quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Mais uma tubulação de água se rompe

A Caema (Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão) comunicou, na manhã de hoje (12), que a subadutora responsável pelo abastecimento de água nos bairros do eixo Itaqui-Bacanga, localizada na Barragem do Bacanga, apresentou vazamento em decorrência dos serviços finais da desmontagem e travamento da tubulação na treliça.
Foto: G. Ferreira
Dois pontos da tubulação, no Bacanga, apresentaram vazamento
A empresa informou, ainda, que equipes da Companhia já estão no local trabalhando para resolver o problema em um prazo de até 48 horas, com o retorno normal do abastecimento de água na região.
Este foi o terceiro rompimento de uma tubulação do sistema de abastecimento de água de São Luís em menos de duas semanas.
Foto: G. Ferreira
Cristovam Rodrigues, diretor de Operações da Caema, esteve no local
Na madrugada de 31 de dezembro a tubulação do Sistema Italuís rompeu no Km 38 da BR-135 (Campo de Perizes), ocasionando falta de água em mais de 60 bairros da capital maranhense. A adutora do Italuís voltou a romper na noite de 4 de janeiro, no Km 36 da BR-135.

SPCI vai participar das investigações sobre a morte de 'Chico Riograndense'

A Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) informou ontem (11) que vai auxiliar o delegado Edmar Cavalcante, titular da Delegacia Regional de Presidente Dutra, nas investigações para descobrir a autoria e motivação da morte do ex-prefeito do município maranhense de São José dos Basílios, Francisco Ferreira Sousa, o “Chico Riograndense” (PDT), de 69 anos. Ele foi assassinado a tiros, na manhã do último sábado (7), numa estrada de São José dos Basílios, à altura do povoado Poção (a 15 quilômetros da sede).
De acordo com o delegado César Veloso, auxiliar da SPCI, dois investigadores vão ser enviados para São José dos Basílios para ajudar nas investigações, além de uma viatura descaracterizada.
“Vamos dar o suporte necessário para a investigação, tanto que nesta semana dois investigadores vão ser enviados para sondar os suspeitos e ajudar nas intimações de quem for necessário”, contou Veloso.
Na última terça-feira (10), o delegado Edmar Cavalcante esteve em São Luís para pedir apoio à SPCI, e conversou com a delegada geral Maria Cristina Resende a respeito do crime. César Veloso contou que as investigações estão sob sigilo, mas que não está descartada a possibilidade de que o crime tenha sido cometido por motivação política, ou pelo fato de a vítima ser suspeita de encomendar crimes de pistolagem. “A expectativa da polícia é de descobrir a autoria do crime (mandante e executor), no período de 30 dias”, informou o delegado.
Crime – Chico Riograndense foi morto por volta das 8h30, quando conduzia o veículo Fiat Strada, voltando de uma visita à sua fazenda. De acordo com a polícia, ele foi alcançado por uma moto prata, ocupada por dois homens, e o “garupa” sacou uma pistola calibre 380, efetuando vários disparos na direção da vítima, que perdeu o controle do veículo, saindo da estrada e invadindo um matagal.
O ex-prefeito estava acompanhado de um trabalhador rural, identificado como Loriel Pereira da Silva, que não sofreu ferimentos graves. O corpo de Chico Riograndense foi encontrado com quatro perfurações na cabeça e uma no ombro. Os disparos fatais foram todos efetuados com o carro do ex-prefeito em movimento, segundo informou Loriel Pereira em depoimento

Dupla é presa após tomar 7 mil em 'saidinha bancária'

Por volta das 16h de sexta-feira (6), policiais militares do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) prenderam dois homens após eles praticarem uma 'saidinha bancária', levando R$ 7 mil da vítima. O crime ocorreu no Residencial Araras, área da Cohama, e teve como vítima Áurea Lúcia Cunha, moradora da Rua 7, quadra 11, do residencial.
De acordo com o soldado J. Braga, que efetuou a prisão junto com o PM Roberto, a captura da dupla ocorreu na Rua 54, do Vinhais, após perseguição. Foram capturados Mailson Moreira Silva, de 27 anos, morador do Residencial Edinho Lobão/Maiobão; e David Macedo Farias, 32, que reside no Maiobão.
A dupla, que estavam em uma motocicleta, tomou o dinheiro da vítima quando ela chegava em casa, após sacar o valor roubado. Além dos R$ 7 mil, os assaltantes levaram celular e documentos pessoais de Áurea Lúcia.
Com os suspeitos, a polícia apreendeu um revólver Taurus, calibre 38, com cinco munições intactas, além de uma moto Yamaha preta, de placa NHQ-2639. Eles foram conduzidos para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), onde foram reconhecidos por várias vítimas; porém, disseram que o dinheiro de Áurea Lúcia teria sido dispersado.

Mulher de vereador com renda familiar acima de R$ 2 mil recebe Bolsa Família

renda familiar per capita de Francisca Araújo e do vereador 'Valdo' é de mais R$ 1.100 – oito vezes maior do que os R$ 140 estabelecidos pelo Bolsa Família

De acordo com dados pesquisados pelo Jornal Pequeno no Portal da Transparência dos Recursos Públicos Federais, da Controladoria Geral da União (CGU), Francisca das Chagas Araújo Santos, mulher do vereador Valdemir Pereira dos Santos, o 'Valdo' (PT), do município maranhense de Senador Alexandre Costa, recebe ilegalmente benefícios do Bolsa Família há três anos.
A renda familiar per capita (por pessoa) de Francisca é de mais R$ 1.100, já que desde janeiro de 2010 ela ganha R$ 736 mensais como funcionária da Prefeitura e o marido – eleito vereador em 2008 – tem salário de R$ 1.500. Os salários dos dois somam R$ 2.236.
Para ter direito ao Bolsa Família – programa federal destinado exclusivamente a famílias pobres e extremamente pobres –, o beneficiário deve ter renda familiar per capita de até R$ 140. O rendimento por pessoa da família de Francisca e 'Valdo' é oito vezes maior do que o estabelecido pelo Bolsa Família.
R$ 4,5 mil recebidos – Segundo o que o JP apurou no Portal Transparência (www.portaltransparencia.gov.br), Francisca das Chagas Araújo Santos recebe o Bolsa Família desde maio de 2006. Mesmo após a eleição de seu marido, o vereador 'Valdo', em outubro de 2008, ela não pediu o desligamento do programa. Tampouco renunciou ao benefício após ser admitida na Prefeitura de Senador Alexandre Costa como diretora de divisão da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos.
O Portal da Transparência registra saques de Francisca no Bolsa Família, entre 2009 e 2011, no valor total de R$ 4.508 (R$ 1.512 em 2009; R$ 1.608 em 2010; e R$ 1.388 em 2011). No ano de 2011, o valor pode ser maior, já que o portal da CGU só registra o que foi sacado até o mês de outubro.
Os recursos do Bolsa Família são enviados mensalmente às prefeituras, responsáveis pelo cadastramento dos beneficiários. Só entre 2009 e 2011, a Prefeitura de Senador Alexandre Costa recebeu R$ 5,4 milhões do Bolsa Família (R$ 1,6 milhão em 2009; R$ 1,9 milhão em 2010; e R$ 1,9 milhão em 2011). A Polícia Federal (PF) já constatou casos em municípios nos quais os recursos do Bolsa Família são usados para fins eleitoreiros durante o cadastramento da prefeitura.
Aliado – O vereador petista Valdemir Pereira dos Santos é um dos seis aliados que o prefeito Carlos Pereira Machado (PTB) tem na Câmara de Senador Alexandre Costa. Machado é investigado pelo Ministério Público Federal (MPF), sob a acusação de ter 'inventado' uma enchente no município em 2009 para obter mais de R$ 2 milhões em recursos da União, conforme revelou o JP em 11 de dezembro último.
Fraudar o programa Bolsa Família é crime federal. O gestor e as pessoas ilegalmente beneficiadas podem responder por estelionato, cuja pena é de um a cinco anos de reclusão, multa e devolução do dinheiro recebido indevidamente.
O JP tentou contato com a Câmara de Vereadores de Senador Alexandre Costa, na sexta-feira (6), para que o vereador 'Valdo' falasse sobre o caso, mas não obteve êxito.

Empresários são mortos no Distrito Industrial

Dois empresários, que são irmãos, identificados como Queiroz e José Mauro, foram mortos na tarde desta quarta-feira (11), por volta das 15h30. O crime ocorreu no interior da empresa deles, a Rep Lubi,no km 10, da BR-135.
De acordo com informações obtidas pelo Jornal Pequeno, o autor do crime chegou perguntando por Queiroz, mas José Mauro disse que seu irmão não estava e o pistoleiro atirou nos dois

Jovem morre na BR-135 depois de violento choque com um caminhão

O vigilante Clecio Gomes de Melo, de 28 anos, morreu na madrugada de ontem, na BR-135, em um acidente envolvendo um caminhão e um Celta. O caminhão, que vinha no sentido Vila Maranhão – Itaqui, perdeu o controle na pista e atingiu o carro Celta, que estava parado no acostamento por problemas mecânicos. Ao atingir o veículo, o caminhão seguiu desgovernado para a outra via atingindo a motocicleta que era pilotada por Clecio de Melo.
O condutor do Celta fraturou o braço e sofreu um corte na cabeça. Clécio de Melo morreu na hora. O corpo, mutilado, ficou preso debaixo do caminhão, cujo motorista fugiu do local.
Foto: G. Ferreira
O caminhão causou a morte do vigilante Clecio de Melo e feriu o condutor do Celta
Segundo agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 4 horas da madrugada e foi causado quando o motorista do caminhão, que vinha no sentido Vila Maranhão/Porto do Itaqui, perdeu o controle da direção do veículo, subiu no canteiro central da BR e atingiu em cheio o motociclista, identificado como Clécio Gomes Melo, de 28 anos, que estava do outro lado da rodovia, seguindo no sentido oposto e que, no momento do acidente, estava parado no acostamento.
Antes de acertar o motociclista, o caminhão desgovernado colidiu com o Celta de cor vermelha, placa HPU-1618, que estava no canteiro central da rodovia por causa de problemas mecânicos. Segundo um inspetor da PRF, na hora do acidente, o veículo estava sendo empurrado para fora da pista por três pessoas, que momentos antes estavam dentro do carro.
O motorista do Celta, identificado como Luís Carlos Ferreira de Sousa, de 24 anos, morador do bairro Pedrinhas, quebrou o braço, teve ferimentos graves na cabeça e foi encaminhado para um hospital público. Clécio Gomes de Melo, natural do município de Cedral, morreu na hora. Ele teve o corpo mutilado, ficando preso debaixo do caminhão.
Por causa da força do impacto, o Celta ficou completamente amassado. A frente do caminhão também ficou bastante avariada, pois logo depois que o veículo atingiu o motociclista, ele partiu em direção a uma parada de ônibus, do outro lado da rodovia, chegando a destruí-la. Clécio Gomes de Melo, que era filho de Maria Raimunda Gomes de Melo e de Fermino Emanoel Melo, morava na Rua 25, casa 15, no bairro Vila Embratel.

Pedreiro morre após ser atropelado na Africanos

O motorista de um veículo da montadora Toyota, de placa HPX-9680, perdeu o controle da direção e atropelou o pedreiro Antônio Procópio Nunes, de 53 anos, na tarde de ontem (11), na Avenida dos Africanos – entrada do Parque Pindorama. A vítima foi arremessada para fora da pista, tendo morte instantânea, e o carro capotou várias vezes, provocando ferimentos no condutor – não identificado até o fechamento desta edição, que foi levado para uma casa de saúde.
Foto: Divulgação
Antônio Procópio foi arremessado para as margens do Rio das Bicas
A vítima foi atropelada quando transitava pelo acostamento da avenida, junto com um companheiro de trabalho, identificado apenas como Valdir, após o término de um serviço no Bairro de Fátima. Valdir não foi atingido porque pulou, quando viu o carro desgovernado.
O acidente aconteceu na via sentido Bairro de Fátima/Coroado e provocou um grande congestionamento

Maranhense é morto em chacina no interior de Goiás

Um maranhense de 29 anos, natural do município de Alto Alegre, e mais três pessoas foram assassinadas em uma chacina, ocorrida na madruga de sábado, 7, no estado de Goiás. Carlos Darlan Marques de Souza, de 29 anos, e as outras vítimas, segundo a Polícia Civil de Nerópolis-GO, eram membros de uma quadrilha especializada em roubo de cargas, atuante também nos estados do Maranhão, Tocantins, Distrito Federal e Minas Gerais.
Os corpos foram encontrados com várias perfurações de bala e carbonizados, às margens da rodovia GO-433, distante cerca de 6 km de Nerópolis. Além do maranhense, foram mortos Márcio Borges de Oliveira, de 32 anos, Priscila Camargo, de 22 anos, e o namorado dela, Diolino Gonçalves Loiola, de 44 anos. De acordo com o delegado Mozart Martins Machado, este último seria o líder do bando, com várias passagens na polícia.

''Alvo seria José de Queiroz Filho'', relatam testemunhas

Retrato falado do autor do duplo homicídio foi feito por peritos do Icrim e divulgado à imprensa.

SÃO LUÍS - O delegado Roberto Wagner, lotado no 12º Distrito Policial, disse já ter ouvido três testemunhas do assassinato de dois irmãos, natural da Bahia, José Mauro Alves de Queiroz, de 57 anos, e José de Queiroz Filho, de 68 anos, sócios da recicladora de óleo Replub Comércio e Indústria de Derivados de Petróleo, localizada no km 10 da BR-135, bairro Rio Grande (área do Maracanã).

A dupla foi executada no início da tarde desta quarta-feira (11). dentro do escritório da empresa. Segundo informações da Polícia Civil, o duplo homicídio tem características de encomenda, pois o autor do crime perguntou o nome de uma das vítimas antes de atirar na cabeça de cada uma delas. Foram ouvidos o vigia, sobrinho dos empresários, Márcio Ney e sócio da empresa, identificado como Sérgio.

Segundo a Polícia, o autor do duplo homicídio tinha como alvo José de Queiroz Filho, pois segundo o vigia e Sérgio, ele chegou perguntando pelo empresário. De acordo com o que foi relatado ao delegado Roberto Wagner, o matador teria chagado à empresa, por volta das 14h, em uma moto Honda Bros preta (placa não anotada), chamou o porteiro da firma e pediu para falar com um dos quatro sócios da recicladora, identificado apenas como Sérgio. Este teria ido até o portão principal e conversado com o assassino, que se disse interessado em comprar óleo para a "Cerâmica Coqueiro".

Depois de falar sobre a suposta compra, empunhar um revólver, render o porteiro e o sócio, e obrigá-los a levá-lo até o escritório da empresa, o homem, já diante das vítimas, perguntou qual dos dois irmãos era a pessoa que procurava e um deles respondeu: "Ele não está aqui". Não satisfeito, o assassino atirou na cabeça de José Mauro, o irmão mais novo, que caiu sentado em uma cadeira", disseram os depoentes.

Após matar a primeira vítima, o assassino teria resolvido abrir uma das gavetas do escritório, onde encontrou um documento com a foto de José de
Queiroz Filho. Ao identificar o alvo pela fotografia, o criminoso apontou a arma em sua direção e atirou duas vezes, também na cabeça. Após efetuar os disparos, o assassino deixou o escritório e fugiu no mesmo veículo, tomando rumo ignorado. Existem boatos que antes de cometer o crime, o assassino teria pedido as carteiras de identidades das vítimas. A versão foi descartada pelo delegado Roberto Wagner

Retrato Falado

O delegado informou, ainda, que o retrato falado do assassino foi feito por peritos do Icrim baseado com o relato das testemunhas e divulgado à imprensa. Trata-se de um homem jovem, de aproximadamente 30 anos, alto, magro, de pele branca, e trajava calça jeans azul e jaqueta preta. O que chama atenção da Polícia é que ele não escondeu o rosto ao cometer o duplo assassinato.

Complexidade

Além do delegado Roberto Wagner, o caso está sendo investigado pelos delegados Maymone Barros e Jeffrey Furtado, ambos da Delegacia de Homicídios, que trabalham em um crime cheio de complexidade, pois existem várias linhas de investigações.

Uma delas seria a de que os sócios da Replub teriam ganho na Justiça o direito à reintegração de posse de um terreno, também localizado na Vila
Industrial, avaliado em mais de R$ 1 milhão. A disputa judicial teria sido travada com um grupo de empresários, oriundo do estado da Bahia, onde as vítimas teriam nascido. Insatisfeito com a perda da causa, o grupo baiano teria encomendado a morte dos irmãos.

Quem souber do paradeiro do homem que matou os dois empresários entrar em contato com o disque-denúncia pelos telefones: (98) 3223-5800 (São Luís) e 03003135800 (interior do Estado).

Serviço público de saúde é ruim ou péssimo para 61%, diz pesquisa

BRASÍLIA - O serviço público de saúde é ruim ou péssimo para 61% dos brasileiros, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (12) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), que encomendou o levantamento.

De acordo com a pesquisa, 10% da população considera a qualidade dos serviços de saúde pública "ótima" ou "boa".

A demora no atendimento foi considerado o principal problema do sistema público de saúde por 55% dos entrevistados.

Intitulada "Retratos da Sociedade Brasileira: Saúde Pública", a pesquisa informa que 85% dos entrevistados não perceberam avanços no sistema público de saúde nos últimos três anos.

Os pesquisadores ouviram 2.002 pessoas em 141 municípios, entre os dias 16 e 20 de setembro de 2011. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Planos de saúde

Em relação ao acesso aos serviços de saúde, 68% dos brasileiros têm a rede pública como único ou principal meio, segundo a pesquisa, que apontou que 24% têm plano de saúde ou convênio.

Segundo o levantamento, 96% já utilizaram algum serviço em hospitais públicos ou privados.

Os hospitais públicos receberam nota média geral de 5,7 e os hospitais privados de 8,1, em uma escala de 0 a 10, informou a pesquisa.

Os profissionais dos hospitais públicos obtiveram nota média geral de 6,3. Os profissionais dos hospitais privados receberam nota 8,2, também em uma escala de 0 a 10.

Quando os entrevistados foram questionados sobre o sistema de saúde na cidade onde residem, 54% consideraram péssima ou ruim a qualidade dos serviços e 19% consideraram ótima ou boa.

Imposto para a saúde

Apesar de 95% dos entrevistados reconhecerem a importância e a necessidade de se destinar mais recursos para a saúde, somente 4% dos entrevistados disseram acreditar que é necessário aumentar impostos para se obter mais recursos para o setor.

Para 82% dos entrevistados, o governo pode conseguir recursos adicionais para a saúde se acabar com a corrupção.

Bancos são autorizados a enviar dados de rendimentos por e-mail

Clientes poderão ser informados sobre rendimentos decorrentes de aplicações financeiras
Bancos são autorizados a enviar dados de rendimentos por <i>e-mail</i>
BRASÍLIA - A partir de agora, os bancos poderão informar os rendimentos decorrentes de aplicações financeiras dos clientes, para fins de Imposto de Renda, por e-mail, caixa postal ou internet banking, de acordo com a Instrução Normativa 1.235, da Receita Federal do Brasil, publicada no Diário Oficial da União de hoje (12).

De acordo com a nova norma da Receita, no caso de conta conjunta, a informação de rendimentos deve ser emitida em nome do primeiro titular, exceto quando houver declaração expressa em nome de qual deles o informe deve ser emitido.

O banco pode enviar a declaração de rendimentos por meio eletrônico inclusive para clientes no exterior, livrando-se assim da obrigação de envio do informe em papel. O banco precisa, no entanto, manter todos os dados sobre rendimentos creditados para posterior comprovação, quando necessário.

Subadutora do eixo Itaqui-Bacanga apresenta vazamento

Segundo a Caema, retorno do abastecimento d’água na região ocorrerá em até 48 horas.

SÃO LUÍS - A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) comunica que, na manhã desta quinta-feira (12), a subadutora responsável pelo abastecimento d’água nos bairros do eixo Itaqui-Bacanga, localizada na Barragem do Bacanga, apresentou vazamento em decorrência dos serviços finais da desmontagem e travamento da tubulação na treliça.

Informa, ainda, que equipes da companhia já estão no local trabalhando para resolver o problema em um prazo de até 48 horas, com o retorno normal do abastecimento d’água na região

Bando assalta restaurante na avenida Litorânea

O quarteto levou a importância de R$ 5 mil e objetos de clientes. Dois bandidos foram presos.
I
SÃO LUÍS - Quatro homens armados assaltaram na noite desta quarta-feira (11), o restaurante "Barraca do Chef", localizado na avenida Litorânea. Segundo a polícia, a quadrilha estava em um Corsa Classic branco, placa NWT 6430, que havia tomado de assalto.

O crime ocorreu por volta das 22h40. O quarteto levou a importância de R$ 5 mil, além de quatro celulares, iPhone, relógios e dinheiro de pessoas que se encontravam no estabelecimento.

A polícia foi acionada e passou a seguir os passos da quadrilha em função de um dos celulares roubados possuir GPS. Na rotatória do São Francisco, o veículo foi abordado e no interior dele estavam Josivaldo da Cruz Cunha e Leilson Barroso Pimenta, o Baezinho. Foram presos e em poder deles foram apreendidos quatro celulares, dois relógios e a quantia de R$ 174. Os outros dois bandidos continuam foragidos.

Leilson, ou Baezinho, é suspeito de envolvimento da morte da policial civil Manoel Cutrim, ocorrido há dois anos, no bairro do São Francisco.

Presos três homens suspeitos de homicídio em Barra do Corda

O trio é suspeito de assassinar José Rodrigues dos Santos, conhecido como Zé Urias, de 60 anos.

SÃO LUÍS - Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar culminou na prisão em flagrante, nesta terça-feira (10), de um trio suspeito de assassinar José Rodrigues dos Santos, conhecido como Zé Urias, de 60 anos, na cidade de Barra do Corda, há 360 Km de São Luís. O crime ocorreu no povoado Duas Cachoeiras, naquele município.

Antônio César Ferreira de Sousa, o “Grande”; Robson Ferreira da Silva, o “Parazinho”; e Silran Ferreira da Silva, conhecido como “Neguinho”.

O delegado do 2º DP de Barra do Corda, Felipe Augusto, informou que a vítima estava bebendo, domingo (8), em um bar do povoado Duas Cachoeiras. O trio também estava no local. Começou, então, uma discussão entre Zé Urias e os acusados. A vítima foi embora logo. Algum tempo depois, por volta das 2h, os três foram até a residência de Zé Urias e o mataram com inúmeros golpes de faca.

“Grande” e “Parazinho” foram presos no Povoado Duas Cachoeiras e “Neguinho”, em Barra do Corda. Ainda segundo o delegado, “Neguinho” já estava arrumando as malas para fugir quando a polícia chegou à sua casa.

Os três foram autuados pelo crime de homicídio qualificado e estão na Delegacia Regional de Barra do Corda à disposição da Justiça.

Estudantes lotam cursinhos de olho no mercado de trabalho

A maioria está em busca da tão sonhada estabilidade no serviço público.

IMPERATRIZ - Estudantes abrem mão das férias e lotam os cursinhos preparatórios de olho nas oportunidades de trabalho. A maioria está em busca da tão sonhada estabilidade no serviço público. Neste ano, estão previstos vários concursos. Assista à reportagem de Breno Franco, da TV Mirante.

Foragido da Justiça de São Paulo é preso em Timbiras

Antônio José do Nascimento Mourão, de 26 anos, é acusado de matar a esposa na cidade de Guariba.

SÃO LUÍS - A Polícia Civil do Maranhão cumpriu nesta quarta-feira (11), mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de Guariba, no estado de São Paulo, com a prisão de Antônio José do Nascimento Mourão, 26 anos, no município de Timbiras, há 316 quilômetros de distância da capital maranhense.

O delegado do 1º Distrito Policial de Codó, Zilmar Santana, informou que Antônio José dos Nascimento foi preso acusado de homicídio contra a sua própria esposa no município de Guariba, em São Paulo. O crime ocorreu há sete meses, e logo em seguida, ele fugiu para o Maranhão.

Ainda segundo o delegado, o homicida, que é natural da cidade de Timbiras (MA), estava escondido no povoado de Campestre, zona rural daquele município. Ele foi localizado por meio de denúncias anônimas feitas à polícia.

Antônio José do Nascimento Mourão está preso na Delegacia Regional de Codó, onde aguardará decisão da Justiça de São Paulo para que seja recambiado ao município onde cometeu o crime.