sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Menor é raptada e estuprada após sair da escola de São Luís

Familiares de uma estudante de 14 anos, registrou nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (3), no Plantão Central da Refessa, uma ocorrência de estupro sofrido pela menor no inicio da noite de ontem.
De acordo com a menor, ela foi abordada por um homem que se encontrava num veiculo Corsa, quatro portas e cor preta, ao sair da escola por volta da 17h, a garotase dirigir para sua residencia. A abordagem ocorreu próximo ao colégio Divina Pastora, na Avenida Santos Dumont.
Segundo a mãe da vítima, a jovem teria contado que o carro aproximou-se dela e o estuprador a convidou para entrar no veículo, como não aceitou o suposto estuprador insistiu, ela com medo correu, porem foi perseguida e foi colocada no bagageiro do veículo.
Ela não soube informar para onde foi levada, só que teria sido vendada quando se encontrava em outro local, e em seguida foi estuprada. Após o crime, a jovem foi deixada próximo ao Posto de Saúde do Anil, por volta das 21h.
O delegado de plantão na refessa, Laurence, após ouvir a denunciante encaminhou a jovem ao ICRIM. O caso será encaminhado para a DPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente).

Padrasto é morto por enteado e populares matam jovem em Itapecuru

Nas últimas horas, o movimento foi intenso no Instituto Médico Legal de São Luís, principalmente de corpos que chegaram do interior do Maranhão.
Dentre eles, o que mais chamou a atenção foi o caso de duas pessoas assassinadas da mesma família em Itapecuru-Mirim.
O jovem Daniel Mendes da Silva de 18 anos foi assassinado a pauladas e facadas por populares no povoado Ponto da Maconha após matar o padrasto Raimundo Nonato da Luz Teixeira, de 52 anos.
Daniel, que era viciado em crack, teria ido pedir dinheiro a mãe para comprar droga. Sem ter dinheiro para entregar ao filho, a mãe começou a ser espancada e foi socorrida pelo companheiro Raimundo que foi morto a golpes de pauladas e facadas.
O corpo de ambos deram entrada por volta das 19h20 no IML de São Luís.
MAIS MORTES
Um pouco antes, às 19h10 deu entrada o corpo de Francivaldo Piedade Braga, 28 anos que residia na cidade de Cajari. A vítima já estava internada no Hospital Socorrão II após ser alvejado a tiros.
Às 19h30 deu entrada o corpo de Romário Ribeiro de 18 anos vítima de arma de fogo na cidade de São Bento.
Durante a madrugada, por volta das 4h20, deu entrada o corpo de Adailson Reis de 16 anos morreu após receber uma forte descarga elétrica em São Luís no bairro da Cidade Olímpica

Polícia vê indícios de ligação de delegado da PF com agiotagem

Delegada-geral estuda a possibilidade de convocar o delegado Pedro Meireles, da Polícia Federal, para novo depoimento.

SÃO LUÍS A delegada-geral da Polícia Civil do Maranhão, Cristina Meneses, não descartou a possibilidade de o delegado da Polícia Federal, Pedro Meireles, ser chamado pela comissão de delegados que investiga os crimes de agiotagem no Maranhão para depor.
Segundo ela, a polícia tem índicos que mostram uma possível ligação entre o policial federal e a quadrilha de agiotas encabeçada pelos empresários Gláucio Alencar Pontes Carvalho, de 34 anos, e seu pai, José de Alencar Miranda Carvalho, de 72 anos. Os dois foram presos no dia 13 de junho, durante a “Operação Detonando”, por envolvimento na morte do jornalista Décio Sá.
"Há indícios da participação dele na quadrilha. Se houver necessidade, ele pode ser chamado", disse a delegada. Ainda segundo Cristina Meneses, a comissão responsável por elucidar os crimes de agiotagem no estado, formada pelos delegados Maymone Barros, Roberto Larrat, Roberto Wagner e Breno Araújo, também utilizará as informações dadas por Meireles na manhã de quarta-feira, 1°, durante um depoimento prestado por ele na Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) para dar continuidade às investigações sobre a agiotagem no Maranhão.
Depoimento
Por causa do sigilo decretado pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão (SSP), Aluísio Mendes, a respeito das investigações sobre a morte do blogueiro e jornalista de O Estado, Décio Sá, assassinado no dia 23 de abril em um bar, na Avenida Litorânea, em São Luís, e os crimes de agiotagem, a delegada-geral de Polícia Civil não revelou detalhes sobre o depoimento do delegado federal.
Segundo Cristina Meneses, Pedro Meireles, durante o depoimento, confirmou que tem um vínculo de amizade com Gláucio Alencar, suspeito de ser um dos mandantes do assassinato do jornalista. "No entanto, isso não implica dizer que ele tenha relações com a morte de Décio Sá", enfatizou Meneses.
A delegada acredita ainda que a morte de Sá e os crimes de agiotagem serão completamente elucidados "O que nós já temos de documentos pressupõe que as nossas investigações terão um fim muito bom", frisou a delegada.
Agiotagem
No início do mês de julho, a delegada Cristina Meneses baixou portaria criando uma comissão de delegados para investigar especificamente os crimes de agiotagem no Maranhão. Dessa forma, a SSP está intensificando as investigações sobre a existência de crimes de agiotagem no estado.
O esquema, descoberto com a apuração do assassinato do jornalista Décio Sá, pode envolver prefeituras, com base na análise preliminar dos documentos, cheques e notas de empenho apreendidos em poder de dois dos principais envolvidos no crime, os empresários Gláucio Alencar, do ramo de merenda escolar, conveniado a várias prefeituras, e o pai dele, José de Alencar Miranda, de 72 anos, suspeitos de serem os dois principais mandantes do assassinato.
O delegado da Polícia Federal Pedro Meireles ficou conhecido em todo o Estado pela sua forte atuação no combate ao crime organizado em diversas prefeituras maranhenses envolvidas com o desvio de verbas públicas, durante as operações Rapina I e II, deflagradas em 2008. Na quarta-feira, ele prestou depoimento na Seic, uma vez que foi citado no depoimento do agiota Gláucio Alencar Pontes Carvalho, de 34 anos. No depoimento, o agiota disse que o policial federal teria enviado uma mensagem o informando sobre a morte de Décio Sá. Acompanhado do corregedor da Polícia Federal, Alexandre Macedo da Silva, o delegado da PF chegou à sede da Seic para depor por volta das 9h30. O depoimento se estendeu por aproximadamente três horas e, assim que Meireles saiu da superintendência, ele se recusou a falar com a imprensa.

Candidato a vereador é assassinado no Maranhão

SÃO LUÍS - Valdener Costa Leite, de 22 anos, foi morto por um policial na tarde desta quinta-feira (2), na cidade de São Vicente Férrer, localizada a 285 quilômetros da capital. O jovem, que era conhecido como "Bio Roots", era candidato a vereador por aquele município.
Segundo informações da polícia, "Bio Roots" teria sido atingido com um tiro na perna. O disparo teria acertado a veia femural do candidato. De acordo com uma testemunha, no momento dos disparos, a vítima estaria sendo presa, acusado de praticar golpes contra idosos.

Receita oferece inscrição gratuita de CPF pela internet

O documento é necessário para fazer as declarações anuais do Imposto de Renda (IR).

BRASÍLIA - A Secretaria da Receita Federal passou a oferecer nesta quinta-feira (2), por meio de sua página na internet, a inscrição dos contribuintes no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) de forma gratuita.
O documento é necessário para fazer as declarações anuais do Imposto de Renda (IR), para abrir crediários, renovar passaporte, pedir empréstimos ou efetuar qualquer tipo de contrato bancário, além de participar de concurso público ou retirar prêmios de loterias.
Pelo sistema anterior, o processo de obtenção do número do CPF era feito em bancos públicos, como o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, ou nas agências de Correios, ao custo R$ 5,70.
Para concluir a obtenção do CPF pela internet, o Fisco pede alguns dados dos contribuintes, como data de nascimento, número do título de eleitor, sexo, naturalidade, nome da mãe, endereço e telefones para contato.
O projeto de emissão do CPF pela internet já é antigo. A Receita Federal já havia anunciado, no início de 2010, a intenção de disponibilizar o serviço.
Inscrição do CPF
Segundo o Fisco, qualquer pessoa pode solicitar a inscrição no CPF. Não há idade mínima para a inscrição (recém-nascidos, por exemplo, podem ser inscritos); é permitida a inscrição de brasileiros ou estrangeiros, residentes no Brasil ou no exterior; cada pessoa pode se inscrever apenas uma vez.
A Receita Federal lembra que o número do CPF é único e definitivo. "Se o número for esquecido, tente localizar o número em algum outro documento, cheque, contrato", acrescentou o órgão.
Alguns contribuintes, porém, são obrigados a ter número de CPF. Veja alguns casos: pessoas que têm de apresentar a declaração do IR; inventariantes, cônjuges ou conviventes, profissionais liberais; locadores de bens imóveis; titulares de contas bancárias, de contas de poupança ou de aplicações financeiras; pessoas que operam em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; contribuintes com mais de 18 (dezoito) anos que constarem como dependentes na declaração do IR de outras pessoas; além de residentes no exterior que possuam no Brasil bens e direitos sujeitos a registro público.

Anatel libera vendas a partir de hoje da TIM, Claro e Oi

As operadoras poderão retomar as vendas de novos chips, que estavam suspensas há 11 dias.

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu liberar a partir de hoje a venda de novos chips das operadoras TIM, Claro e Oi, que foram aferidas como as companhias com índice de qualidade nos estados onde houve a suspensão. Das três empresas, somente a TIM sofreu a punição no Maranhão. A Anatel vinha sofrendo pressões por parte do governo, que havia estipulado prazo de 15 dias para resolver a questão, e por parte das teles, preocupadas com as vendas de aparelhos e chips para o Dia dos Pais. A data é comemorada no próximo dia 12 e está entre as três mais importantes para o setor, ao lado do Natal e do Dia das Mães.