terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Idosa morre atropelada por moto em Codó

Foto: TV Mirante
Nesse fim de semana, uma pessoa morreu após de ser atingida por uma moto pilotada por um menor de idade, em Codó.
A vítima foi uma mulher de 70 anos, que voltava da igreja e atravessava a avenida. Neste momento, um jovem de 17 anos a atropelou.
De acordo com a polícia, o garoto empinava a moto no momento e baixou o pneu em cima da idosa. A senhora fraturou o braço em três lugares e teve traumatismo craniano, morrendo poucas horas depois no hospital.
A motocicleta e o menor foram apreendidos, mas a privação da liberdade dele, por conta da morte da aposentada, ainda é incerta.
A Polícia Militar reconhece com o problema é grave no município de Codó, mas afirma que faz o trabalho de blitz periodicamente para coibir este tipo de crime.

Corpo é desovado em bueiro em João Lisboa

Um corpo foi encontrado na manhã deste domingo (9) dentro de um bueiro na Ferrovia Norte Sul, no município de João Lisboa, próximo a Imperatriz.
O cadáver já se encontrava em estado avançado de putrefação. Um grande número de curiosos estiveram no local mais não reconheceram o morto.
O corpo foi encontrado com uma corda no pescoço e pancadas na cabeça, além das mãos amarradas.
O IML resgatou o cadáver do bueiro e constatou que o corpo é de um homem negro, aparentando ter entre 25 e 30 anos, com aproximadamente entre 1,70 á 1,80 altura.
A vítima possui ainda duas tatuagens de estrelas, uma em cada ombro, e outra tatuagem grande na costela.
O estado de putrefação que se encontrava o cadáver demonstra que este deve ter sido jogado no local há dois ou três dias
Com informações e fotos do Blog Notícia da Foto

Homem confessa ter matado pais, irmã e sobrinho

Um homem de 38 anos confessou, por volta das 16h deste domingo (9), ter assassinado seus pais, a irmã e o sobrinho a martelada e marretada em Penha, Norte de Santa Catarina.
De acordo com informações do delegado Rodolfo Farah Valente Filho, ele é usuário de drogas há cinco anos afirmou que havia consumido cocaína no momento dos homicídios.
O crime ocorreu por volta das 22h de sexta-feira (7), no bairro Armação, na casa da família.
Depois da confissão, a Polícia Civil pediu a prisão temporária do suspeito, que foi preso na noite de domingo (9).
Na tarde deste domingo (9), o homem afirmou que há tempo já sentia raiva da irmã, Leopoldina, de 41 anos, por acreditar que ela tratava mal seus pais. Ele contou que usou cocaína e tomou coragem para assassiná-la.
Mas, como não queria que a mãe dos dois, Carmen Cunha Flores, 69, sofresse, chamou a senhora para os fundos da casa e assassinou a mulher com uma marreta.
Segundo o homem, depois de matar a mãe, ele deixou a marreta em uma gaveta e pegou um martelo e foi até um cômodo da casa para executar a irmã.
Como o sobrinho, Pedro Henrique, 10 anos, presenciou a cena, ele também matou o menino, e depois o pai, Luiz, 72, que estava em outro quarto.
Segundo o delegado, o home já era o principal suspeito dos crimes. A Polícia Civil tem o prazo de dez dias para concluir o inquérito e entregar à Justiça.

Caminhão invade casa de idosa e ela fica presa no local por mais de uma hora




Uma das casas envolvidas no acidente teve grande parte da frente invadida pelo caminhão, impedindo a saída dos moradores. (Karlos Geromy/OIMP/D.A Press)
Uma das casas envolvidas no acidente teve grande parte da frente invadida pelo caminhão, impedindo a saída dos moradores.
Um acidente na manhã desta segunda-feira (10), deixou moradores do bairro do Monte Castelo, e especialmente de duas residências da Rua Tancredo Codeiro, apavorados. As duas casas foram invadidas por um caminhão, destruindo grande parte da estrutura das moradias. Em uma das casas, seis pessoas, incluindo uma idosa de 80 anos. ficaram impossibilitadas de sair da residência por mais de uma hora.

De acordo com Luís Carlos, que é genro de uma das proprietárias das casas, o caminhão teria estacionado acerca de 15 metros das residências, para realizar uma descarga de materil de construção e logo após iniciaram um reparo mecânico no veículo. Segundo ele, foi nesse momento que o acidente aconteceu. 

"Foi tudo muito rápido. Eles tinham terminado de descarregar o material e começaram a consertar o caminhão que estava com problemas e quando percebemos o carro já estava invadindo as casas", revela Luís Carlos.

A outra residência destruída pela colisão, é de propriedade de Robson Rocha, de 57 anos. Na casa, além dele, moram outras sete pessoas, incluindo a mãe do proprietário, uma idosa de 86 anos. A senhora e mais cinco pessoas ficaram impossibilitadas de sair de casa por mais de uma hora. Apesar de todo o susto, ninguém saiu ferido.

O condutor do veículo foi identificado como Cristiano Sousa Fiqueine, de 39 anos, proprietário do Deposito Fiquene, que trabalha com vendas de material de construção. Ele contou como aconteceu o acidente. 

"Eu tinha acabado de descarregar o material e o caminhão deu um problema. Então eu chamei meu irmão que é mecânico para ele resolver. Quando ele estava identificando o problema, o equipamento que trava o freio de mão destravou e então o caminhão invadiu as casas", explicou Cristiano. 

Cristiano Fiquene, disse ainda que vai arcar com todas as despesas necessárias para a recuperação das residências. "Eu assumo minha culpa.Assino qualquer documento assumindo a culpa e o compromisso de ajudar no que for preciso", revela.

O delegado Joviano Furtado informou que, primeiramente será feita a perícia e que depois a polícia deverá acompanhar o caso, para garantir que o responsável pelo acidente cumpra o acordo firmado, amigavelmente, com os proprietários das casas.

"Eles fizeram o acordo e o Cristiano se comprometeu em realizar os reparos, e assim que encontrar um pedreiro disse que começará a obra. Isso deve demorar cerca de 3 a 4 dias. Se nesse prazo não for apresentado nenhuma ação de reparo, os proprietários das residências devem procurar seus direitos na justiça", recomenda o delegado.

Dupla é presa com uma pistola e muitas drogas no bairro do Barreto



O traficante Ademar Gomes Filho conhecido como "Bracinho", foi preso por policiais do Departamento de Narcóticos, (Denarc). A prisão foi efetuada no Barreto e o acusado foi encontrado com uma pistola 0.40 e uma certa quantidade de drogas. Também foi preso Lucas Augusto Gomes, que estava em companhia de "Bracinho".

De acordo com as informações repassadas pelo Denarc, "Bracinho" e considerado um dos maiores traficantes do Barreto e já responde por cerca de cinco processos por tráfico de drogas na Justiça. Ele também e acusado de ter matado em maio deste ano o homem conhecido como "Haxixe", que seria um dos seus rivais no tráfico de drogas naquela área. "Bracinho" foi encaminhado para o Denarc, onde foi autuado em flagrante.

Eike Batista retoma posto de homem mais rico do Brasil



O dono da MPX, Eike Batista, que no Maranhão constrói termelétricas em São Luís e Santo Antônio dos Lopes e explora gás natural em Capinzal do Norte, voltou ao topo do ranking dos homens mais ricos do mundo. 

Ele havia perdido o posto para Jorge Paulo Lemann, da AN-InBev, mas, segundo o índice de bilionários do canal de finanças Bloomberg, retomou a posição após faturar U$ 400 milhões em trinta dias.

Motorista que matou três e feriu dois deve responder por homicídio doloso


Rafael dos Santos Alves confessou que ingeriu bebida alcóolica e não dormiu na noite anterior ao acidnete que matou três pessoas e feriu mais duas. (Gilson Teixeira /OIMP/OIMP/D.A Press)
Rafael dos Santos Alves confessou que ingeriu bebida alcóolica e não dormiu na noite anterior ao acidnete que matou três pessoas e feriu mais duas.
O motorista do veículo Fiat Strada, de placas NHH-2383, que atropelou e matou três pessoas, além de ferir outras duas, na manhã do último domingo (9) em São Luís, deve ser indiciado por homicídio doloso (quando há a intenção de matar).


O acidente aconteceu em uma parada de ônibus em frente ao Centro de Produção Artesanal do Maranhão (Ceprama), no bairro Madre Deus. Rafael Alves, de 24 anos, confessou ter ingerido bebida alcóolica, além de não ter dormido a noite anterior. 

Segundo o delegado titular da Superintendência da Polícia Civil da Capital (SPCC), Sebastião Uchoa, a orientação que vem sendo dada aos delegados da Região Metropolitana de São Luís (RMSL), é que os crimes de trânsito da mesma natureza que o causado por Rafael Alves, em que o responsável confessa ter ingerido bebida alcoólica antes de assumir a direção do carro, sejam tipificados como homicídio doloso.

As investigações para apurar os detalhes do acidente, deverão ser iniciadas nesta terça-feira (11) e, de acordo com o delegado titular do Distrio Polciial do Centro (1º DP), Newton Correia Filho, por envolver vítimas fatais, o inquérito tem o prazo de dez dias para ser concluído.

Fiscais da Aged apreendem vacinas antirrábicas congeladas em Codó


Foto: Divulgação
SÃO LUÍS - Fiscais da Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged), órgão vinculado à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), apreenderam nesta segunda-feira (10), no município de Codó, 119 frascos de vacina antirrábica. A ação impediu a venda de 2.975 doses, que estavam completamente congeladas.
A chefe da Unidade Veterinária da Aged em Codó, Raysa Verde Abas, informou que as vacinas apreendidas serão incineradas. "Essas vacinas estão inativas e não servem mais para uso, pois não formam mais anticorpos, e o animal não fica protegido", explicou ela, afirmando que o proprietário da casa agropecuária foi autuado pela fiscal da Aged, Jaqueline Veras Alencar, que, na ocasião, fazia uma inspeção de rotina no comércio.
Os 119 frascos, que custam entre R$ 21 e R$ 27 no comércio de Codó, estavam congelados, quando a temperatura ideal para conservação das vacinas é de 2° a 8°. A vacina é destinada a animais de grande porte - como bovinos e equinos, mas, também, pode ser utilizada em ovinos e caprinos.
Em novembro deste ano, a Aged baixou portaria que tornou obrigatória em 48 municípios maranhenses - Codó não está inserida nesta relação - a vacinação contra a raiva animal, a fim de controlar o alto índice da doença em herbívoros domésticos. A obrigatoriedade da vacinação antirrábica é para bovídeos, equídeos e mamíferos, já a partir do primeiro dia de vida.
É necessário vacinar, periodicamente, os animais domésticos nas áreas endêmicas, mesmo que não haja focos de raiva porque, existindo o morcego hematófago, principal transmissor, pode surgir, a qualquer momento, um novo foco entre os herbívoros domésticos, com prejuízos econômicos para o pecuarista, além do risco à saúde de transmissão dessa zoonose a todas as pessoas em contato com os animais infectados.
Os municípios que deverão vacinar seus animais são Apicum-açu, Amapá do Maranhão, Araguanã, Arari, Bacuri, Bacurituba, Bequimão, Boa Vista do Gurupi, Cajapió, Cajari, Cândido Mendes, Carutapera, Cedral, Central do Maranhão, Centro do Guilherme, Centro Novo do Maranhão, Cururupu, Godofredo Viana, Governador Newton Belo, Governador Nunes Freire, Guimarães, Junco do Maranhão, Luís Domingues, Maracaçumé, Maranhãozinho, Matinha, Mirinzal, Nova Olinda do Maranhão, Olinda Nova do Maranhão, Palmeirândia, Pedro do Rosário, Penalva, Peri-Mirim, Pinheiro, Porto Rico do Maranhão, Presidente Médici, Presidente Sarney, São Bento, São João Batista, São Vicente Férrer, Santa Luzia do Paruá, Santa Helena, Serrano do Maranhão, Turiaçu, Turilândia, Viana, Vitória do Mearim e Zé Doca.

Bandidos arrombam caixa eletrônico do Bradesco em Fernando Falcão

O crime foi praticado por sete homens fortemente armados. A ação aconteceu nesta madrugada (11).

SÃO LUÍS - Sete bandidos, fortemente armados, arrombaram, na madrugada desta terça-feira (11), os caixas eletrônicos da agência do Bradesco do município de Fernando Falcão, na região sul do Estado. A informação foi confirmada pela Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI). Até o momento, não há informações do dinheiro roubado. Os criminosos conseguiram fugir sem deixar rastros.
Um grupo responsável por cometer assaltos nas cidades de Bom Jardim, Arari e Olinda Nova foi apresentado na tarde de ontem (10) no auditório da Secretaria de Segurança Pública (SSP) pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes. A polícia investiga a atuação da quadrilha, especialista em explosão de caixas eletrônicos, em outros municípios do estado. Os bandidos apresentados foram presos na quinta-feira (6), em Santa Inês, durante uma ação conjunta realizada pelo Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic).
Presos
Os assaltantes presos foram Isaias Silva de Oliveira, de 25 anos, natural de Bom Jardim; Hugo Alves de Vasconcelos, de 39 anos, de Instância (SE); Francisco de Jesus Silva, de 21 anos, de Bacabal (MA); Herbeth Rodrigues de Sousa, de 39 anos, de São Mateus (MA); Fábio Nascimento Carneiro, de 24 anos, de Lago do Junco (MA), e Antônio Gomes de Sá; Jhamerson Barros de Sousa, que trocou tiros com os policiais, encontra-se hospitalizado.
Com o grupo, foram apreendidos dois artefatos de explosivos; cinco armas, sendo um rifle 44, duas pistolas (uma nove milímetros de fabricação tcheca, e uma Taurus 765), dois revólveres 38; dois veículos, um Idea e um Corsa Classic, e uma moto Honda CB300.

Apresentada quadrilha envolvida em explosões de caixas eletrônicos

O grupo é responsável por cometer assaltos nas cidades de Bom Jardim, Arari e Olinda Nova.
.
Foto: Divulgação
SÃO LUÍS - Uma ação conjunta realizada pelo Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic) desarticulou mais uma quadrilha envolvida em assaltos a agências bancárias e explosões de caixas eletrônicos.
O grupo é responsável por cometer assaltos nas cidades de Bom Jardim, Arari e Olinda Nova. A polícia investiga, também, a atuação da quadrilha em outros municípios do estado. Eles foram surpreendidos pelos policiais na última quinta-feira (6), em Santa Inês, e apresentados na tarde desta segunda-feira (10), no Auditório da SSP, pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes.
Presentes, também, o secretário-adjunto de Inteligência e Assuntos Estratégicos, Laércio Costa; a delegada Geral de Polícia Civil, Maria Cristina de Meneses; e o Superintendente da Seic, delegado Augusto Barros.
Segundo Aluisio Mendes, o bando atuava fortemente armado e já havia planejado outro assalto em Bacabeira. “É um grupo com atuação violenta. Eles tomavam como reféns os vigilantes em suas ações criminosas. Houve, inclusive, reação contra a Polícia no momento da abordagem”, disse.
Presos
Foram presos Isaias Silva de Oliveira, 25 anos, natural de Bom Jardim; Hugo Alves de Vasconcelos, 39 anos, de Instância (SE); Francisco de Jesus Silva, 21, Bacabal (MA); Herbeth Rodrigues de Sousa, 39, de São Mateus (MA); Fábio Nascimento Carneiro, 24, Lago do Junco (MA); e Antonio Gomes de Sá; Jhamerson Barros de Sousa, que trocou tiros com os policiais, encontra-se hospitalizado.
Com o grupo, foi apreendido 2 artefatos de explosivos; 5 armas, sendo 1 rifle 44, 2 pistolas (uma 9mm, de fabricação tcheca, e uma Taurus 765), 2 revólveres 38; 2 veículos, modelos Idea e um Corsa Classic; e 1 moto Honda CB300.
Aluísio Mendes ressaltou o apoio do Poder Judiciário de Arari na efetivação das prisões dos elementos. “A Polícia está atenta a cada movimento desses criminosos. Estamos preparados para levá-los às grades. A SSP atua com um trabalho de intercâmbio com as instituições financeiras e de troca de informações e inteligência com força de segurança de outros estados. O final para esses bandidos sempre será esse: a Penitenciária de Pedrinhas”, afirmou.