segunda-feira, 15 de abril de 2013

CAJUÍ VENCE TORNEIO DE VETERANOS EM MATÕES DO NORTE

 
cajui_vence_torneio_veteranos
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O time de veteranos do Cajuí venceu neste domingo (14), em Matões do Norte, o Torneio de Abertura do Campeonato de Futebol de Veteranos. Na final, o Cajuí e Matões do Norte ficaram no zero a zero. Nos pênaltis, o time de Cantanhede fez 2 x 1 no time local e conquistou o título. No primeiro jogo, o VEC (Cantanhede) foi derrotado nos pênaltis pelo time do Matões do Norte por 4 x 3 depois de ter empatado por 1 x 1 no tempo normal. No segundo jogo, Cajuí (Cantanhede) e Guarani emparam por 1 x 1 e na cobrança de pênaltis o time cantanhedense venceu o Guarani por 3 x 2. No terceiro confronto, o Pirapemas derrotou o Lajeado (Miranda do Norte) por 1 x 0. Na quarta partida do dia, Igarapé do Meio e Coivaras por 1 a 1. Nos pênaltis, o time do Igarapé do Meio venceu Coivaras por 2 x 1. Na primeira semifinal, o Cajuí passou pelo Pirapemas por 2 x 0. Na segunda partida da semifinal, o time do Matões venceu o time do Igarapé do Meio por 2 x 1 na cobrança de pênaltis após ter 0 x 0 no tempo normal..

Ocupantes têm 72 horas para deixar imóveis do Minha Casa, Minha Vida

Invasores começaram a receber notificações para deixar as casas.
Loteamento Residencial Nova Miritiua foi ocupado desde o dia 6 de abril.

Ocupantes de imóveis construídos pelo governo federal, como parte do programa Minha Casa, Minha Vida, começam a receber notificação para deixar as casas, em São José de Ribamar, no Loteamento Residencial Nova Miritiua.O prazo é de 72 horas.
Policiais federais, militares, se encontram no Comando da Polícia Militar, na manhã desta segunda-feira (15).

Agentes da Caixa Econômica Federal (CEF) e oficiais de Justiça estão no local para notificar os invasores, que terão um prazo de 72 horas para sair das residências conforme determinação da Justiça Federal. Os imóveis foram construídos com recursos do programa "Minha Casa, Minha Vida", do governo federal, e invadidos desde o dia 6.
O local foi ocupado desde o dia 6 de abril por pessoas que alegaram não ter outra moradia. Dos 456 imóveis construídos com recursos federais do programa "Minha Casa, Minha Vida - Entidades", 350 foram invadidos, de acordo com a Caixa. A maioria das casas ocupadas não estava pronta para entrega aos legítimos donos.
Ocupantes começam a receber notificação para deixar as casas, em São José de Ribamar. (Foto: Sidney Pereira/TV Mirante)
Ocupantes começam a receber notificação para deixar as casas, em São José de Ribamar.
 

Escola na zona rural de Montes Altos está em situação crítica

Colégio funciona em uma casa de taipa e chão batido.
Não há transporte escolar para os alunos.

É crítica a situação da escola Santa Luzia, na zona rural de Montes Altos, a 60 km de Imperatriz. Passado um ano, nada mudou no local. A situação permanece praticamente a mesma.
Sem transporte escolar, chegar à sala de aula é um desafio para os estudantes. É a pé que eles vão à escola. Um esforço que começa logo cedo para a turminha do primeiro ao quinto ano do Ensino Fundamental, que estuda numa mesma sala.
É em uma casa de taipa e chão batido, no povoado Santa Maria, zona rural de Montes Altos, onde Daniel se encontra com os colegas para mais um dia de aula. Um local bem diferente do que prevê a legislação educacional para a infraestrutura de uma escola.
A escola foi construída há sete anos pela prefeitura. Fica bem perto de uma mata ciliar. Por isso, não é de se estranhar o aparecimento de animais peçonhentos como lagartas e até cobras.
A prova disso são maribondos no teto, no meio da sala de aula. Um perigo para as crianças e para a professora.
Não há registro de acidentes. Ainda assim, a presença de animais   preocupa.
Há dois anos, a cobertura de palha foi substituída pelos moradores do vilarejo. Isso porque, quando chovia, molhava tudo. O acesso pela estrada também é difícil.
Lama e buracos completam o desafio também para os alunos do ensino médio, que estudam na sede do município.

No ano passado, uma caminhonete foi colocada como transporte escolar para o trecho de seis quilômetros, entre o povoado e a rodovia MA-280. No início do ano letivo, o serviço foi suspenso em razão das péssimas condições de tráfego.
Nem o prefeito e nem a Secretaria de Educação foram encontrados para falar sobre o assunto. A chefe de gabinete diz que a prefeitura tem conhecimento dos problemas.
“Acreditamos que em um curto espaço de tempo seja recuperada a estrada, porque o transporte foi paralisado exatamente pelo comprometimento da estrada, mas isso já passamos para o secretário de infraestrutura, e ele resolverá isso de imediato”, afirmou Maria do Amparo Carvalho, chefe de gabinete.

Demora no diagnóstico pode ter levado jovem a óbito em Bacabal

 
Foto: Arquivo pessoal
BACABAL – Falhas no atendimento no Hospital Municipal Socorrão em Bacabal são, mais uma vez, denunciadas por familiares. Desta vez, a jovem Patrícia Oliveira da Silva, de 21 anos, que residia no bairro Trizidela, faleceu assim que deu entrada no Hospital Geral de Alto Alegre do Maranhão. Segundo relatou seu esposo, Robson da Silva e Silva, à reportagem da rádio Mirante FM, Patrícia sentiu fortes dores de cabeça, febre, dores no peito e tossindo e foi levada ao Hospital Socorrão de Bacabal na manhã do dia 10. Medicada, ela retornou para casa. No fim da tarde do mesmo dia, ela retornou ao hospital, sendo medicada novamente foi liberada, aproximadamente, nas primeiras horas do dia 11.

Pela manhã, como o seu estado piorou, a família procurou a clínica do médico particular Dr. Antônio Luis Ribeiro e Fonseca, que, após exames, constatou a gravidade da saúde de Patrícia. O médico particular pediu o internamento imediato da paciente. Patrícia foi levada, pela terceira vez, ao Hospital Socorrão, e, por não ter UTI, a direção encaminhou ao Hospital Geral de Alto Alegre do Maranhão, onde veio a falecer por volta das 18h do mesmo dia.

Para a família, a demora no diagnóstico e tratamento no Socorrão de Bacabal, podem ter contribuído para a morte prematura de Patrícia. “O que eu quero a partir de segunda-feira, é procurar a justiça e os meus direitos, pra não acontecer com outras pessoas o que aconteceu com a minha esposa”, ressaltou Robson Silva. Patrícia deixou uma filha recém-nascida de apenas dois meses. Robson disse, ainda, que, até hoje, não recebeu o atestado de óbito com a causa da morte e que o sepultamento foi feito com autorização da prefeitura.

A emissora falou, por telefone, com o secretário de Saúde do município, Hidalgo Léda, que enviou uma nota de esclarecimento por meio da assessoria de Comunicação.

Leia, abaixo, a íntegra da nota:

A Secretaria Municipal de Saúde do município de Bacabal vem, por meio desta nota, esclarecer que o caso da jovem Patrícia Oliveira da Silva está sendo analisado por pessoas designadas para tal tarefa, a fim de averiguar possíveis falhas ou omissões em seu atendimento médico.

Ressalta ainda, que tais providências estão sendo tomadas por meio de convocação ao corpo administrativo, médico e de enfermagem que prestou atendimento à paciente, objetivando levantar todos os procedimentos realizados quando da admissão e encaminhamento ao Hospital Geral de Alto Alegre.

Por fim, esta secretaria lamenta a morte da jovem em respeito à família, e em cumprimento ao seu dever encontra-se disponível a prestar quaisquer esclarecimentos.

A secretaria não divulgou prazo para o resultado do processo administrativo onde poderá constatar se houve ou não imperícia, imprudência ou negligência.

Ministério Público cobra multa imposta pelo TCE a ex-prefeito

 
SÃO LUÍS - A Promotoria de Justiça da Comarca de São Raimundo das Mangabeiras ingressou na quinta-feira (11), com uma Ação Civil Pública de Execução Forçada contra José Gonçalves de Souza, ex-prefeito do município. Estão sendo cobrados R$ 3.672,27 relativos a multa imposta pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) ao ex-gestor.

A multa, determinada no Acórdão PL-TCE/MA n° 045/2004, refere-se à prestação de contas do município de São Raimundo das Mangabeiras no exercício financeiro de 1995, quando José Gonçalves de Souza estava à frente da Prefeitura.

Na ação, assinada pelo promotor de justiça Renato Ighor Viturino Aragão, o Ministério Público pede que seja determinado prazo de três dias para o pagamento da multa, sob pena de penhora de bens do ex-prefeito em valor suficiente para a quitação da dívida.

Prefeito de Cidelândia, Neto Teixeira, morre aos 52 anos

Neto Teixeira estava internado estado grave no Hospital Carlos Macieira.
 REGIÃO - Morreu na manhã desta segunda-feira (15) o prefeito da cidade Cidelândia no Maranhão. Augusto Alves Teixeira, conhecido como Neto Teixeira, estava internado estado grave no Hospital Carlos Macieira.

Desde 2012 o prefeito lutava contra uma bactéria alojada no cérebro. Apesar do problema de saúde, Neto Teixeira, que tinha 52 anos, ainda disputou o segundo mandado em Cidelância e conseguiu vencer.

Com a morte de Neto Teixeira, quem deve assumir a prefeitura de Cidelândia é o vice-prefeito Ivan Nunes.

Mulher armada é presa em povoado no interior do MA após denúncias

Prisão foi no Povoado Entrocamento, em Itapecuru Mirim no sábado (13).
Mulher foi denunciada por moradores da própria localidade.

   
Moradores do Povoado denunciaram mulher à Polícia (Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Moradores do Povoado denunciaram mulher à
Polícia (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Uma mulher de 28 anos foi presa no Povoado Entrocamento, no município de Itapecuru Mirim, a 108 km de São Luís, no sábado (13). A mulher foi denunciada à Polícia por moradores.
A Polícia localizou a mulher nas imediações do Posto Marrecão, os policiais encontraram com a mulher um revólver calibre 32, com quatro munições intactas e duas que, segundo as investigações, tinham sido usadas há pouco tempo.
Ao ser presa, a mulher informou outros três comparsas apontados por ela como proprietários da arma apreendida. Os quatro indivíduos foram conduzidos e apresentados na Delegacia Regional de Itapecuru Mirim, onde foram autuados.

Menino morre afogado no Rio Pindaré, em Pindaré Mirim

Criança brincava na beira do rio e acabou caindo na água.
Equipe de salva-vidas e voluntários ajudaram na busca pelo corpo.


No fim de semana, um menino de sete anos morreu afogado no município de Pindaré Mirim. A criança, que era de Santa Inês, brincava na beira do Rio Pindaré.
Segundo testmunhas, o pai da criança estava pescando próximo ao local, mas por um momento de distração, a criança acabou caindo na água.

As buscas foram feitas por pessoas que estavam no local, e uma equipe salva-vidas, após uma hora de procura, o corpo do menino foi localizado.

Vacinação nacional contra a gripe começa nesta segunda

A meta é imunizar 31,3 milhões de pessoas que integram os chamados grupos prioritários.
BRASÍLIA - A campanha nacional de vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira (15) em todo o país. A meta é imunizar 31,3 milhões de pessoas que integram os chamados grupos prioritários – gestantes, idosos com mais de 60 anos, crianças entre 6 meses e 2 anos, profissionais de saúde, índios, população carcerária e doentes crônicos.

Uma das novidades é a inclusão de mulheres em puerpério (período de até 45 dias após o parto) nos grupos prioritários para vacinação. Outra mudança vai possibilitar que pessoas com doenças crônicas tenham acesso à vacina por meio de postos de saúde e não apenas nos centros de referência. Basta apresentar uma prescrição médica no ato da imunização.

A campanha segue até o dia 26 de abril. No próximo sábado (20), todos os 65 mil postos de saúde do país vão funcionar para um dia de mobilização. Serão distribuídas cerca de 43 milhões de doses que, este ano, protegem contra os seguintes subtipos de influenza: A (H1N1) ou gripe suína, A (H3N2) e B.

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina é segura e só é contraindicada para pessoas com alergia severa a ovo. A dose, segundo a pasta, contém o vírus em sua forma inativa, e não há risco de uma pessoa contrair gripe em razão da imunização.

Flamengo esquece a eliminação e vence o Fluminense, em Volta Redonda

Na vitória por 3 a 1, o rubro-negro quebrou a invencibilidade de sete jogos do Fluminense.
 
RIO - O Flamengo esqueceu a eliminação antecipada na Taça Rio e atuou de forma consistente para vencer o Fluminense por 3 a 1, neste domingo, em Volta Redonda.

O time do técnico Jorginho não deu chances ao adversário e ainda quebrou a invencibilidade de sete jogos do Tricolor das Laranjeiras. Hernane e Renato Abreu (2) marcaram os gols do triunfo. Rafael Sóbis descontou. Classificado, o Fluminense decide na última rodada a colocação final do Grupo B.

Com 13 pontos, a equipe está atrás do Resende (15 pontos) e busca o 1º lugar para ter a vantagem do empate nas semifinais

PRF registra nove acidentes em rodovias nas últimas horas

Foram cinco acidentes com danos materiais e quatro com feridos.
SÃO LUÍS – A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou, nas últimas horas, nove acidentes nas rodovias federais que cortam o Maranhão, sendo cinco com apenas danos materiais e quatro com feridos. Nenhuma morte foi registrada.