quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Acusado de violentar a própria filha é transferido para São Luís

Foi apresentado na manhã de ontem (24), na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), na Beira-Mar, Adonias Santos Barbosa, de 44 anos, morador do município de Primeira Cruz, suspeito de tentar violentar sexualmente a sua própria filha, uma adolescente de 16 anos, no último dia 2. Segundo informações da vítima, o pai já praticava os abusos contra ela desde os 11 anos de idade, mas não havia contado nada à mãe por receber constantes ameaças.
Foto: G. Ferreira
Adonias Barbosa teria abusado de sua filha de 16 anos
Segundo a delegada Higliana Freitas, responsável pela finalização do processo, Adonias foi preso na casa onde mora, em Primeira Cruz, cidade na qual responde outro inquérito por abuso sexual contra adolescente. “Lá, ele responde pelo crime de abuso sexual a outra jovem. Uma garota que não se sabe o parentesco, que morava na mesma casa que o suspeito”, adiantou a delegada.
O crime de tentativa de estupro – A delegada da DPCA informou que a filha de Adonias já foi ouvida, assim como a mãe da garota. Segundo o depoimento, que corre em segredo de Justiça, a garota era abusada pelo pai, que realizava banhos de ervas na garota, deixando-a, por muitas vezes, desacordada, e realizava carícias, mas sem penetração.
Mas no dia 2 deste mês, ele veio para São Luís e se deslocou até a casa da filha, no Tibiri. Ao perceber que a adolescente estava sozinha, tentou estuprá-la, agredindo-a com um arame farpado. O crime foi impedido com a chegada da outra filha, de quatro anos.
Diante das declarações da vítima e testemunhas, Adonias negou as acusações. Enquanto aguardava sua transferência para a Central de Custódia de Presos de Justiça de Pedrinhas (CCPJ), onde ficará à disposição da Justiça, a reportagem do Jornal Pequeno conversou com o preso, que afirmou ter praticado o crime contra a filha adolescente, silenciando em seguida.

Mulheres são vítimas de maníaco em Barra do Corda

Elas têm sido alvo de um homem que já está sendo chamado de o "maníaco do espeto".

BACABAL - Em Barra do Corda, um caso está chamando a atenção das autoridades de segurança e provocando medo na população, principalmente nas mulheres. Elas têm sido alvo de um homem que já está sendo chamado de o "maníaco do espeto", por atacar mulheres com um objeto cortante. Assista à reportagem de Nívea Arrais, da TV Mirante.

Polícia realiza reconstituição de assassinato de enfermeira

Ela foi morta com um tiro e, para a polícia, o marido da enfermeira é o principal suspeito.

IMPERATRIZ - Realizada hoje (25), em Imperatriz, a reconstituição do assassinato da enfermeira Ozeana dos Santos, ocorrido em dezembro do ano passado. Ela foi morta com um tiro e, para a polícia, o marido da enfermeira é o principal suspeito. Assista à reportagem de Tátyna Viana, da TV Mirante.

Polícia prende acusado de torturar companheira em Açailândia

Segundo a polícia, acusado torturava a esposa com requintes de crueldade.
Secom/Governo do Estado
enviarenviar  imprimir imprimir  
AÇAILÂNDIA - Uma ação da Polícia Civil de Açailândia realizada, na terça-feira (24), culminou na prisão de um homem, que torturava a própria companheira com requintes de crueldade. Valdimiro Batista de Jesus, 44 anos, foi detido em seu local de trabalho, localizado na Vila Ildemar naquele município.

A prisão de Valdimiro se deu em decorrência de um mandado de prisão preventiva expedido pela juíza Alessandra Costa Arcangeli, da 5ª Vara da Comarca de Açailândia.

De acordo com informações do delegado Regional de Açailândia, Vital Rodrigues de Carvalho, o acusado torturava a esposa, identificada como Maria Marlene dos Santos, 25 anos, com requintes de crueldade, espancando-a com instrumentos cortantes.

O delegado disse, ainda, que Valdimiro Batista aplicava uma infinidade de pequenas incisões, deixando o corpo da vítima com várias marcas e lesões de alta gravidade. Além das torturas, o acusado também mantinha a vítima em cárcere privado. Segundo a polícia, a mulher só conseguiu fugir no início de dezembro no ano passado.

Após o fato, a polícia começou a investigar e conseguiu levantar provas sobre as práticas ilícitas do acusado. Ao ser expedida a ordem judicial, a Regional de Balsas cumpriu prendendo Valdimiro Batista, que estava localizado na Vila Ildemar, em Açailândia. Ele foi levado para delegacia e, em seguida, foi encaminhado para o Centro de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), onde permanecerá à disposição da Justiça.

A polícia informou que o exame de corpo de delito da vítima mostrava marcas fortes dos espancamentos. O laudo pericial relatou que as práticas eram de extrema crueldade, e que mostravam reincidentes de crueldade. A polícia tem dez dias para concluir o inquérito e encaminhar à Justiça.

Maria Marlene permanece com uma filha numa casa de abrigo na cidade de Imperatriz, aguardando a decisão da Justiça, sobre seu encaminhamento para os familiares

Carro do governo do Maranhão é encontrado as margens da BR-135

Uma caminhonete L-200 4x4 de placa NHT 2847, cor branca, do governo do Estado do Maranhão, que servia a Regional de Educação de Itapecuru Mirim, se encontra foi encontrada as margens da BR-135.

Segundo o que apurou o site Itapecurú Notícias, o veiculo colidiu com a traseira de um automóvel Corsa GM de placa HPZ 8284 do município de Bacabal e foi abandonado no km 106, no município de Itapecuru.

A polícia Rodoviária Federal recolheu o veiculo para seu pátio no posto de Itapecurú//
O gestor de educação, professor José Carlos, informou a site que ele mesmo conduzia o veículo na hora do acidente e teve que buscar ajuda médica, mais que as providencias estão sendo tomadas para recuperá-lo.

Avião é encontrado há 120 Km da cidade de Balsas

O avião que caiu era de pequeno porte e utilizado na pulverização de plantações de soja. A aeronave pertencia ao piloto identificado como, Jean Charles, que também fazia voos comerciais na região de Balsas. De acordo com populares, ele era muito conhecido e experiente.
A outra vítima fatal do acidente ainda não teve o nome divulgado, mas era uma pessoa que também que trabalhava nas fazendas de soja, ere uma especie de “bandequeiro”, como é chamado na região a pessoa que entrega comida aos trabalhadores das fazendas. Os dois morreram carbonizados após a queda da aeronave.
Segundo as primeiras informações, o avião teria se deslocado ainda no domingo (22), a fazenda meios no extremo entre as cidades de Balsas e Tasso Fragoso. Ontem por volta das 6h da manhã de ontem segunda-feira (23), o avião teria se dirigido para outra fazenda, como não chegou ao destino no horário esperado e não havia contato, o avião foi considerado desaparecido.
No inicio da tarde desta terça-feira (24), os destroços do avião foram encontrados há cerca de 120 Km do local de onde havia decolado. Por enquanto, apenas uma das vítimas foi identificada, trata-se de Jean Charles, que era o piloto do avião.
O Corpo de Bombeiros e a Polícia estão no local do acidente, que é de difícil acesso. Os corpos serão encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), em Imperatriz.

Polícia prende acusados de roubos e desmanches de carros em SL e PI

Uma operação que contou com a participação de policiais civis do Maranhão e Piauí, e que foi realizada na capital maranhense na tarde desta terça-feira (24), resultou nas prisões dos piauienses Carlos Willams Rocha, 27 anos, o “Carlinhos”, e Adolfo Menescal Mourão, 20 anos, também foi preso Antonio Virgilio Menesca, este o dono do “Sucatão o Virgílio”, localizado na Rua Jucante, Areinha, onde foram efetuadas as prisões.
No local da prisão, várias peças de carros foram encontradas e apreendidas. Segundo a polícia, eles são acusados de fazer parte de uma quadrilha especializada em roubo e desmanche de veículos. O grupo seria formado por membros das cidades de Teresina e São Luís. Dois elementos conseguiram fugir.
De acordo com a polícia do Piauí, a quadrilha vem sendo investigada em Teresina desde o ano passado. Carlos e Adolfo foram presos ano passado em Teresina, pelo mesmo crime, mais foram soltos e estavam morando em São Luís. Eles são filhos de um dos maiores sucateiros de Teresina, e contra a quadrilha pesa a suspeita de terem roubado cerca de 18 carros, entre Hilux, Astra, Montana, só de outubro de 2011 ate hoje.
Ao serem presos, os piauienses afirmaram que trabalhavam para o dono do sucatão, que contestou a informação, garantido que apenas havia alugado o ponto onde a dupla foi presa.

1ª Vara da Infância e Juventude disciplina participação de menores no Carnaval

A 1ª Vara da Infância e Juventude de São Luis divulgou, nesta segunda-feira (23), uma Portaria sobre a participação de menores no Carnaval. O documento, assinado pelo juiz titular José Américo Abreu Costa, disciplina a entrada e permanência de crianças e adolescentes em bailes carnavalescos e suas participações nos desfiles de Carnaval.
Juiz José Américo. (Foto: Divulgação)
A Portaria tem como base alguns dispositivos do Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA. O documento considera que é dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente e, ainda, que a criança e o adolescente têm direito à informação, cultura, lazer, esportes, diversões, espetáculos, produtos e serviços que respeitem sua condição peculiar de pessoa em desenvolvimento, bem como locais e horários compatíveis com suas faixas etárias.

“No período carnavalesco são realizados inúmeros bailes e eventos diversos, com potenciais situações de risco para crianças e adolescentes. Existe, portanto, a necessidade de estabelecer normas específicas com relação à entrada e permanência de crianças e adolescentes nos locais que se realizem bailes carnavalescos e espetáculos congêneres, bem como suas participações nos desfiles de carnaval”, versa o juiz.

De acordo com a Portaria, a participação de crianças e adolescentes em escolas de samba, blocos, ligas, bandas e outras agremiações ou brincadeiras organizadas que desfilem em ruas ou passarelas, obedecerá a vários critérios.

Condições

Fica expressamente proibida a participação de crianças menores de 6 (seis) anos após as 22h. A participação de crianças menores de 6 anos somente será permitida até as 22h e desde que estejam acompanhadas de perto por seus pais, responsáveis legais (tutor ou guardião), ascendentes (avós) ou parentes colaterais até o 3º grau (irmão maior de idade ou tios), mediante apresentação de documento hábil que comprove o parentesco.

A participação de crianças em bailes, blocos e desfiles nas faixas etárias entre 6 e 12 anos de idade incompletos somente será permitida até as 24h e dependerá de Alvará Judicial fornecido pela Vara, que deverá ser requerido por cada agremiação participante.

Ainda segundo a Portaria, é permitida a participação de adolescentes maiores de 12 anos de idade em apresentações e desfiles depois de 24h, mediante autorização expressa e escrita dos pais ou responsáveis legais, ou quando acompanhados de perto por seus pais, responsáveis legais (tutor ou guardião), ascendentes (avós) ou parentes colaterais até o 3º grau (irmão maior ou tios), mediante apresentação de documento hábil que comprove o parentesco.

É proibida a permanência, condução e o desfile de crianças ou adolescentes menores de 16 anos em carros alegóricos ou similares, mesmo que acompanhados pelos pais ou responsáveis legais.

Os adolescentes maiores de 16 anos de idade somente poderão desfilar em carros alegóricos ou similares mediante Alvará Judicial da Vara, desde que o carro se evidencie seguro, protegido com guarda-corpo, que a altura máxima entre o chão e o piso do local em que se encontre o adolescente não ultrapasse três metros e não traduza mensagens negativas à sua integridade, apologia a crime ou contravenção.

Estes e outros dispositivos, como os documentos necessários à criança ou adolescente, pais ou responsáveis e agremiações ou brincadeiras, podem ser conferidos na Portaria, em anexo ao final do texto.

Mulheres são presas por tentar vender terreno sem autorização do dono no Araçagy

Três mulheres que trabalhavam na imobiliária Sollus Imóveis situado no bairro do Araçagy em São Luís foram presas nesta terça-feira (24) por tentarem vender um terreno no mesmo bairro sem autorização do dono.
A denúncia foi feita pelo próprio titular dos lotes 13 e 14 no Parque do Araçagy que foi colocado à venda pela imobiliária pelo valor de R$ 130 mil. A imobiliária chegou a fixar uma placa no terreno que pegou o proprietário do local de surpresa.
O delegado Carlos Alberto Damasceno, coordenador da Comissão que investiga a grilagem de terra em São Luís, acredita que o proprietário da imobiliária identificado por Sérgio Damiane seja autor de outros crimes na capital.
De acordo com dados da Polícia Civil, ele é suspeito de mandar matar sua ex-mulher identificada por Sandra Maria Dourado de 43 anos e um holandês conhecido por Joel Bastians no loteamento Alto Jaguarema na área do Araçagy no ano de 2010.
Ainda de acordo com o delegado, a polícia já tem provas suficientes para pedir a prisão preventiva do proprietário da imobiliária.

Consumidores pagarão menos por chamadas de telefone fixo para celular

A decisão faz parte de uma norma da Anatel, aprovada em outubro de 2011.
Agência Brasil
enviarenviar  imprimir imprimir  
Brasília – A partir de fevereiro, os consumidores pagarão menos pelas chamadas telefônicas de fixo para móvel. O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) definiu ontem (24) que o valor das tarifas dessas chamadas será reduzido. Em média, a redução será de 10% sobre os valores pagos pelos consumidores. Apesar de ter sido aprovada na noite de ontem, a medida só será válida a partir do mês que vem.

A decisão faz parte de uma norma da Anatel, aprovada em outubro de 2011, que define que os usuários deverão ser beneficiados com a redução de tarifas, de forma gradual, até 2014. A ideia é fazer com que os usuários possam obter ganhos de até 45% no que se refere ao pagamento de tarifas telefônicas.

Pela decisão da Anatel, aos poucos, os usuários vão pagar cada vez menos. No total, a agência pretende promover a redução em três etapas. A última deve ficar em 7%.

Até o fim do ano passado, os consumidores pagavam, em média, R$ 0,54 por ligação de telefone fixo para móvel. A ideia é que a partir de fevereiro eles passem a pagar R$ 0,48. Depois, em 2013, paguem R$ 0,44 e, em 2014, R$ 0,425.

A norma foi publicada em novembro de 2011. Após a publicação, as empresas de telefonia tiveram 20 dias para a execução da medida. Em caso de não cumprimento, a Anatel informou que tomará as providências em relação a essas empresas.