segunda-feira, 7 de maio de 2012

Jovem é assassinado com mais de 10 facadas na Vila Progresso

O corpo de um homem, indentificado como Alex Reis Gomes, que teria cerca de anos, foi encontrado por volta de 6h30, na Vila Progresso, próximo à Penitenciária de Pedrinhas. De acordo com o soldado Santana e o cabo Alcides, lotados no 6º BPM, a vítima foi morta a facadas.

As informações colhidas pela polícia, revelam que Alex era usuário de drogas e praticava peque nos furtos na região onde morava, como roubo a celulares. A irmã de Alex, que não quis se identificar, confirmou que o irmão tinha problemas com drogas e devia alguns traficantes da área.

Os peritos do Instituto de Criminalística (Icrim) estiveram no local para realizar os primeiros procedimentos na investigação do caso. De acordo com os peritos João Paulo e Jocélio Castro, ele foi morto com 12 facadas. A arma do crime foi encontrada no local.

As primeiras investigações revelam que Alex foi morto em outro local e arrastado até onde foi achado. Ele estava sem roupas.

Marcado para morrer

Os policiais colheram várias informações no local e o que mais chamou a atenção foi que o jovem morto já teria escapado da morte por outras duas vezes.

A primeira, algumas pessoas se reuniram e tentaram queimá-lo, mas conseguiu escapar. Na segunda, ele foi amarrado, mas na hora de concretizar o homicídio pelos executores, Alex
conseguiu escapar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário