sexta-feira, 16 de março de 2012

Quadrilha suspeita de assaltos é presa em ação da Polícia Militar

Uma ação da Polícia Militar de Pinheiro prendeu, nesta sexta-feira (16), seis pessoas suspeitas de cometerem assaltos a pessoas e estabelecimentos comerciais na cidade.

De acordo com a polícia eram constantes as práticas de roubos praticados por homens armados em moto na cidade. A quadrilha vinha sendo monitorada há algum tempo pelos crimes.

Com base em levantamentos investigativos, os policiais militares identificaram sua localização no Terminal Rodoviário de Pinheiro.

Foram presos: Marçal Ferreira, de 25 anos; Alisson Ramos Pereira de Oliveira; Luis Tiago de Oliveira Coelho, também de 25 anos; Gilson Cesar Soares; Gilson do Rosário; e um homem identificado apenas por Valmir. Com os três últimos não foram encontradas nenhuma documentação.

No momento da prisão foi encontrado em posse de Marçal, um revólver calibre 38 com seis munições intactas. Também foram apreendidos 09 algemas de plástico, 04 celulares, jóias, relógios e um passaporte internacional, sem identificação. Além de um veículo Ford Fiesta de placa HPT-4738.

Na Delegacia Regional de Pinheiro, a quadrilha foi autuada em flagrante por formação de quadrilha. Marçal Ferreira também por porte ilegal de arma de fogo. Por enquanto, eles permanecerão detidos na Delegacia para que vítimas possam fazer o reconhecimento.

Grave acidente entre van e caminhão deixa uma pessoa morta

Um grave acidente entre uma van e um caminhão de carga, na BR-135, próximo ao município de Miranda do Norte, no 110km, foi registrado na tarde desta sexta-feira (16), por volta das 15h30.
De acordo com inforções da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que foi acionada para o local do acidente, uma morte foi confirmada. Além da vítima fatal, mais duas pessoas ficaram feridas na colisão.

Com este acidente sobre para seis o número de mortes na BR-135 somente no mês de março.

Acusados de assassinato são absolvidos pelo Tribunal do Júri em Matões

Em sessão realizada nessa quarta-feira (14), o Tribunal de Júri instalado na Comarca de Matões absolveu os réus Francisco José Medeiros Coelho e Deodoro Medeiros Coelho. Eles estavam sendo acusados de praticar homicídio contra Paulo Ribeiro Matos. A sessão foi presidida pelo juiz Rogério Monteles da Costa.

Segundo o processo, o crime aconteceu no dia 10 de maio de 2005, no povoado Nossa Senhora do Monte, localidade do município de Matões. Paulo Ribeiro Matos foi morto por disparos de arma de fogo. O corpo de jurados reconheceu a existência dos fatos, mas acolheu a tese de legítima defesa.

Além do juiz, atuaram junto ao Tribunal do Júri o promotor de Justiça Alenilton Santos Júnior, titular de São Francisco do Maranhão, e os advogados José Benedito da Silva Tinoco, Hélio Coelho da Silva e do defensor dativo Francisco Pereira da Silva.

MPMA inicia investigação para apurar responsabilidade criminal por omissão de socorro

O Ministério Público do Maranhão abriu Procedimento Investigatório Criminal, nesta quinta-feira (15), para investigar a responsabilidade penal dos profissionais envolvidos na omissão de atendimento ao pedreiro Cristino Sousa. Ele faleceu no dia 12 de março, após a família dele ligar para o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), em São Luís, e não obter socorro.
Ambulância do Samu
A 14ª Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Saúde requisitou à coordenação do Samu a escala de profissionais, inclusive dos médicos reguladores, que trabalhavam no horário da ocorrência, o nome do atendente da ligação e a cópia das gravações das ligações feitas pelos familiares da vítima.
O MPMA requisitou, ainda, à Delegacia de Polícia do 16º Distrito Policial a instauração de Inquérito Policial para apurar os fatos noticiados na imprensa. A denúncia teve repercussão nacional após veiculação no Jornal Nacional da Rede Globo de Televisão.
Também foi solicitado ao Conselho Regional de Medicina (CRM) a abertura de sindicância para apurar a omissão de socorro médico. “O fato é grave e terá tramitação prioritária no âmbito do Ministério Público. Por envolver uma situação de emergência e urgência, com agravante de morte, vamos dar celeridade à investigação”, informou o promotor de Justiça Herberth Costa Figueiredo. Na avaliação dele, houve omissão de agentes públicos e isso deve ser apurado com rigor.
O depoimento dos familiares da vítima no Ministério Público foi marcado para o dia 27 de março.

Acidente mata sobrinho de Guerreiro Júnior

O advogado Luís Antônio Anchieta Guerreiro Júnior, de 25 anos, morreu em acidente automobilístico, na manhã de hoje, próximo à cidade de Vargem Grande. Luís Antônio era sobrinho do desembargador Antônio Guerreiro Júnior, presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, e estava indo para uma audiência naquele município.
O advogado ocupava uma caminhonete S10, conduzida pelo motorista Rafael. Em contato com o Jornal Pequeno, agora há pouco, o desembargador Guerreiro Júnior informou que conversou com o motorista. Rafael relatou que já havia passado de Itapecuru e que, logo depois do lugarejo conhecido como 'Cigana', numa curva acentuada, perdeu o controle da caminhonete, que capotou e provocou a morte de Luís Antônio.

Homem é preso por tentar abusar da filha de comerciante de São Luís

Por volta das 19h de quinta-feira (14), a viatura da ronda da comunidade da Polícia Militar seguiu em diligência após uma denúncia sobre um suposto abuso sexual cometido contra uma adolescente de 11 anos no bairro do Novo Cohatrac.
Depois de pouco tempo, a viatura encontrou o suspeito e, junto dele, um celular com imagens da menor, que serviu de prova do crime.
Kassio Augusto Meireles, 21 anos, foi preso e encaminhado para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e foi autuado em flagrante delito.

Menores são apreendidos com arma e munições

Policiais militares apreenderam, no início da tarde dessa quinta-feira (15), quatro adolescentes próximo ao local conhecido por Curtume, às margens do rio Tocantins, na Rua XV de Novembro. Os adolescentes apreendidos são de iniciais M.V.S., J.N.S., A.C.B. e L.T.S.
Com eles, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, três munições e R$ 242,95 em espécie.
Os menores foram conduzidos para a Delegacia do Adolescente Infrator, onde foram entregues ao delegado titular daquela especializada, Manoel Rodrigues Neto.
Na ocasião em que os menores foram entregues na delegacia pelos militares, uma mulher que havia sido vítima de assalto em um comércio no bairro Nova Imperatriz foi até a Especializada na tentativa de reconhecer os menores. Entretanto, ela não reconheceu nenhum deles.
Os menores foram ouvidos, indiciados e seriam ainda ontem entregues aos seus familiares. Nenhum assumiu de quem seria o revólver e as munições aprendidos. Disseram ao delegado Rodrigues Neto que a arma se encontrava próxima a eles e não sabiam de quem seria.

Bandidos tomam veículos de assalto durante a noite

Cinco elementos pegaram um táxi na noite desta quinta-feira (15) como se fossem passageiros na área da Vila Embratel em São Luís e logo em seguida anunciaram o assalto.
Com o táxi, os assaltantes foram até um posto de combustível no bairro do Monte Castelo de onde roubaram a quantia de R$ 2 mil. O veículo foi abandonado na área da Vila Embratel.
OUTRO ASSALTO
Também na noite desta quinta, bandidos invadiram uma banca de revista próximo a lanchonete Big Gago no bairro da Cohapam na capital.
Do local, além de objetos e dinheiro, os assaltantes levaram um veículo Corolla preto de um cliente que até o momento não foi capturado.
 

Acidente provoca longo congestionamento na BR-135

Um acidente ocorrido na manhã desta sexta-feira (16) na BR-135 na localidade conhecida como Funil envolvendo uma moto Honda e um caminhão resultou num longo congestionamento para quem saía de São Luís sentido interior do Maranhão. O engarrafamento chegou ao retorno do aeroporto.
A jovem que conduzia a moto ficou no asfalto da avenida aguardando ambulância com escoriações pelo corpo.
Ela foi socorrida pelo SAMU e os dois veículos envolvidos no acidente foram reirados da via por volta das 8h15 para que o trânsito voltasse a fluir normalmente.
MAIS ACIDENTES
Outros dois acidentes na capital maranhense provocaram longos engarrafamentos. Um deles ocorreu no bairro da Cohab próximo a feira envolvendo um veículo pequeno e um caminhão apenas com danos materiais. O engarrafamento ultrapassou o retorno da Forquilha.
Na Cidade Operária, próximo ao Socorrão II, uma ambulância do SAMU socorreu duas pessoas feridas após a colisão de duas motos.

Ex-policial acusado de homicídio no Maranhão tem liminar rejeitada

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), indeferiu medida liminar formulada em Habeas Corpus (HC 112402) impetrado pela defesa de ex-policial militar do Maranhão, detido provisoriamente sob a acusação da prática dos crimes de homicídio qualificado, cárcere privado e ocultação de cadáver contra um suposto traficante de drogas. A defesa pretendia que o ex-policial aguardasse em liberdade o julgamento em definitivo do HC.
De acordo com HC, a prisão preventiva foi decretada em 2008, sob o argumento de proteção da ordem pública, ou seja, impedir que o então policial praticasse outros crimes, pondo em risco a segurança da comunidade. Mantida a segregação cautelar, a defesa contestou no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ) a possibilidade de o ex-policial ser posto em liberdade, porém não obteve êxito em ambas as cortes.
No habeas apresentado ao STF, a defesa afirma que o argumento da prisão cautelar tornou-se inválido a partir do momento em que o acusado foi exonerado da corporação. “Em razão da expulsão do paciente da Polícia Militar do Estado do Maranhão, ele deixou a posição de ‘garante’, que fundamentava o édito prisional”. O advogado sustenta ainda que o ex-policial é réu primário e conta com bons antecedentes, além de possuir residência fixa.
Para a ministra Rosa Weber, a prisão do ex-policial levou em conta a gravidade em concreto de suas condutas, que “evidenciam a periculosidade e risco à ordem pública”.
Segundo ela, a “liminar pleiteada no caso possui natureza nitidamente satisfativa, já que se confunde com o mérito da impetração”. Assim, não vislumbrando a presença do requisito da fumaça do bom direito para a concessão do pedido, a ministra indeferiu a medida liminar.

Policiais Civis realizam assembleia geral para decidir se entram em greve

Policiais Civis do Maranhão realizam na manhã desta sexta-feira (16) uma assembleia geral no Sindicato dos Bancários em São Luís para decidir se deflagram ou não a greve da categoria.
Presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Maranhão, Amon Jessen. (Foto: Arquivo/CN)
Nesta sexta, por decisão da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), todos os Estados deverão fazer uma assembleia geral para tomarem conhecimento da pauta reivindicatória nacional e deliberarem sobre paralisação unificada, conforme reunião realizada em Brasília em fevereiro.