quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Polícia Militar prende homem no momento em que ele atirava

Para a polícia, Antônio Damasceno Brandão confessou que atirou contra alguns inimigos.

CODÓ - A Polícia Militar prendeu um homem no momento em que ele atirava na periferia de Codó. Para a polícia, Antônio Damasceno Brandão confessou que atirou contra alguns inimigos. Um acerto de dívidas relacionado com o tráfico de drogas.

Veja, ao lado, na reportagem de Acélio Trindade e Candido Sousa.

Antônio Damasceno Brandão foi preso por um policial militar que passava no exato momento em que o detido atirava contra inimigos seus na periferia de Codó.

Com ele a polícia apreendeu este revólver calibre 38. Para o tenente, Damasceno confessou que a arma foi usada num assassinato ocorrido na noite de 24 de dezembro. O dono seria um homem chamado Chocolate, para a polícia o autor do assassinato.

O motivo das desavenças que culminaram com a prisão de Antônio Damasceno, para a polícia, é acerto de dívidas por causa do comércio de drogas. Mas neste primeiro momento, ele poderá responder apenas pelo porte ilegal de arma de fogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário