quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Inscrições para o Sisu terminam nesta quinta-feira

Brasília – Os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 têm até amanhã (12) para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Para o primeiro semestre de 2012 estão disponíveis 108 mil vagas em 95 instituições públicas de ensino superior, que serão distribuídas a partir das notas dos candidatos no exame.
Até as 18h de ontem, o sistema registrou 2,6 milhões de inscrições de 1,3 milhão de participantes – cada candidato pode escolher até dois cursos. O Rio de Janeiro é o estado com o maior número de inscrições até o momento: 321 mil. Em seguida, vêm Minas Gerais ( 288 mil), São Paulo (226 mil), o Ceará (196 mil) e o Rio Grande do Sul (182 mil).
Ao acessar o sistema, o estudante deve escolher duas opções de curso, indicando a sua prioridade. É necessário informar o número de inscrição e a senha de cadastro do Enem 2011. Diariamente, o sistema divulga a nota de corte preliminar de cada curso com base na nota do Enem dos candidatos que pleiteiam as vagas. Durante esse período, o participante pode alterar essas opções se achar que tem mais chances de ser aprovado em outro curso ou instituição.
O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 15 de janeiro. Os estudantes aprovados deverão comparecer às instituições de ensino de 19 a 20 para fazer a matrícula. O participante que foi selecionado para a primeira opção de curso é retirado automaticamente do sistema e perde a vaga se não fizer a matrícula. Aqueles que forem selecionados para a segunda opção ou não atingirem a nota mínima em nenhum dos cursos escolhidos podem participar das chamadas subsequentes.
A segunda chamada está prevista para 26 de janeiro, com matrículas nos dias 30 e 31. Caso ainda haja vagas disponíveis, o sistema gera uma lista de espera que será disponibilizada para as instituições de ensino preencherem as vagas remanescentes. O candidato interessado em participar dessa lista deverá pedir a inclusão entre 26 de janeiro e 1° de fevereiro.

Fechamento de escola estadual causa revolta em mães de alunos

Funcionando no Bairro da Alemanha, em São Luís, há duas décadas, a Unidade Estadual de Ensino Montezuma vai fechar. A decisão foi anunciada durante uma reunião entre a Secretária de Estado de Educação (Seduc) e a diretora da escola, Janilde Silva de Aquino, na última quarta-feira (4). Revoltadas com a decisão, mães dos alunos matriculados decidiram se reunir hoje (11), a partir da 8h, em frente à unidade de ensino, para protestar contra a decisão da Seduc.
O motivo do fechamento, segundo a Seduc, é a grande demanda de escolas da rede pública no entorno do Bairro da Alemanha. A U.E. Montezuma abriga turmas da 1ª à 4ª série.
Foto: G. Ferreira
A U.E. Montezuma abrigava 175 alunos da 1ª à 4ª série
Vânia Cristina e Maria Gomes são contra o fechamento da escola
Os 175 alunos matriculados na Montezuma serão transferidos para a U.E. Sagarana 1, no Caratatiua, e U.I. Estado de Alagoas, na Alemanha. Docentes e funcionários também serão relocados para outras unidades.
O prédio da Montezuma, segundo a Seduc, será utilizado para atender o setor de Educação Especial da secretaria.
Segundo a diretora da Motezuma, Janilde Aquino, a decisão da Seduc está inserida num “reordenamento na rede”, comumente realizado em outras unidades de ensino do Maranhão, visando reunir alunos de duas ou três escolas em uma só.
“Nós fomos comunicados durante a reunião de quarta-feira. Foi uma surpresa porque grande parte dos alunos já havia realizado a matrícula, aberta desde o dia 23 de dezembro. No dia seguinte, conversei com os funcionários e na sexta-feira iniciei o trabalho de comunicação aos pais”, explicou Janilde.
Após o comunicado oficial aos pais, os alunos receberam encaminhamento para garantir uma vaga em outras unidades escolares. Muitas famílias de alunos ainda não têm conhecimento da mudança.
A autônoma Vânia Cristina Costa Silva recebeu a notícia dos pais de uma colega de turma de sua filha de 7 anos. Ela ficou revoltada. “Acho tudo isso muito injusto! A escola é muito boa, tem comprometimento com o aprendizado do aluno. Minha filha estudou apenas um ano aqui e já sabe ler.”, declarou a mãe, inconformada com a possibilidade de ver a filha estudar na Sagarana, que, segundo ela, tem fama de ser desorganizada.
“Estou muito preocupada. Já ouvi várias histórias de alunos brigando na frente do Sagarana. Minha filha é uma criança e vai estudar num local em que a faixa etária da maioria dos alunos é de adolescentes. Na Montezuma, eu ficava despreocupada, porque eles dão acompanhamento, aconselhamento aos pais e alunos. Sem falar que é mais perto da minha casa”, desabafou Vânia.
Maria Ribamar Gomes, professora aposentada, buscava novas alternativas para garantir que a neta de 9 anos estude numa escola que ofereça a mesma qualidade de ensino da Montezuma. “Ver uma escola boa se transformar em um órgão público é um absurdo, isso não tem cabimento”, lamentou Maria.

Cresce acidentes de trânsito com crianças em Timon

Só no último fim de semana, foram registrados doze acidentes na cidade de Timon.

TIMON - Em Timon, o Departamento de Trânsito está preocupado com o número de crianças vítimas de acidentes com motocicletas. Só no último fim de semana, foram registrados doze acidentes. Assista à reportagem de Edna Maciel, da TV Mirante.

Polícia e estudantes entram em confronto nas ruas de Teresina

Pelo menos 600 policiais da tropa de choque foram chamados e houve muita confusão.
G1
enviarenviar  imprimir imprimir  
RIO DE JANEIRO - Um protesto de estudantes terminou em violência na capital do Piauí. A tropa de choque foi chamada e houve muita confusão.

O confronto começou depois que os manifestantes interditaram a Avenida Frei Serafim, a principal de Teresina. A polícia tentou negociar, mas não houve acordo. A tropa de choque avançou contra os manifestantes, que não recuaram.

Ao todo, 600 policiais participaram da operação. Para dispersar os manifestantes, a polícia usou balas de borracha e bombas de efeito moral. Alguns estudantes chegaram a ser arrastados e foram levados para a delegacia.

Pelo menos, 17 manifestantes foram detidos para prestar depoimentos e só devem ser liberados depois de pagar fiança. Os protestos começaram, porque os estudantes não concordam com o reajuste no preço da passagem de ônibus, que saiu de R$ 1,90 para R$ 2,10. Eles também são contra a implantação parcial do sistema de integração do transporte público.

Lei federal autoriza criação de pedágio urbano por prefeituras

Os municípios poderão cobrar pedágio para diminuir o trânsito de automóveis, segundo a Lei de Mobilidade Urbana, sancionada na última semana pela presidente Dilma Rousseff. Um dos principais objetivos é estimular o transporte coletivo e reduzir a emissão de poluentes.
A nova lei autoriza a cobrança de tributos pelo uso da infraestrutura urbana, "visando a desestimular o uso de determinados modos e serviços de mobilidade". A receita gerada pelo pedágio ou outra forma de tributação deve ser destinada ao transporte coletivo, como a concessão de subsídio público à tarifa. O uso de bicicletas também precisa ser estimulado, segundo o texto.
As novas regras de incentivo ao transporte coletivo podem não entrar em vigor antes da Copa do Mundo de 2014, porque os municípios têm prazo até 2015 para se adequarem a elas. As 1.663 cidades brasileiras com mais de 20 mil habitantes terão de elaborar planos de mobilidade urbana. E as cidades que não cumprirem o prazo de três anos para os planos podem ser punidas com a suspensão dos repasses de recursos federais ao setor.
Desafio. Hoje, apenas municípios com mais de 500 mil habitantes eram obrigados a ter planos de mobilidade e nem todas as 38 cidades com esse perfil têm políticas para o setor. Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) alerta que "fazer a lei pegar" é um dos principais desafios da Lei de Mobilidade Urbana. Atualmente, os municípios já são autorizados a subsidiar os transportes coletivos, mas o subsídio só vale na Região Metropolitana de São Paulo e nos metrôs, segundo o Ipea.
O estudo considera a lei um avanço, depois de 17 anos de debate no Congresso. Já o presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski, apontou contradições nas políticas públicas. "Ao mesmo tempo em que o governo estimula a compra de automóveis para ajudar a indústria automotiva a enfrentar a crise internacional, a nova lei autoriza a cobrança de tributos para limitar sua circulação nas cidades", afirmou.
O presidente da confederação prevê que poderá ser criada uma guerra fiscal entre os municípios, com estímulo aos motoristas para que licenciem seus automóveis em cidades que tributem a circulação de carros em suas ruas. "Poderemos até questionar a constitucionalidade, porque sobre a propriedade de veículos já incide a cobrança do Imposto de Circulação de Veículos Automotores (IPVA) e poderia ser caracterizada uma dupla tributação."
Táxis. A lei também determina que os municípios fixem a tarifa máxima cobrada pelos táxis. A medida estimularia a competição por meio de descontos.

Jovem é suspeito de roubar mais de 20 motos em Timon

O 1º Distrito Policial de Timon-Ma prendeu na última semana, três foragidos da Justiça: Ednaldo Silva, Fernando Monteiro dos Santos e Antonio Melo Filho, vulgo Mascote, de 21 anos. As vítimas dos três lotaram o 1º DP e reconheceram como autor de vários roubos de motos.

Somente na área deste distrito é acusado de 25 veículos. Além de roubo, Mascote também tem passagem por homicídio e latrocínio.

Uma das vítimas, Marcos Antônio da Silva, contou como foi a ação do acusado. “No dia 1º de dezembro, por volta das 21 horas, meu filho chegava em casa quando foi abordado por dois homens em outra moto. O que estava na garupa foi quem efetuou o roubo e pelas características se trata do Mascote”, explicou.

O chefe de investigação, Robert de Moura, informou que as motos roubadas escondidas em um matagal. Ele acrescentou que os outros dois foragidos também são acusados de roubo. Segundo Robert, Fernando Monteiro tem mandado de prisão expedido em Teresina e será recambiado para cumprir o resto da prisão na Colônia Agrícola Major César, ele também é acusado de espancar uma mulher.

O outro foragido capturado, Ednaldo Silva, deverá cumprir pena em Timon.

Juíza de Santa Quitéria é ameaçada de morte


A diretora-geral do Tribunal de Justiça, Sumaya Heluy, e a juíza da Comarca de Santa Quitéria, Elaile Silva Carvalho, conversaram, nesta segunda-feira (9), sobre medidas de reforço da segurança pessoal da magistrada. Elaile Carvalho passou a receber ameaças após decretar a prisão do vereador Valdimar Carvalho dos Santos, o “Mosquito”, e do ex-segurança do prefeito municipal – ambos envolvidos em assalto a uma agência bancária local, em fevereiro de 2011, e presos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.
Por orientação do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Antonio Guerreiro Júnior, a Secretaria de Segurança do Estado foi acionada para oferecer proteção à juíza durante 24 horas. Logo ao tomar conhecimento das tentativas de intimidação da juíza, o presidente mobilizou a Diretoria de Segurança Institucional do TJMA, que tomou série de ações preventivas. As ameaças foram denunciadas por policiais que transportavam, em viatura, os dois assaltantes e presenciaram quando tocaram no assunto.
Após inspeção e apuração dos fatos ocorridos em Santa Quitéria, o diretor de Segurança Institucional do TJMA, coronel Boaventura Furtado, acertou com o comandante do 6º Pelotão (4ª CPIND/PMMA), tenente Geraldo de Jesus Pinto dos Santos – responsável pela distribuição da Guarda Municipal – o restabelecimento da segurança do fórum, feita atualmente por dois guardas do município, durante o expediente, e dois vigilantes contratados para o período da noite.
Ao destacamento de PM em Santa Quitéria foi solicitado reforço na segurança, com rondas diárias de policiais ao fórum. O comandante da 4ª Companhia de Polícia Independente de Chapadinha, major Edvaldo, garantiu a manutenção da escolta da magistrada no trajeto Chapadinha/Santa Quitéria/Chapadinha.
A solicitação de envio de mais policiais para Santa Quitéria foi descartada por falta de efetivo no momento. Policiais da reserva remunerada da PM serão convocados para atuar na segurança dos fóruns no Estado.
O presidente Guerreiro Júnior exige que todas as ameaças à integridade física dos juízes estaduais sejam imediatamente apuradas. “Determinei ao diretor de Segurança trabalho preventivo para assegurar a ordem nos fóruns e a segurança dos magistrados”, disse. O diretor de Segurança Institucional afirma que as recomendações da Presidência estão sendo cumpridas.

Apoio da Corregedoria - A juíza Elaile Silva Carvalho, de Santa Quitéria do Maranhão, também esteve no gabinete do corregedor-geral da Justiça, desembargador Cleones Cunha, para comunicar-lhe as ameaças que sofreu. O corregedor-geral mostrou-se preocupado com a situação e ofereceu o apoio que for necessário.

"Face as providências que já estão sendo tomadas pela presidência do Tribunal de Justiça, entendo que o que já foi providenciado está a contento", comentou o desembargador Cleones Cunha.
 

Obras de substituição da adutora do Italuís começa em março

Com o propósito de melhorar o abastecimento de água na capital, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) se prepara para dar início às obras de substituição da adutora do Sistema Italuís, no trecho do Campo de Perizes. A previsão é que o trabalho comece em março deste ano.
“A nova adutora terá uma tubulação em aço carbono, com diâmetro de 1.400 milímetros, o que proporcionará uma melhoria nos coeficientes. Teremos um ganho de vazão da ordem de 1.500 metros cúbicos por hora, o que irá melhorar o abastecimento de água na capital”, disse o presidente da Caema, engenheiro João Reis Moreira Lima. Ele destacou que a adutora será instalada em trecho que avança alguns metros para dentro do Campo, após as torres de alta tensão, o que vai liberar o corredor viário para o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit) realizar a duplicação da BR-135.
Durante os trabalhos, que terão o prazo aproximado de um ano, o abastecimento de água continuará normalmente. Será interrompido somente quando forem feitos os serviços de interligações e por prazo máximo de dois dias. João Moreira Lima afirmou ainda que a interrupção será programada e divulgada em todos os meios de comunicação para que não ocorra prejuízo à população. “A Caema não vai medir esforços para tentar diminuir esse prazo”, disse.
No dia 24 de janeiro, serão abertos os envelopes com as propostas de preços dos cinco consórcios pré-qualificados para a Concorrência Pública. Será vencedora no certame a empresa que apresentar a melhor proposta de preço, e, caso não ocorra nenhum problema jurídico, a ordem de serviço será dada até o início de março deste ano, quando serão começam as obras.
A substituição da adutora será feita apenas no trecho do Campo de Perizes, em uma extensão de aproximadamente 20 quilômetros. João Reis Moreira Lima destacou que o Governo do Estado tem se empenhado o máximo na captação de recursos do Governo Federal para as obras de substituição da adutora.
“A governadora Roseana Sarney também já garantiu a contrapartida dessa obra no valor de R$ 130 milhões, visando melhorar a qualidade de vida da população de São Luís”, assinalou. O prazo para a conclusão da obra, a partir da emissão da ordem de serviço, é de 10 meses a um ano.
O Sistema Italuís foi implantado em 1982, tendo vida útil calculada em cerca de 20 anos. O desgaste causado pelo tempo é uma das principais causas dos constantes rompimentos, agravados em razão da salinidade existente no local, favorecendo o acelerado processo de corrosão.
Segundo o diretor de Operação, Manutenção e Relacionamento com o Cliente, engenheiro Cristovam Dervalmar Rodrigues Teixeira Filho, a Caema trabalha para evitar rompimentos até que seja feita a substituição da adutora. “A tubulação está comprometida e a cada ano que passa aumentam os riscos de rompimentos por problemas de corrosão, o que está ocorrendo na parte externa, principalmente devido à agressividade do meio ambiente do Campo de Perizes”, justificou Cristovam.
Projeto Italuís II
Já estão garantidos os recursos financeiros para outro projeto de abastecimento de água - o Italuís II, de produção e distribuição de água para a grande São Luís e para o Distrito Industrial que está se formando no eixo Bacabeira, Santa Rita e Rosário. Devido à nova configuração industrial, esse projeto será redimensionado. Serão realizados novos estudos e o que já foi executado desse processo vai ser reaproveitado na íntegra.
O presidente da Companhia acredita que a substituição da adutora no Campo de Perizes, juntamente com a execução do Projeto Italuís II, irá melhorar significativamente os serviços prestados pela Caema, podendo até acabar com o rodízio de água na cidade.

Homem foge da PM a nado no Rio Itapecuru

Um elemento identificado apenas como Ailton conseguiu fugir da Polícia Militar do Maranhão em Coroatá a nado durante perseguição na última sexta-feira (06).
(Foto: Reprodução)
Após ser abordado, durante uma blitz, na ponte Trizidela, sob o rio Itapecuru, em Coroatá, policias reconheceram o elemento que já estava sendo procurado.Ele é acusado de atear fogo na moto de sua companheira.
Ao reconhecê-lo, policias deram voz de prisão ao elemento que correu e se jogou no rio e, a nado, conseguiu fugir
Durante a tentativa de prender o homem procurado, houve disparos, mas nenhum o atingiu.

Cinemas são obrigados a informar sobre uso de drogas

Os cinemas instalados em todo o território maranhense serão obrigados a exibir informes publicitários, antes de cada sessão, esclarecendo as consequências sofridas pelo organismo humano devido ao uso de drogas, assim como suas implicações sociais.
(Foto: Divulgação)
A Lei, de iniciativa da deputada Vianey Bringel (PMDB), foi sancionada pelo governo do Estado e passou a vigorar desde o último 28 de dezembro.
A iniciativa pretende utilizar o meio de comunicação para difundir ou mesmo reforçar ações didáticas, ajudando na prevenção e combate às drogas em todas as camadas da sociedade. “A solução para a questão em debate, apesar de aparecer utópica, deve ser intentada com a cooperação de toda a sociedade, para que se consiga, num futuro não muito distante, a erradicação total dos malefícios causados pelo uso de drogas, entre eles o narcotráfico, a miséria, a violência, o analfabetismo e outras mazelas sociais bem conhecidas por todos nós”, justificou a parlamentar, ainda na elaboração do projeto.
Apesar de já estar em vigência, a Lei ainda será regulamentada pelo Poder Executivo.

Homem é preso roubando objetos no show de David Guetta

Um homem identificado por Erminio Batista Almeida Júnior foi preso no início da madrugada desta quarta-feira (11) furtando objetos de pessoas que foram ao show internacional do DJ David Guetta no MultiCenter Sebrae em São Luís.
Erminio usava a tática de esbarrar nas pessoas e conseguia furtar carteiras, celulares, máquinas fotográficas, dentre outros objetos.
Ele foi preso em flagrante e levado para a delegacia.