sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Agentes de trânsito denunciam péssimas condições de trabalho

Agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) denunciaram as péssimas condições de trabalho as quais estão sujeitos diariamente. Muitos deles reclamam que faltam materiais básicos para a realização de suas atividades, como blocos de anotações de infrações, fardamento, entre outros. Como consequência, a fiscalização do trânsito em São Luís fica comprometida. O problema poderá agrava-se ainda mais, uma vez que em poucos dias a cidade terá uma frota de 300 mil veículos, segundo estatísticas do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran), e os responsáveis por fiscalizar o fluxo de veículos estão sem condições de trabalho.
Há poucos dias, as denúncias das condições de trabalho dos agentes de trânsito da SMTT chegaram ao Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos Municipais de São Luís (SINFUSP) e, de acordo com o presidente do órgão, Luis Mariano Nunes, o sindicato pretende entrar em contato com o órgão municipal para encontrar soluções para o problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário