosas são tendências excitantes quando celebramos o 10º ano de publicação da lista", disse Moira Forbes, presidente e editora da ForbesWoman. "De Cingapura a Arábia Saudita, do Reino Unido aos Estado Unidos - e além -, as 100 mulheres mais influentes em nossa lista têm um impacto indelével e duradouro no mundo em que vivemos", completou.

Merkel foi considerada a mulher mais poderosa em oito dos 10 anos da lista. Entre as empresárias da lista estão a CEO da Hewlett-Packard Meg Whitman (No. 15) - que está na capa da revista -, assim como uma das principais diretoras do Facebook, Sheryl Sandberg (No. 6), e a CEO do Yahoo! Marissa Mayer (No. 32). A lista da Forbes conta com representantes de 26 nacionalidades, mas com um claro domínio americano.

Traficante invade escola e atinge três alunos com tiros

Uma escola no povoado Jacaré, a 8 km de Penalva, interior do Maranhão, foi vítima de uma verdadeira cena de filme. Na última segunda-feira (19), por volta das 19h, três homens entraram nas dependências do colégio e efetuaram disparos. Três alunos foram atingidos. De acordo com a polícia, a causa dos disparos seria uma cobrança de dívida de drogas.

A invasão
Segundo informações dois homens, um conhecido como "Filho do Vavá" e outro ainda não identificado, estavam sendo perseguidos por um tal "Filho de Vitorino", que cobrava uma dívida de drogas da dupla.

Com medo de serem mortos, Filho de Vavá e seu companheiro entraram no colégio buscando abrigo. Ali, Filho de Vitorino efetuou vários disparos. Três estudantes, que nada tinham a ver com a confusão, foram atingidos, mas sem maiores danos, tanto que apenas um se encontra internado com uma bala na perna.

Por conta do caso, o vereador da cidade de Penalva, Mesaque Veloso, mais conhecido na região como Mesaque do Povo, veio até São Luís conversar com o Secretário de Segurança Aluízio Mendes, com o objetivo de pedir uma maior presença policial na região que compreende os municípios de Penalva.

De acordo com o vereador, o Secretário de Segurança contactou com o Delegado da 6ª Regional de Viana a qual informou o ocorrido e pediu providências, e também garantiu que uma maior atenção será providenciada para a região. O Secretário havia garantido também, que assim que for realizada a inclusão dos novos policiais que estão advindos do concurso público em andamento, o povoado será agraciado com a presença dos novos policiais.

(O Imparcial Online)

Decretada prisão de sobrinho acusado de matar tia feirante em ITZ

Maria Madalena foi estuprada e estrangulada. O corpo foi encontrado no dia 2 de abril.
IMPERATRIZ – Wanderson Salazar da Silva, 24, é sobrinho da feirante Maria Madalena da Silva e acusado de estuprar e estrangular a tia. A prisão preventiva do acusado foi decretada essa semana. De acordo com o delegado regional, Assis Ramos, no local do crime foi encontrado um preservativo com sêmem e todos os homens que conviviam ou tinha contato com a feirante foi intimado a fazer coleta de material genético no Instituto Médico Legal (IML), mas Wanderson fugiu após ser intimado.
Desde então a polícia não tem pistas do acusado, mas tem todas as evidências que apontam o sobrinho de Maria Madalena como autor do crime.
O corpo da feirante foi encontrado na manhã do dia 2 de abril em um quarto nos fundos da casa onde morava, na rua Rio Grande do Norte, bairro Juçara. O laudo emitido pelo IML na época comprovou que antes de ser assassinada, Maria Madalena foi estuprada.

Policial que foi alvejado com um tiro durante operação passa bem

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) por meio da Delegacia Geral da Polícia Civil informou que o passa bem o investigador Erick Augusto lotado no Departamento de Narcóticos (Denarc), alvejado com um tiro de pistola ponto 40 nas costas, durante operação realizada na tarde desta terça-feira (21), no bairro Jordoa. Ele permanece internado em um hospital de São Luís.

Segundo informações policiais, ele teria sido atingido por uma mulher identificada por Expedita da Purificação Diniz Serra, de 40 anos, no momento em que os policiais apreendiam um menor em via pública. Ela se identificou como tia dele, e disse aos policiais que ia acompanhá-los até sua residência, localizada na Primeira Travessa do Arame, para pegar a documentação do mesmo.

Chegando ao local, ela conseguiu tirar a arma de um policial e ferir o outro investigador. Expedita Serra foi presa imediatamente e apresentada na Delegacia de Homicídios, onde foi autuada por tentativa de homicídio pelo delegado Marco Antônio Fonseca. Após os procedimentos, ela foi encaminhada para o Centro de Triagem em Pedrinhas.

Já o menor apreendido foi levado para o Denarc e deverá ser transferido para a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI).

Mandato de prefeita pode ser cassado após denúncias de fraude

Processo para investigação foi instaurado, nesta terça-feira (21), pela Câmara dos Vereadores.
 
BOM JARDIM – A Câmara dos Vereadores de Bom Jardim instaurou, nesta terça-feira (21), um processo para investigar as denúncias de fraude com a prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite da Silva. Em entrevista ao Portal Imirante, o presidente da Câmara, Silvano Andrade, informou que as denúncias partiram de duas pessoas sociedade civil e, após a análise dos vereadores, ficou decidido pela abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).
Entre as denúncias, foram encontrados indícios de irregularidade sobre processos licitatórios para contratações. Além disso, segundo Silvano Andrade, a representante municipal tentava impedir o trabalho dos vereadores de fiscalizar o poder. “Ela encaminhou assessores à Câmara para tumultuar a sessão”, acrescentou.
O presidente da Câmara ressaltou que uma sessão será marcada para averiguar as provas que deverão ser apresentadas pela defesa da acusada. “Ela tem total direito à defesa,” afirmou. Na sessão, deverá ser decidida a cassação, que requer a aprovação de 2/3 dos 13 vereadores, isto é, nove votos favoráveis. A prefeita responde, além disso, a processo do Ministério Público.