terça-feira, 26 de junho de 2012

Inaugurada ponte em Codó após quase três anos de espera

A ponte anterior era de madeira e foi levada pela correnteza em maio de 2009.

CODÓ - Dezenas de lavradores compareceram à inauguração da ponte sobre o rio Codozinho, zona rural de Codó, realizada na manhã desta terça-feira (26), e, apesar da alegria em vê-la construída, muita gente lembrou dos quase três anos de dificuldades enfrentadas na ausência dela.
O lavrador, Valdecir Gomes da Silva, que foi o primeiro a passar com produtos da roça numa moto, após a inauguração, não se esqueceu dos assaltos que ocorreram frequentemente na passarela que existia no local enquanto aguardava-se ainda a alocação e a liberação de recursos para a nova construção. “Tomavam até moto, os caras aí (...) demorou muito, foram mais de dois anos, então demorou muito”, reclamou Valdecir.
Divulgação

Da madeira ao concreto
A ponte anterior era de madeira e foi levada pela correnteza em maio de 2009, desde então, houve até manifestos dos lavradores cobrando uma nova. “Sofreu todo mundo. Se você precisasse ir para um interior desses não tinha como passar, tanto com o rio cheio ou seco”, lembrou o agricultor Francisco Bezerra.
Mais de 100 povoados ficaram prejudicados, a venda da produção dos agricultores também, como destacou seu José de Ribamar da Silva que chegou a desistir de trazer o que produzia para a cidade por conta da falta da ponte. “Desisti de trazer porque a gente tinha medo porque um dia quase que a gente ia morrendo lá na ponte do Codozinho (...) o carro cheio de gente ia morrendo (...) Ficava com medo de trazer”, respondeu.
Fim dos problemas
A obra, construída com recursos do Governo do Estado, orçada em mais de um milhão de reais, deu fim a vários problemas na região. “Da ponte também gostei, bem feita”, elogiou a lavradora Roseana da Silva.
A governadora Roseana Sarney foi representada pelo secretário de Saúde, Ricardo Murad, e pelo deputado estadual, César Pires, líder do governo na Assembleia Legislativa. “Uma bela obra, uma obra de porte da engenharia que vai fazer a integração econômica social de uma grande região com a sede do município, o resultado da economia vai saltar a olhos vivos”, frisou Ricardo Murad.
O deputado César Pires (DEM) destacou a luta que enfrentou ao lado do prefeito da cidade, Zito Rolim (PV), para que recursos fossem conseguidos para a construção. “O que eu vejo agora depois de tantas lutas, depois de tantos sonhos, desejos e até críticas, tivemos que superar tudo isso e transformar nesse momento histórico que Codó registra e o que é mais importante muitos políticos passaram só nós conseguimos realizar, essa é a minha felicidade”, disse César.
Prefeito agradece Roseana
O prefeito Zito Rolim (PV) elogiou o empenho da governadora, Roseana Sarney, uma vez que veio do Estado o dinheiro usado na construção da nova ponte de concreto.
“Em reconhecimento à população, a governadora, que já é sensível, se sensibilizou muito mais ainda, viu a necessidade e, hoje, nós estamos aqui entregando à estas comunidades aqui da região da Santana Velha esta obra que eu considero uma das obras mais importantes desta administração”, afirmou o prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário