terça-feira, 17 de julho de 2012

NOTA DE ULTILIDADE PULBLICA


ATENÇÃO OUVINTES DA RÁDIO CULTURA FM DE MATÕES DO NORTE-MA ESTAMOS FORA DO AR POR MOTIVO DE  INRESPONSABILIDADE DO EX:PREFEITO ANTONIO SAMPAIO QUE SE DIZ PRESIDENTE DA MESMA.AGORA O POVO DE MATÕES DO NORTE ESTÁ SEM CANAL DE TV POR CAUSA DESSE ATO INRESPONSAVEL COM A POPULAÇÃO DE MATÕES DO NORTE-MA.AGRADECEMOS A SUA COMPREENSÃO AGRADECE A DIREÇÃO DA RÁDIO CULTURA FM.

Exame de balística comprova que arma foi utilizada para matar Décio Sá

Está marcada para terça-feira, 17, a entrega do laudo do exame de comparação balística feita na arma que executou o blogueiro e jornalista, Décio Sá, na noite do dia 23 de abril, na Avenida Litorânea. A pistola ponto quarenta foi encontrada no dia 5 de julho enterrada na duna da Praia de São Marcos, segundo a polícia, estava enferrujada e com a numeração e o brasão raspados. Até o momento, os peritos do Instituto de Criminalística (Icrim) não identificaram a origem da arma e, possivelmente, será encaminhada para Brasília.

O diretor do Icrim, Carlos Henrique Roxo, falou que o laudo de comparação balística feita na pistola será entregue para a comissão de delegados, que estão investigando a morte do jornalista e, posteriormente, vai ser anexado junto ao processo. Roxo ainda disse que durante essas duas semanas, os peritos do Icrim realizaram uma série de exames na arma e justamente o de comparação balística comprovou de fato que essa arma foi usada por Jhonatan Silva.

Audiência pública discutirá duplicação da Avenida dos Holandeses

A pedido do Ministério Público do Maranhão, por meio da 1ª Promotoria de Justiça Especializada do Meio ambiente, Urbanismo e Patrimônio Cultural, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão (Sema) realizará na próxima quarta-feira, 18, uma audiência pública que discutirá o projeto de melhoramento e aumento da capacidade de tráfego da Avenida dos Holandeses (MA-203) no trecho entre o entroncamento com a MA-204 e a rotatória do Calhau.
Avenida dos Holandeses
A audiência, que atende à Resolução n° 09/1987 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), será realizado no auditório do Palácio Henrique de La Roque (Av. Jerônimo de Albuquerque, S/N – Calhau), às 14 horas. A audiência é aberta ao público. O Ministério Público do Maranhão será representado pelo promotor de Justiça Luís Fernando Cabral Barreto Junior.
O objetivo é discutir os estudos ambientais (EIA/RIMA) sobre a obra, apresentados pela Secretaria de Estado da Infra-Estrutura. Dessa forma, pretende-se esclarecer os aspectos positivos e negativos do empreendimento, além do seu impacto social, garantindo legitimidade e transparência às tomadas de decisão a respeito do projeto.

Aeronave é apreendida e piloto é detido em São João dos Patos

Uma operação da Polícia Civil, coordenada pelo delegado Sérgio Rego do município de São Francisco do Maranhão, apreeendeu na manhã de ontem, por volta das 10h40, uma aeronave de modelo Periclan, monotomor, prefixo PU-JDD, pilotada pelo técnico em eletrônica Nivaldo Alves Corrêa, conhecido como “Cabeludo”, que foi detido. O caso aconteceu no município de São João dos Patos.
A apreensão da aeronave foi feita pelo delegado Sérgio Rego, juntamente com os policiais civis Fernando Everton e Marcus Rildo. De acordo com Sérgio Rego, que ontem estava trabalhando como delegado plantonista em São João dos Patos, a apreensão foi em decorrência de o condutor do avião não possuir habilitação (brevê).
A aeronave é de modelo Periclan, monomotor, prefixo PU-JDD, e estava sendo pilotada pelo técnico em eletrônica Nivaldo Alves Correa, conhecido na região por “Cabeludo”. A Polícia apurou que a aeronave decolou no sábado (14) da cidade de Balsas com destino a São João dos Patos.
Segundo o delegado Sérgio Rego, será feita uma investigação para saber se antes de pousar no destino esteve em outras cidades. A Polícia Civil tem conhecimento de que há três meses a aeronave sobrevoa São João dos Patos e região, e agora investigará qual a sua finalidade. A aeronave encontra-se recolhida na pista de pouso da cidade maranhense.

Polícia investiga paradeiro de líder do grupo de sequestradores

Segundo informações policiais, Sebastião Soares é o líder intelectual do grupo.

SÃO LUÍS - A Polícia Civil do Maranhão, em conjunto com as Polícias dos Estados de Tocantins e Pará, trabalham no intuito de localizar o paradeiro e prender o homem identificado como Sebastião Soares da Silva ou Sebastião Soares Simplício, de 53 anos, conhecido como Vô, Tião e Vicente.
Segundo informações policiais, Sebastião Soares é o líder intelectual do grupo responsável pelo sequestro do menino Pedro Paulo, de 4 anos. O garoto foi sequestrado em sua casa, no centro de Imperatriz, na manhã do dia 27 de junho, sendo mantido em cativeiro por 14 dias e libertado na noite de terça-feira (10), no distrito de Cicilândia, município de Palmeirante no Tocantins, após ação monitorada pela equipe de investigação da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic).
De acordo com a polícia, o sequestro do menino Pedro Paulo foi idealizado por Antonio Dagui, ex-funcionário do pai da criança, Jurandir Mellado. Dagui, por anos, trabalhou com a família do sequestrado e conhecia de perto todos os hábitos dos moradores da casa onde vivia o garoto, o que lhe facilitou detalhar a quadrilha de sequestradores, os passos e o poder aquisitivo de cada um dos familiares de Pedro Paulo.
De posse dos dados da rotina da família, Antonio Dagui informou ao líder do bando, o foragido Sebastião Soares, inclusive as condições de saúde da criança, que tem rejeição a lactose, e também o valor máximo que eles poderiam pagar pelo resgate.
Situação processual
Sebastião Soares da Silva é considerado pela Polícia como sendo de alta periculosidade e com mais de 10 mandados de prisão expedidos, sendo procurado no Brasil inteiro. Ele é natural de Ananindeua, no Pará. A última residência fixa de Sebastião, que se diz pescador, localizava-se em Araguaína, Tocantins.
Com Ensino Fundamental Incompleto, Sebastião Soares da Silva tem expedido contra si, um mandado de prisão preventiva emitido no último dia 11 de julho pelo juiz Joaquim da Silva Filho, titular da Vara da Fazenda Pública, respondendo pela 4ª Vara Criminal de Imperatriz, interior do Maranhão, pelo sequestro do menino Pedro Paulo.
Sebastião Soares responde ainda por diversos delitos criminais em diversos estados brasileiros. Seu primeiro registro processual é referente a um homicídio ocorrido em 8 de maio de 1980 quando vitimou um homem na cidade de Caruaru, Pernambuco. Em março de 1988, ele vitimou um casal também naquela cidade.
Em 2002, ele foi condenado pela Comarca da 3ª Vara Penal de Castanhal, no Pará, por sequestro e cárcere privado. Teve decretado ainda prisão pela Comarca de Itambé, Pernambuco, no mesmo ano, por extorsão.
Responde por extorsão mediante sequestro no Ceará onde teve prisão preventiva decretada desde 1997. Possui também mandado de prisão expedido em Natal, Rio Grande do Norte, por homicídio qualificado e tráfico de drogas.
Denúncias
Quaisquer informações que podem levar ao paradeiro de Sebastião Soares da Silva podem ser feitas por meio da Central do Disque-Denúncia (98) 3223-5800, na capital, e 0300 313 5800, no interior. Ou ainda, pelo 190 do Ciops.

Na tentativa de assalto a Igreja, dois bandidos morrem

SÃO LUÍS - Nove bandidos tentaram assaltar, ontem (16), a Igreja Católica do município de Pinheiro.
A quadrilha foi surpreendida pela ação policial. Na troca de tiros dois bandidos foram mortos e três baleados. Um dos bandidos feridos conseguiu fugir. Foram presos: Valdinário Lopes, natural de Bacuri (MA), Nilton César Ferreira Pavão, natural de Santa Helena (MA), Francisco Almeida, natural do Pará, e João Batista de Souza, o "Juan", natural de Santa Inês (MA). Erasmo Carlos, natural do Pará, e Manoel Oliveira Mota, natural de Davinopólis (MA). A polícia acredita que os bandidos mortos durante tiroteio utilizavam documentos falsos.
Segundo informações, um dos bandidos, que não teve o nome revelado, seria irmão do padre da Igreja Católica de Pinheiro.
O bando teria sido informado que a igreja iria receber R$ 500 mil reais, advindos da Itália. A polícia está à procura da pessoa que passou a informação aos criminosos.

Veja a lista dos 818 candidatos às eleições que foram impugnados no MA

A maior quantidade de impugnações foi registrada em Paço do Lumiar (55), Zé Doca (48), João Lisboa (42), Senador La Roque (37) e Buritirana (31).

SÃO LUÍS - No Maranhão, o número de candidatos a prefeito, vice e vereador às Eleições 2012 que tiveram suas candidaturas impugnadas é de 818. Entretanto, em 76 localidades, de um total de 217 municípios que formam o estado, não houve uma impugnação sequer, segundo informações da seção de dados partidários do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA).
Arame, Bacuri, Balsas, Bela Vista do Maranhão, Belágua, Cajari, Campestre do Maranhão, Cantanhede, Codó, Fernando Falcão, Graça Aranha, Humberto de Campos, Imperatriz, Matões, Mirinzal, Paraibano, São José de Ribamar (dentre outros) são exemplos de municípios onde nenhum candidato teve sua candidatura contestada pelas coligações ou pelo Ministério Público Eleitoral.
“É um ótimo dado este de que em mais de 30% do Estado não houve impugnações. Isto significa que o princípio da moralidade e do fortalecimento da Democracia está começando a ser respeitado. A iniciativa popular da ficha limpa tem contribuído muito”, disse a presidente do TRE-MA, desembargadora Anildes Cruz, ao saber do balanço das impugnações.
A maior quantidade de impugnações foi registrada em Paço do Lumiar (55), Zé Doca (48), João Lisboa (42), Senador La Roque (37), Buritirana (31), Araguanã (25), Candido Mendes (24) e Governador Newton Bello (23).
Já em Afonso Cunha, Barra do Corda, Benedito Leite, Bernardo do Mearim, Boa Vista do Gurupi, Buriticupu, Cachoeira Grande, Cajapió, Carolina, Cedral, Chapadinha, Cidelândia, Coelho Neto, Coroatá, Governador Archer, Igarapé Grande, Itaipava do Grajaú, Lago da Pedra, Lago dos Rodrigues, Loreto, Mata Roma, Milagres do Maranhão, Mirador, Miranda do Norte, Morros, Presidente Dutra, Santa Luzia, Santa Rita, São Domingos do Azeitão, Satubinha e Tutóia, apenas um candidato foi impugnado em cada uma destas cidades.