sexta-feira, 5 de julho de 2013

Polícia prende quadrilha de arrombadores de caixas eletrônicos

Dos três detidos, dois eram de Cuiabá no Mato Grosso e um do Maranhão.
 
SÃO LUÍS - Foram apresentados, na tarde desta quinta-feira (4), na sede da Secretaria de Segurança Pública, três suspeitos de integrarem uma quadrilha de arrombamento de caixas eletrônicos. Os suspeitos foram detidos na noite desta quarta-feira (3), em uma residência no Parque dos Nobres.
Os presos são: Josimar Pedro da Silva, 25 anos, natural de Cuiabá, no Estado do Mato Grosso; Paulo Marcos de Andrade Nascimento, 23 anos, também de Mato Grosso e Francisco Monteiro de Andrade Nascimento, 51 anos, natural de Governador Archer no Maranhão.
Segundo o secretário de segurança pública, Aluísio Mendes, um dos detidos, o Josimar Pedro da Silva, já teria quatro passagens pela polícia, sendo uma condenação no Estado do Mato Grosso, pela mesma prática de arrombamento a caixas eletrônicos. E que a polícia vai continuar investigando.
“Nós vamos investigar as ações deles aqui e em outros Estados, parece que ainda existe mais um elemento dessa quadrilha solto e nós vamos achá-lo. Foi um belo trabalho da polícia civil, que continua com esse trabalho de investigar essas quadrilhas que estão atuando no Estado do Maranhão. Durante algum tempo nossa cidade estará sem esse tipo de crime”, garante Aluísio Mendes.
Com o trio foi apreendido um maçarico, cilindro de oxigênio, chave inglesa, balança de precisão, uma moto Honda 400 I Falcon de placa OJA – 1277, quatro munições calibre 48, dois tesourões e outros equipamentos que seriam utilizados para arrombar os caixas.
A investigação está sendo comandada pelo delegado da Superintendência de Investigações Criminais (Seic), Luís Jorge. Segundo o delegado, a Seic descobriu que os suspeitos já tinham chegado à cidade e se preparavam para fazer um arrombamento, então a polícia prendeu os criminosos antes que cometessem o assalto.
“Eles tinham chegado do Mato Grosso, já estavam municiados, mas conseguimos prendê-los logo. Tivemos a informações de eram quatro pessoas vindas do Mato Grosso, mas os criminosos disseram que foram apenas três, nós vamos investigar e descobrir, de fato, quanto estão envolvidos”, explicou o delegado.
Há a suspeita de que os criminosos estariam envolvidos em arrombamentos anteriores no Maranhão. Agora, a polícia vai seguir nas investigações, para saber das ações da quadrilha no Maranhão e em outros Estados. A polícia investiga, ainda, a participação de outras pessoas na quadrilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário