terça-feira, 16 de outubro de 2012

Microsoft oferece serviço de música gratuito para o novo Windows

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira (15/10) que oferecerá um serviço de música em streaming gratuito para computadores e tablets com o novo sistema operacional Windows, que será lançado ainda este mês. O Xbox Music permitirá aos usuários ouvir em streaming listas de reprodução personalizadas criadas de forma gratuita, assim como assinaturas de música e downloads, que serão administradas na nuvem Internet para permitir o acesso de tablets, desktops, telefones e aparelhos de televisão.

A Microsoft afirma que o serviço será "comparável com o iTunes", o serviço de música líder da Apple, com um catálogo global de mais de 30 milhões de canções.

O novo serviço será disponibilizado em todo o mundo esta semana no Xbox 360 e até o final do mês em PCs com Windows, assim como em tablets e smartphones. "O lançamento do Xbox Music é um marco na simplificação da música digital em qualquer tipo de dispositivo e em escala global", disse Don Mattrick, presidente de entretenimento interativo da Microsoft.

Norte e Nordeste concentram maior parte de crianças aptas à adoção

As regiões Norte e Nordeste concentram a maior parte das crianças com idade até 5 anos aptas à adoção. Esta faixa etária é procurada por 90% dos candidatos a pais adotivos e corresponde a 9% das 5.281 crianças e adolescentes inscritos no Cadastro Nacional de Adoção (CNA).

O estudo Encontros e Desencontros da Adoção no Brasil: Uma Análise do Cadastro Nacional de Adoção, feito pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ) do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e divulgado nesta segunda-feira, constatou que no Norte do país, 26,5% das crianças aptas à adoção têm menos de 5 anos, no Nordeste elas são 16,9%. Nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste o índice não chega a 10%.

Para adotar crianças com até 3 anos, o percentual de adotantes é 56%. Em contrapartida, apenas 3% das crianças e adolescentes inscritos no CNA têm essa idade.

O Brasil tem hoje 28.151 homens e mulheres que desejam adotar um filho. Destes, 85% estão nas regiões Sudeste e Sul, 40% têm entre 40 e 49 anos e 79,1% são casados. Entre os solteiros, divorciados, separados judicialmente e viúvos, as mulheres são 80% dos que querem adotar um filho.

O Sudeste responde por 48,5% das pessoas que pretendem adotar crianças e adolescentes cadastrados no CNA, a Região Sul por 36,5%. Em seguida vêm o Nordeste (6,7%), Centro-Oeste (5,9%) e a Região Norte (2,3%).

O estudo conclui que o grande obstáculo para a adoção no Brasil ainda é a exigência de idade por parte dos pretendentes, principalmente daqueles que têm preferência por crianças brancas. Segundo a pesquisa, os pais que buscam exclusivamente esse perfil racial, em geral, não aceitam crianças com mais de 3 anos de idade.

No Norte, este é o perfil de 85,6% dos candidatos a pais adotivos, no Nordeste são 82,6% dos candidatos, no Centro-Oeste 88,7%. No Sul e no Sudeste o percentual de candidatos que têm preferência por crianças brancas passa dos 90%.

As crianças e os adolescentes brancos aptos à adoção são 12% do total no Norte, 14,1% no Nordeste, 23,5% no Centro-Oeste, 52,8% na Região Sul e 26,9% no Sudeste.

Por outro lado, o estudo aponta que aqueles que aceitam unicamente crianças pretas, pardas ou indígenas costumam ser mais flexíveis e, em geral, não fazem outros tipos de restrição como de idade ou sexo. O percentual de pretendentes com esse perfil é maior nas regiões Norte e Centro-Oeste, cerca de 50%, enquanto a média nacional é aproximadamente 35%.

Já quem procura crianças mais velhas, com mais de 6 anos, não costuma fazer restrições em relação às demais características do futuro filho, indica o estudo.

Horário de verão começa à meia-noite de sábado e vai até 17 de fevereiro

A partir do próximo domingo (21/10), brasileiros que vivem nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e no estado da Bahia terão que adiantar seus relógios em uma hora. A data está marcada para o início do horário de verão, que vai até 17 de fevereiro de 2013. Segundo informações do Ministério de Minas e Energia, durante a vigência do horário diferenciado está prevista uma redução média de 5% no consumo no horário de pico, que vai das 18h às 21h.

O horário de verão é adotado em função do aumento da demanda por energia nesta época do ano, resultante do calor e do crescimento da produção da indústria com a aproximação do Natal. O Norte e Nordeste não aderem à mudança, porque o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) avaliou que aeconomia nesses mercados é pouco expressiva, e não justifica a participação.

Além da economia pouco expressiva de energia, os estados do Norte e Nordeste não aderem ao horário porque sua posição geográfica não favorece um aproveitamento maior da luz natural no verão, como ocorre nas demais áreas. De acordo com o ministério, por estarem mais próximos da linha do Equador, nesses locais incidem menos raios de luz ao longo do dia nos meses de verão.

A Bahia, único estado do Nordeste a participar, aderiu ao horário de verão por opção própria em 2011. Este ano, o governador da Bahia, Jacques Vagner (PT), chegou a anunciar que não haveria adesão pelo alto grau de rejeição da população ao horário diferenciado. No entanto, a reportagem entrou em contatonesta segunda-feira (15/10) com a assessoria de imprensa do governador, que confirmou a participação do estado.

A vigência do horário de verão começa à meia-noite de sábado (20/10). Desde 2008, a aplicação do horário diferenciado é regulamentada pelo Decreto n° 6.558, que fixou datas para o início e término. O começo é sempre no terceiro domingo de outubro, e o fim, no terceiro domingo de fevereiro do ano subsequente. Se a data coincidir com o domingo de carnaval, o encerramento é transferido para o domingo seguinte.

Traficante é preso pela Polícia Militar em Codó

Policiais militares da 10ª Companhia Independente prenderam, no domingo (14), Gilvan Rocha Fontes, por tráfico de drogas no município de Codó.

A prisão ocorreu em uma residência localizada na Rua Goiânia, após denúncia anônima recebida por uma guarnição da PM. Em poder do traficante foram apreendidas 12 cabeças de crack.

Gilvan foi conduzido à delegacia regional de Codó, e autuado em flagrante delito pela delegada plantonista, Maria Tecla da Cunha Costa. Ele permanece detido à disposição da justiça.

MPMA pede afastamento da prefeita de Godofredo Viana do cargo

Em Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa, ajuizada em setembro, o Ministério Público do Maranhão, por meio da Promotoria de Justiça de Cândido Mendes, pede o afastamento da prefeita de Godofredo Viana, Maria da Conceição dos Santos de Matos.
A ação, de autoria do promotor de Justiça Gabriel Sodré Gonçalves, titular da Comarca de Cândido Mendes, da qual Godofredo Viana é termo judiciário, foi motivada devido ao descumprimento pela gestora de vários acordos firmados com o objetivo de regularizar o pagamento dos servidores públicos municipais.
Denúncias constantes feitas ao MP dão conta de que o atraso dos salários chegam a até quatro meses. De acordo com a Ação Civil, desde 2009 os servidores sofrem com o problema, o que motivou a assinatura de Termos de Ajustamento de Conduta entre o município de Godofredo Viana, MP Estadual, MP do Trabalho e Sindicato dos Professores, que foram descumpridos pela prefeita.
O último TAC foi celebrado em setembro de 2011. Nele o município se comprometeu a efetuar o pagamento de todos os servidores até o dia 10 subsequente ao mês trabalhado. Como também foi descumprido, o Ministério Público ingressou com outra Ação Civil de execução forçada, que ainda tramita na Justiça.
"É lamentável a situação de penúria dos servidores municipais que se encontram privados dos seus vencimentos e obrigados a usarem do crédito que possuem junto ao comércio local para custear, inclusive, a própria alimentação e a dos familiares", relata o promotor Gabriel Sodré Gonçalves. O problema é tão grave, acrescenta o membro do MP, que já afeta a economia local, dependente em grande parte dos vencimentos do funcionalismo municipal.
SANÇÕES
De acordo com a Lei 8.249/92, se a prefeita for condenada ao final do processo, deverá sofrer as seguintes sanções: o ressarcimento integral do dano, mais atualização monetária, juros legais, custas processuais e honorários advocatícios; perda da função pública; suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três a cinco; proibição de contratar ou receber qualquer benefício do poder público pelo prazo de três anos; e pagamento de multa de até 100 vezes a remuneração percebida pela gestora.

Dois adolescentes são mortos a tiros no fim de semana em São Luís

Dois adolescentes – Paulo Victor Almeida Setúbal, de 17 anos, e Marcos Aurélio Meireles dos Santos, de 16 anos – foram assassinados a tiros, neste final de semana em São Luís. O primeiro crime aconteceu no sábado à tarde, no bairro Coréia de Baixo, onde Paulo Victor, mais conhecido como “Xaropinho”, foi alvejado por três homens que chegaram em um carro e desceram atirando.
O segundo crime aconteceu na madrugada de ontem, quando Marcos Aurélio foi baleado por um homem ainda não identificado, no bairro Jardim Tropical, nas proximidades da Cidade Operária.
O assassinato ocorrido na Coréia de Baixo deixou os moradores da região bastante assustados. Marcas de bala ficaram na calçada e na parede de uma das casas. Era início de tarde quando, segundo a polícia, três homens chegaram em um carro e desceram atirando.
Dois disparos atingiram “Xaropinho” pelas costas. O jovem, de apenas 17 anos, morreu na hora. Ele era filho de Soraia Almeida Setúbal e de Paulo Roberto Conceição Setúbal e morava na Rua Euclides da Cunha, nº 519, no bairro Codozinho.
Foto: Francisco Silva
Paulo Victor, o “Xaropinho”, foi assassinado a tiros na Coréia de Baixo
De acordo com informações da Polícia Militar, “Xaropinho” já havia sido preso na semana passada e a suspeita é de que o crime tenha sido motivado por um acerto de contas. “Muito provavelmente, um acerto de contas por causa do tráfico de entorpecentes”, afirmou um dos policiais militares que estiveram no local do crime.
De acordo com moradores da Rua José Veríssimo, na Coréia de Baixo, a violência entre jovens tem sido frequente no bairro. Ninguém da região concede entrevista por medo, mas segundo pessoas da comunidade, este já teria sido o sexto assassinato, este ano, provocado por briga de gangues e disputa pelo tráfico de drogas.
Segundo um policial militar, o adolescente morto neste sábado foi apreendido há uma semana com um revolver calibre 38 e em seguida liberado na delegacia. Ainda de acordo com a PM, o jovem foi flagrado em companhia de um adulto usando a arma em via pública, depois de fazer vários disparos.

Maranhão inicia período de defeso do camarão

Além do MA, outros três Estados iniciaram o período, para garantir a reprodução da espécie.

Foto: Biaman Prado / O Estado
SÃO LUÍS - O Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) iniciou, ontem, no Maranhão e em outros três Estados do país (Amapá, Pará e Piauí), o período de defeso do camarão rosa, branco e sete barbas. O objetivo é garantir a reprodução da espécie até o dia 15 de janeiro do ano que vem. Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama), quem desobedecer à determinação estará sujeito a multas que variam de R$ 700 a R$ 100 mil, e responderá por crime ambiental.
Devido à proibição da captura do camarão, a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) concederá seguro-desemprego a 150 mil pescadores artesanais maranhenses. Para receber o benefício, o pescador deverá ter o Registro Geral da Pesca no MPA, estar inscrito no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) como segurado especial, apresentar as notas fiscais de vendas de pescados efetuadas entre o fim do período anterior de defeso até a data limite do defeso seguinte e comprovar que não recebe do INSS qualquer outro benefício, com exceção da pensão por morte e dos auxílios reclusão e acidente.
De acordo com o superintendente do Trabalho e Emprego do estado, Allan Kardec Ayres Ferreira, outro pré-requisito é fundamental para que o pescador receba o seguro durante o defeso. “É importante que o pescador não tenha qualquer outra fonte de renda, caso contrário, ele não será considerado da categoria artesanal”, informou o superintendente. O beneficiado receberá parcelas equivalentes a um salário mínimo durante quatro meses e, após a solicitação dos valores, feita nas agências do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o interessado começará a receber, em até 15 dias, a primeira parcela do seguro.
A direção do SRTE anunciou, ainda, que equipes do órgão recolherão, em mais de 100 municípios maranhenses, dados de pescadores residentes em localidades que não têm agências do Sine ou do MTE. “Isso está sendo feito para diminuir a chance de fraudes e aumentar a abrangência do benefício”, inormou o superintendente do Trabalho e Emprego no Maranhão.
Dados
Em todo o primeiro semestre deste ano, de acordo com o relatório divulgado pelo MPA, 138 mil pescadores em todo o país foram beneficiados com o seguro-desemprego pago durante a proibição da pesca do camarão. O Maranhão é o quarto Estado do país na quantidade de pescadores auxiliados. No total, 10 mil pescadores recebem o seguro. Durante o ano passado, 122 mil pescadores, em todo o Estado, foram acolhidos com o benefício.

Três pessoas foram presas suspeitas de homicídio em São Luís

SÃO LUÍS - Jordan Dias Gomes, Edilson da Luz Reis e Ingrid Cantanhede Ferreira foram presos na manhã desta terça-feira (16), em operação efetuada por policiais civis do 12º Distrito Policial, sob o comando do delegado Cristiano Faria. O trio é suspeito de assassinar Carla Bianca Reis Bordalo, em julho deste ano, na Vila Samara.
Jordan e Edilson foram presos em Estiva, zona rural de São Luís, enquanto Ingrid foi detida no bairro do São Raimundo. Eles estão com prisão temporária decretada pela Justiça e foram conduzidos para o 12º DP, em Pedrinhas.

Em São Luís, 40% da frota de táxi é pirata, denuncia sindicato

Quase metade da frota de táxi que roda na cidade não está regularizada.


De 30 a 40% dos táxis que rodam em São Luís são piratas e algumas cooperativas estariam utilizando o serviço de carro particulares em sua frota, para aumenta o número de atendimentos. A denúncia é do Sindicato dos Taxistas de São Luís.
Segundo o presidente do sindicato, José Antônio Pereira, boa parte dos táxis que prestam o serviço na capital está em situação irregular, ou seja, são táxis-piratas e a mais prejudicada com o fato é a população da capital, que não tem garantia nenhuma e muito menos segurança ao fazer uma corrida em um veículo não credenciado na Prefeitura para atuar como táxi. Segundo o presidente do sindicato, Ele frisou ainda, que a prática acontece amplamente na capital por falta de fiscalização da Prefeitura, fato que causa insegurança a usuários de táxis.

Vale realiza reunião sobre projeto de expansão da Carajás

O objetivo é explicar às comunidades os programas ambientais relacionados ao empreendimento.

Foto: Divulgação
SÃO LUÍS - A Vale realizará mais duas reuniões públicas para apresentar o projeto de Expansão da Estrada de Ferro Carajás (EFC) neste mês de outubro. No dia 16, a reunião ocorrerá em Alto Alegre do Pindaré e, no dia 17, será em Santa Inês. O objetivo dos eventos é explicar às comunidades os programas ambientais, benefícios e outras questões relacionadas ao empreendimento e o seu Estudo Ambiental.
As reuniões são coordenadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e fazem parte do processo de licenciamento do projeto. Este ano, já foram realizadas três reuniões públicas com a participação de cerca de 3.000 pessoas nos municípios que estão na área de influência das obras.
O projeto de Expansão da EFC representa um dos maiores investimentos da empresa em logística e vai gerar mais de 8 mil empregos no pico das obras, que serão realizadas em 27 cidades, sendo quatro no Pará e 23 no Maranhão. A Vale aguarda a concessão da Licença de Instalação por parte do Ibama para iniciar as obras, com exceção de um trecho de 60 km que já foi licenciado pelo órgão e que abrange os municípios de Santa Rita, Itapecuru-Mirim, Anajatuba, Buriticupu, Bom Jesus das Selvas e Açailândia.