segunda-feira, 8 de julho de 2013

Mãe e filha morrem vítimas de acidente grave na BR-135



         

Na madrugada deste domingo (7) um grave acidente envolvendo uma Montana e um Caminhão Baú deixou dois mortos e um ferido na BR-135, Km 101, nas proximidades da cidade de Anajatuba a 138km de São Luís.

O acidente ocorreu por volta das 04h50 da manhã entre uma montana de placas NXB 0229-MA que bateu de frente com o caminhão baú da linha ford de placas JMO 7376- BA que vinha com um carregamento de tecido do Rio Grande do Norte.

O acidente ocorreu quando a motorista da montana invadiu a pista contrária atingindo em cheio o caminhão, duas mulheres morreram entre as ferragens. O motorista do caminhão sofreu alguns ferimentos e foi encaminhado para o hospital de Miranda, ainda não se tem informações do seu estado de saúde.

Morreram no acidente mãe e filha. Ana Maria Rodrigues Rêgo, 41 anos que dirigia a montana e Benedita Elzébia Rodrigues, sua mãe. As duas ficaram presas às ferragens.

Segundo informações, a Polícia Rodoviária Federal foi acionada, mas até o início da tarde os corpos das vítimas ainda permaneciam no local do acidente.

Receita libera consulta ao segundo lote de restituições do IR 2013

BRASÍLIA - A Receita Federal libera, hoje (8), a partir das 9h, a consulta ao segundo lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2013. O dinheiro será depositado no banco no próximo dia 15. Ao todo, são sete lotes regulares. O último está previsto para 16 de dezembro. O calendário de restituição está no Ato Declaratório 3 da Receita Federal, publicado no Diário Oficial da União.
O contribuinte que não recebeu a restituição deve procurar o extrato no site da Receita para verificar por que caiu na malha fina. As pessoas que identificarem algum erro devem enviar a chamada declaração retificadora. O extrato da declaração é disponibilizado no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) onde se encontram outras informações relativas ao Imposto de Renda.
Para utilizar o e-CAC é necessário usar o código de acesso gerado na própria página da Receita ou o certificado digital emitido por autoridade habilitada. Para gerar o código, o contribuinte precisará informar o número do recibo de entrega das declarações de Imposto de Renda dos dois últimos exercícios. Com o código, o contribuinte pode fazer a autorregularização caso encontre algum erro.
O tamanho dos lotes depende da disponibilidade do Tesouro Nacional. No segundo lote, o valor liberado chega a R$ 1,3 bilhão destinados a pouco mais de 1 milhão de contribuintes.
O valor está acrescido da taxa Selic de maio a julho deste ano, totalizando 2,21% de correção. Com a liberação do segundo lote, sobe para R$ 4,03 bilhões o valor total pago até agora. O número de contribuintes incluídos nos dois lotes subiu para 2,9 milhões.
Para saber se a declaração foi liberada, a pessoa deverá acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smarthphones que usam os sistemas operacionais Android e iOS, que facilitam a consulta.
A Receita lembra que a restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Declaração IRPF.
Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá procurar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou telefonar para a Central de Atendimento pelo número 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (atendimento exclusivo para deficientes auditivos) e agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Três pessoas morrem em acidentes nas rodovias que cortam o MA

Foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal 16 acidentes durante o fim de semana; mortes ocorreram próximo a Entrocamento e a Estreito
Mãe e filha morreram na manhã de ontem em um acidente de trânsito na BR-135 nas proximidades de Entroncamento, no município de Itapecuru-Mirim, a 108 km de São Luís. O fim de semana nas rodovias federais que cortam o Maranhão foi violento. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registrados 16 acidentes, sendo oito com danos materiais e sete com feridos graves. No total, 12 pessoas ficaram feridas em acidentes de trânsito no Maranhão.

Moradores interditam trecho da BR-135, na Vila Maranhão

Segurança, saúde e transporte público estão na pauta de reivindicação dos manifestantes.

SÃO LUÍS - Moradores da Vila Maranhão interditaram na manhã desta segunda-feira (8), trecho da BR-135, no sentido Itaqui/Pedrinhas. Os manifestantes colocaram fogo, pneus e pedaços de galhos de árvores para bloquear a rodovia e provocar engarrafamento na região.
Manifestação na Vila Maranhão.
Márcio Farias, um dos organizadores do movimento, disse que os moradores estão reivindicando melhoria no transporte público e na saúde, além de defender a instalação da 5ª Companhia da Polícia Militar para inibir a violência na Vila Maranhão.
Moradores da Vila Maranhão realizam protesto.

- Temos consciência do erro em tirar o direito de ir e vir do cidadão. Mas, é o único mecanismo que temos para reivindicar. Aqui temos um transporte público precário, falta policiamento. Desde 2005 que estamos aguardando a instalação da 5ª Companhia de Policiamento prometida pelo governo do Estado. Na área da saúde dispomos de um posto de saúde da Prefeitura de São Luís em que falta médico e não dispõe de material. A Vila Maranhão está numa situação difícil. Por causa disso, resolvemos realizar essa manifestação pacífica que só terminará com a presença das autoridades competentes para que atenda as nossas reivindicações - assegurou.