sexta-feira, 2 de março de 2012

Adolescente está desaparecida desde o dia 29 de fevereiro

A última vez que foi vista pelos pais, ela estava indo para a escola, que fica no bairro do Angelim.
SÃO LUÍS – A adolescente Antônia Karina de Oliveira da Silva, de 13 anos, está desaparecida desde o dia 29 de fevereiro. A última vez que foi vista pelos pais, ela estava indo para a escola, que fica no bairro do Angelim. Os pais de Antônia Karina confirmaram que a jovem, entretanto, não foi ao colégio neste dia. O desaparecimento da jovem já foi registrado na DPCA. Informações sobre o paradeiro da adolescente podem ser passadas à família por meio dos telefones: (098) 8103-8394, 8717-7836 e 9185-9657. Quem encontrar a garota poderá ligar, também, para polícia, pelo 190.

Indústria de sorvete é destruida por incêndio em Imperatriz

Um incêndio de grandes proporções destruiu nesta quinta-feira (01), parte da indústria de sorvetes “Dois Irmãos”, localizada na Rua Padre Cícero, bairro Santa Rita em Imperatriz.
O incêndio iniciou por volta de 12h30 no setor industrial. Segundo informações de dois funcionários que se encontravam no setor – os demais estavam para o almoço – tudo foi muito rápido.
O fogo se alastrou rapidamente e em poucos minutos destruiu toda a estrutura do prédio onde fica o sistema de máquinas. O prejuizo pode chegar a cerca de R$ 2 milhões.

Yuri garante que não vota em Jonas e Fabiana

Central de Notícias
Yuri está com Renata e Monique no Quarto do Líder. O goiano acaba de vencer a Prova do Líder - Labirinto Olympikus e assume o posto que quase foi seu e que já pertenceu duas vezes a Laisa, sua pareceira dentro do BBB12.
"Se tu votar no João, a casa vai em um de nós. Se rolar um empate, tu que desempata", opina a gaúcha. "Como rolaria um empate?", pergunta a mineira. "Um deles vai! No Jonas eu não vou votar, pode descartar. Na Mama (Fabiana) eu não voto. Ela foi muito doce comigo", declara o novo Líder.

'Papel' resolve antiga rixa matando ex-colega

Central de Notícias
O jovem de 24 anos, Tiago Franklin Santos, foi assassinado no final da tarde desta quinta-feira, dia 1º, na Rua do Amigos, na Vila Mariana, na região do Sacavém.
O pincipal suspeito é um elemento conhecido como “Papel”. Ele teria feito os disparos contra a vítima que foi atingida nas costas e tórax.
De acordo com informações colhidas no local, o motivo do crime seria uma rixa entre os dois. O acusado já tem passagem pela polícia.
Tiago Silva morava na rua São Luís, 4, Sacavém. Ele trabalhava fazendo bicos e deixa três filhos.

Polícia Civil prende funcionário de empresa acusado de cobrar propina a um empresário em São Luis

Após denúncias, uma equipe de policiais civis comandada pelo delegado Paulo Aguiar, prendeu, em flagrante delito, no pátio do Shopping Rio Anil, em São Luís, nesta quinta-feira (1º), o eletricista Antônio Carlos Bastos Silva Júnior, 24 anos, suspeito de cobrar propina a um empresário.
O titular da Delegacia de Defraudações, Paulo Aguiar, informou que Antônio Carlos é funcionário da empresa GB Engenharia, prestadora de serviço da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), e que inspecionou, na tarde desta última quarta-feira, (29), uma empresa sediada na Avenida Contorno Leste, no bairro do Cohatrac.
O homem alegou a presença de uma suposta irregularidade, então teria solicitado ao proprietário da empresa uma quantia de R$1.500,00 para não encaminhar o medidor de energia ao órgão de aferição, para que fosse inspecionado a fim de evitar multas e pagamentos atrasados.
Conforme explicou o delegado, a vítima consciente de que o seu medidor de energia estava sem irregularidades, denunciou o eletricista à policia, e a levou ao local combinado onde iria fazer o pagamento da propina, para que efetuasse a prisão do criminoso.
Antônio Carlos Bastos Silva Júnior foi autuado por Corrupção na Delegacia de Defraudações, e logo será encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas.

Maranhão é o 2º Estado do país com risco de surto de dengue

O Maranhão é o segundo Estado com o maior número de municípios com risco de surto de dengue no país este ano. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (01).
Ao todo, 12 cidades maranhenses estão nessa condição. São eles Açailândia, Barra do Corda, Colinas , Imperatriz, Mirador, Pastos Bons, Pedreiras, Presidente Dutra, Rosário, São João dos Patos, Tasso Fragoso e Timon.
No entanto, os casos graves da doença caiu 97% em todo o país. No total, 91 municípios do Brasil estão em risco de surto e outros 256 em alerta.
O Estado da Bahia possui o maior número de cidades sob risco de surto de dengue com 22 municípios, seguido pelo Maranhão e São Paulo, Paraíba, Goiás e Pernambuco.
Nas regiões Norte e Centro-Oeste, a maior presença do mosquito da dengue está concentrada no lixo. Já no Sudeste e no Sul, a concentração está nos depósitos domiciliares (pratinhos de plantas, calhas, entre outros locais). No Nordeste, o problema é com os depósitos de águas, principalmente as caixas d’água

Aprovado pedido de informações sobre construção de 72 hospitais

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa aprovou, na manhã desta quinta-feira (1º), o Requerimento nº 038/2012, de autoria do líder da Oposição, deputado Marcelo Tavares (PSB), que pede informações sobre projetos, fiscalização e a construção de 72 hospitais e as reformas dos Hospitais PAM Diamante, Carlos Macieira e Mamede Trovão.
(Foto: Divulgação)

Ao encaminhar a votação de seu requerimento, Marcelo Tavares lembrou que, durante audiência pública realizada no dia 20 de setembro de 2011, formulou diversas indagações à cúpula da Secretaria de Saúde e cobrou do titular da pasta, o deputado estadual licenciado Ricardo Murad (PMDB), que respondesse a todas suas indagações encaminhadas por escrito.

Segundo Tavares, todos os questionamentos foram apresentados ao secretário Ricardo Murad durante a audiência pública realizada no plenário da Assembleia Legislativa, quando Murad prestou esclarecimentos sobre o programa “Saúde é Vida”.

De acordo com Marcelo Tavares, nesta oportunidade Ricardo Murad alegara que não teria tempo para responder a todas as perguntas, devido ao seu grande número, mas que teria se comprometido a posteriormente enviá-los ao líder da oposição.

“Naquela audiência pública, com a presença do secretário Ricardo Murad, eu fiz várias perguntas a ele e até vi depois a imprensa noticiando que o secretário estava aqui e que eu não tinha feito perguntas a ele. Pelo contrário, fiz várias e até entreguei a ele as 20 perguntas transcritas para que ele fizesse a resposta. Ele pediu um prazo de dois ou três dias para que mandasse as respostas por escrito a esta Assembleia esclarecendo as dúvidas que eu tinha, e não mandou até hoje”, afirmou Marcelo Tavares.

Entre os questionamentos feitos por Marcelo estão informações sobre as razões pela qual a Proenge Engenharia foi contratada por dispensa de licitação, por que as principais licitações da Secretaria só têm licitante único, se o secretário não suspeita de que haja acerto entre empresas participantes das licitações do “Saúde é Vida”, por exemplo.

“Todas as perguntas que fiz não foram respondidas pelo secretário. Ele silenciou, porque tudo que for denunciado aqui é verdade”, argumentou Marcelo Tavares, observando que o secretário de Saúde, Ricardo Murad, colocou-se à disposição da Polícia Federal para qualquer tipo de esclarecimento. Entretanto, no ano passado, a liderança da Oposição, por diversas vezes, formulou o pedido de cópia de documentos e a base do governo sistematicamente se negou a atender à oposição.

Na avaliação de Marcelo Tavares, a bancada governista mobiliza-se para impedir que sejam esclarecidas as dúvidas relativas a inúmeros indícios de corrupção e de desvio de recursos na Secretaria de Saúde.

Marcelo Tavares rebateu também a informação de que a oposição não fez nenhum questionamento quando o secretário Ricardo Murad compareceu à Assembleia, no ano passado, para falar sobre o andamento das obras de construção de novos hospitais em diversas regiões do Estado.

“Nós fizemos vinte perguntas ao secretário Ricardo Murad, que não respondeu nenhuma delas. Na verdade ele não pode responder, porque as respostas provam os malfeitos da Secretaria de Saúde”, frisou o líder da oposição. Ele disse que é importante ter informações sobre as medições da Proeng, a empresa que para fiscalizar uma obra recebe mais dinheiro do que a empresa que está construindo o hospital.

Acidente mata uma pessoa em Campo de Perizes

Um acidente gravíssimo ocorrido na manhã desta sexta-feira (02) no Campo de Perizes resultou em uma vítima fatal.
Uma colisão entre um veículo Corsa e um caminhão por volta das 8h30 no km-5 da Br-135, vitimou o motorista do carro menor. A sua identidade ainda não foi revelada.
Três ambulâncias foram deslocadas para o local, além do apoio de policiais rodoviários federais e Corpo de Bombeiros