sexta-feira, 14 de junho de 2013

Obra de substituição da Adutora Italuís começa a receber nova tubulação

Ao todo serão 19 Km de tubulação especial de Aço Corten 1.400 mm. Segundo o presidente da Caema, as obras de substituição do sistema devem finalizadas ainda em dezembro.
Na manhã desta sexta-feira (14), o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), João Moreira Lima, anunciou o início de uma importante fase nas obras de substituição do Sistema Produtor Italuís no Campo de Perizes: a chegada dos primeiros tubos de Aço Corten - ou Aço Patinável - de 1.400 mm, que comporão a nova estrutura da adutora. Acompanhado do coordenador de obras especiais da Caema, Nelson Almada Lima, o presidente da companhia foi ao canteiro de obras no Km 40, para acompanhar de perto os trabalhos.

De acordo com João Moreira Lima, a obra acabou de receber as doze primeiras peças de um total de 1.500 tubos (19 Km de tubulação), sendo que a próxima etapa corresponde a montagem da estrutura, que deve ser finalizada até dezembro. "São 19 Km de tubulação especial de Aço Corten 1.400 mm, que resistirá às intempéries e as ações do meio ambiente para não ter problema de corrosão. Até dezembro de 2013 a obra já deve estar pronta, e até março de 2014 ela já estará em funcionamento", destacou o presidente da Caema.
Para o coordenador de obra especiais da Caema, Nelson Almada, esta é uma etapa importante, já que o processo de aterramento e montagem dos blocos de sustentação já foi concluído. Segundo o coordenador, a obra está dentro do cronograma de execução estabelecido, e o fim do período chuvoso vai dar maior celeridade à obra.

"Nós estamos começando agora uma das etapas mais importantes, depois de termos feitos os aterros, colocados os blocos de sustentação, agora estamos recebendo os tubos que serão acentados nos blocos. Ou seja, é exatamente a adutora. Estão chegando agora os primeiros tubos e diariamente estão chegando carretas, que nós estimamos em cerca de 500 carretas, e, portanto, essa parte da adutora deve ser finalizada com a montagem destes tubos. A etapa seguinte será a travessia no Estreito dos Mosquitos, com uma estrutura metálica que também está encomendada e em fase de fabricação. De sorte que essa obra está plenamente em conformidade com o cronograma estabelecido. E outra coisa, o fim do período invernoso vai dar maior aceleração às obras", frisou Nelson Almada Lima.

Italuís

O Sistema Produtor Italuís tem sofrido nos últimos anos constantes rompimentos ocasionados pelo alto teor de corrosão grafítica na tubulação da adutora. A expectativa é que após a conclusão da obra de substituição terminem as interrupções no abastecimento de água em toda São Luís.

O remanejamento da adutora deve estabilizar o sistema de abastecimento e garantir sobra de água para utilização em outros setores da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário