quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Jovem furta canoa e inventa naufrágio em Barreirinhas

Fred Barroso Brito, de 22 anos, morador do bairro Cruzeiro, no município de Barreirinhas, confessou, ontem, ter forjado o naufrágio de uma canoa no Rio Preguiças, e o sumiço de dois turistas do Rio de Janeiro, em consequência do suposto acidente. O suspeito, segundo o delegado Cristiano Morita, na verdade, furtou a pequena embarcação e inventou tudo para desviar a atenção da polícia.
A notícia do desaparecimento dos supostos turistas cariocas, no fim da tarde de terça-feira, 21, mobilizou, também, a Capitania dos Portos do Maranhão e o Corpo de Bombeiros Militar, que logo ao anoitecer iniciaram as buscas. Os trabalhos foram suspensos durante a madrugada e retomados no início da manhã de ontem. Por volta das 13h, a canoa a remo finalmente foi retirada do fundo do Rio Preguiças.
Com a localização da pequena embarcação, de acordo com o delegado, Fred Barroso Brito resolveu confessar que não havia ninguém desaparecido, e que tudo tinha sido uma invenção sua para que a polícia não descobrisse que, na verdade, ele havia furtado a canoa. Descoberta a farsa, o jovem seria autuado, mas sua mãe apresentou laudos médicos informando que Fred Brito sofre de esquizofrenia

Nenhum comentário:

Postar um comentário