terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Pai de Gláucio Alencar passa mal e é levado para hospital

José de Alencar Miranda, de 72 anos, foi indiciado como um dos mandantes da morte de Décio Sá.
 
SÃO LUÍS - José de Alencar Miranda Carvalho, de 72 anos, pai do agiota Gláucio Alencar Pontes Carvalho, de 34 anos, indiciado por ser um dos mandantes do assassinato do jornalista Décio Sá, passou mal e foi conduzido, ontem à noite, a UPA do Vinhais. A afirmação foi feita nesta manhã (18), pelo repórter Marcial Lima, no programa Ponto Final, na rádio Mirante AM

Marcial Lima não informou sobre o estado de saúde do pai de Gláucio. Essa é a segunda vez que José de Alencar Miranda deixa a Unidade Prisional para receber atendimento médico. Em julho deste ano, ele foi levado às pressas para uma clínica na rua do Passeio.

Dos 13 indiciados nas investigações da Polícia Civil do Maranhão, 12 foram delatados como integrantes da quadrilha liderada pelo empresário agiota Gláucio Alencar Pontes Carvalho, de 34 anos, acusado de encomendar e financiar a morte do repórter da editoria de Política de O Estado.

Décio Sá foi morto no dia 23 de abril deste ano, em um bar na avenida Litorânea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário