quarta-feira, 11 de abril de 2012

Rodoviários ameaçam entrar em greve por tempo indeterminado

Uma nova rodada de negociações está marcada para essa quarta-feira.
SÃO LUÍS - Representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviário do Estado do Maranhão (STTREMA) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) se reúnem na tarde desta quarta-feira (11), para mais uma rodada de negociações. Os rodoviários exigem reajuste salarial de 16%. O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Dorival Silva, sinaliza para uma paralisação por tempo indeterminado caso as reivindicações não sejam atendidas.
Outro lado
O superintendente do SET, Luís Cláudio Siqueira, afirmou que, por falta de condições financeiras, algumas reivindicações da categoria ficam impossibilitadas de ser atendidas, principalmente o reajuste de 16% nos salários. Por isso, fazem-se necessárias as negociações entre as partes, para que o impasse seja resolvido
Impasse
A primeira rodada oficial de negociações deste ano, entre os dois sindicatos, aconteceu no dia 29 março e serviu apenas para apresentação das reivindicações dos rodoviários. Além da reunião marcada para hoje, outros encontros estão pré-agendados para pôr fim ao impasse entre as duas categorias.
A pauta de reivindicações de motoristas, cobradores e fiscais de ônibus de São Luís é composta por 52 itens, entre os quais destacam-se, além do reajuste salarial de 16%, a inclusão de mais um dependente no plano de saúde e odontológico, melhores condições de trabalho, tíquete-alimentação de R$ 450,00, hora extra, participação nos lucros das empresas, adicional por insalubridade e trabalho durante o período noturno, entre outros

Nenhum comentário:

Postar um comentário