quinta-feira, 26 de julho de 2012

Preso em Fórum homem suspeito de assassinar cobrador de ônibus

SÃO LUÍS - Edson Carlos Queiroz, de 22 anos, o Cachacinha, foi preso na tarde de terça-feira, 24, quando chegava para uma audiência no Fórum de Justiça Desembargador Sarney Costa, no Calhau. Ao se apresentar, ele descobriu que havia um mandado de prisão pelo fato de ter assassinado o cobrador de ônibus Antônio José Almeida Ferreira, de 34 anos, crime ocorreu no dia 4 de junho.
De acordo com o delegado Gustavo Machado, titular do 5° Distrito Policial (5° DP) no Anjo da Guarda, onde o inquérito policial foi instaurado, na terça-feira, Cachacinha foi até o fórum, com um advogado, pois havia sido convocado para uma audiência. O próprio juiz deu a voz de prisão ao suspeito, que desde o dia do homicídio estava sendo procurado pela polícia.
Assim que foi preso, Cachacinha foi levado para o Centro de Triagem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Na tarde de ontem, o suspeito foi ouvido pelo delegado do 5° DP.
O cobrador de ônibus Antônio José Almeida Ferreira, de 34 anos, funcionário da empresa Taguatur, foi assassinado com um tiro nas costas, na Avenida dos Portugueses (área Itaqui-Baganga) por Cachacinha, que teria se irritado quando a vítima impediu que ele passasse na catraca do ônibus, pois estava utilizando o cartão de passe-livre de outra pessoa.
No dia 6 de junho, policiais do 5º DP conseguiram localizar e prender, na Rua do Passeio, Centro, Wemerson Pereira Costa, conhecido como Diabinho, de 22 anos, que teria sido a pessoa que deu fuga ao criminoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário