quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Sargento da PM é assassinado no bairro Jardim Tropical na noite desta terça-feira

Gilmar da Cruz Azevedo foi abordado por dois homens em uma moto quando se dirigia para casa. A vítima estava dentro do ônibus quando foi baleada.


SÃO LUÍS - O sargento da Polícia Militar do Estado do Maranhão, Gilmar Santana da Cruz Azevedo, de 48 anos, morador do Jardim Tropical II, foi assassinado na noite desta terça-feira (15), no interior de um ônibus.
Segundo testemunhas, o caso ocorreu por volta das 21h30. Gilmar da Cruz Azevedo foi abordado por dois homens em uma moto quando se dirigia para casa. A vítima estava dentro de ônibus, que faz linha para o Jardim Tropical. Um dos criminosos sacou da arma e disparou atingindo o rosto do policial. A vítima chegou a ser socorrida pelos passageiros do ônibus, mas não resistiu aos ferimentos.
Policiais do Serviço Velado da Polícia Militar agiram na região do Jota Lima. Na troca de tiros com suspeitos da morte do policial, Paulo Henrique Rabelo Frazão, o "Pé de Bola" acabou sendo baleado e morreu no local. Em poder dele, foi apreendido um revólver calibre 38.
O irmão de "Pé de Bola", identificado como Carlo Jorge Rabelo Frazão foi preso, além de outra pessoa identificada por Jackson Dutra Ataíde. A dupla vai prestar depoimento na delegacia da Cidade Operária. A polícia quer saber se eles têm envolvimento no caso.
Há informações de mais pessoas envolvidas no assassinato do sargento da PM. Além da moto utilizada no crime, testemunhas disseram haver um veículo no local.
O corpo do sargento da PM está sendo velado em sua residência no Jardim Tropical II, no município de São José de Ribamar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário